×
ContextoExato
Responsive image

A ‘incógnita Mourão’ nos bastidores do Poder

A ‘incógnita Mourão’ nos bastidores do PoderFoto: Adnilson Farias - Wikipedia

As Forças Armadas e seus integrantes sempre reforçam que não há militares da ativa no governo e que é uma instituição de Estado e não de governo.

Estadão Conteúdo - 02/05/2020 - 12:01:32

A despeito de um eventual afastamento de Jair Bolsonaro ainda estar fora do radar do Congresso, nas conversas reservadas em Brasília o “brainstorm” da vez é imaginar como seria um eventual governo de Hamilton Mourão , o vice-presidente. De dirigentes partidários a representantes de instituições e analistas, passando por parlamentares, todos dizem não saber ao certo o perfil político do general. Na campanha eleitoral, ele foi polêmico e parecia, por vezes, mais radical do que Bolsonaro . No governo e na crise, porém, tem sido voz de moderação.

Dúvida. Há preocupação no mundo político quanto a um eventual superpoder dos militares caso Mourão venha a assumir o Planalto . Porém, muitos reconhecem que, neste momento, os representantes das Forças têm se portado de maneira firme na defesa da Constituição e da democracia.

Eu, não. As Forças Armadas e seus integrantes sempre reforçam que não há militares da ativa no governo e que é uma instituição de Estado e não de governo.

SINAIS PARTICULARES.
Hamilton Mourão, vice-presidente da República

Tic-tac. A tesoureira do Aliança Pelo Brasil, Karina Kufa, informou aos deputados do partido que a legenda deve finalmente sair do papel em dezembro. Já contando com o atraso por conta da pandemia da covid-19.

Eita. Dirigentes partidários viram com preocupação a avaliação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso , futuro presidente do TSE , de que há risco real de adiamento das eleições municipais deste ano, previstas para outubro.

Depois já era. Eles defendem que o pleito tem de acontecer ainda em 2020. Isso porque há grandes questionamentos jurídicos e práticos sobre a extensão dos mandatos, caso o ano vire sem que os novos prefeitos tenham sido escolhidos.

Esquece. É praticamente consenso entre políticos e também juristas que a possibilidade de estender os atuais mandatos dos prefeitos até 2020 está descartada. A hipótese mais plausível até agora é de adiamento das eleições para novembro ou mesmo dezembro.

Agora… Diante do acordo entre o governo e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o projeto de auxílio aos Estados, os governadores do Nordeste chegaram a cogitar soltar uma nota em repúdio ao texto, mas não houve consenso.

… já era. A estratégia neste momento é a redução de danos: alguns governadores ainda sonham em derrubar o projeto no plenário do Senado, outros já dão como certo sua aprovação. O texto deve ser votado hoje.

CLICK. O ex-ministro do Planejamento e da CGU, Valdir Simão, lançou o “Manual de Sobrevivência do Administrador Público”, sobre boas práticas na gestão pública.

Coluna do Estadao

Maldade. Em Ilhéus e Itabuna, na Bahia, o governo identificou gente cobrando por um lugar na gigantesca fila da Caixa: R$ 50.

Lá fora. O jornal norte-americano The New York Times ressaltou em reportagem que Bolsonaro tem sido descuidado na condução da resposta à covid-19 e que a pandemia tem deixado o presidente “vulnerável”. O já famoso “e daí?” foi citado na reportagem.

Até quando? NYT diz ainda que Bolsonaro está, cada vez mais, dependente dos militares e questiona até onde eles suportarão os “tumultos” de seu governo.

PRONTO, FALEI!

Estefania Uchaa / CMADS

Monique Checker, procuradora da República: “Primeira vez que vejo um membro do MP atacar o denunciante antes de apurar os fatos narrados. Vergonhoso”, sobre inquérito da PGR contra Sérgio Moro.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários para "A ‘incógnita Mourão’ nos bastidores do Poder":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório