×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de novembro de 2021

A sociedade brasileira era escravista, não essa ou aquela pessoa

A sociedade brasileira era escravista, não essa ou aquela pessoaFoto: Reprodução Miguel Lucena

Outro Lado

Por Miguel Lucena - 19/11/2021 - 20:10:20

Projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais pretende proibir que nomes vinculados à escravidão sejam homenageados ou designem ruas e monumentos. A ideia seria original se não fosse, como vários modismos brasileiros, copiada dos Estados Unidos ou da Europa, além de transmitir a ilusão de que o escravagismo no Brasil tenha sido obra de alguns.

Muita gente que se diz nascida em berço de ouro se beneficiou da exploração da força de trabalho escrava. Os senhores e as senhores da alta sociedade não se mexiam nem para vestir a roupa e calçar os sapatos. Os pés-rapados que conseguiam algum dinheiro adquiriam um escravo ou uma escrava para se exibir ou investir. Até para vender doce os brancos usavam as pessoas escravizadas.


Alguns negros também tiveram e traficaram escravos. Era um sistema, que no Brasil durou 300 anos. Na Antiguidade, a escravidão branca durou mil anos.



Agora, aparece um pessoal moderno apontando que esse ou aquele foi escravista. Quem não foi?


Comentários para "A sociedade brasileira era escravista, não essa ou aquela pessoa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
100 anos no Supremo

100 anos no Supremo

Por mim......

Caranguejos,  lagostas e polvos têm seus direitos garantidos

Caranguejos, lagostas e polvos têm seus direitos garantidos

Um grupo de pesquisadores da London School of Economics and Political Science (LSE) fez uma análise, a pedido do governo do Reino Unido, sobre a senciência de algumas espécies marinhas

Revista científica publica artigo da educadora Maria José Rocha Lima sobre desvalorização do magistério

Revista científica publica artigo da educadora Maria José Rocha Lima sobre desvalorização do magistério

A revista científica Núcleo do Conhecimento Multidisciplinar publicou, em seis idiomas, artigo científico da educadora brasileira Maria José Rocha Lima (Zezé), contendo análise crítica sobre a política de desvalorização do magistério no Brasil.

O amor de cada um

O amor de cada um

O ódio anda lado a lado com ele.

O menino da batata doce

O menino da batata doce

Passei a noite pensando no menino e vendo a batata doce largada na rua.

A educação redentora: Isto deve ser coisa de preto!

A educação redentora: Isto deve ser coisa de preto!

Como afirmou Nelson Mandela, “a educação é a arma mais poderosa contra o racismo”.

Véi e eu, de testa

Véi e eu, de testa

Pelo choro e pelos gritos, o estrago nele foi maior

Tempos de fanatismo

Tempos de fanatismo

O fanatismo acomete pessoas dos dois lados ideológicos. Os seres humanos com compreensão política ficam no meio, vendo e ouvindo as balas passarem raspando.

Senador comedor de ovo

Senador comedor de ovo

Faltou o pão de queijo.

Seis pessoas são presas por venda de hambúrguer de cavalo no RS

Seis pessoas são presas por venda de hambúrguer de cavalo no RS

Alguns fregueses saíam da lanchonete rinchando e dando coice.

Onde o sargento achou tanto dinheiro para emprestar?

Onde o sargento achou tanto dinheiro para emprestar?

O grande mistério a ser desfeito é descobrir onde esse barnabé achou tanto dinheiro