×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de agosto de 2022

Agências da ONU apoiam o aleitamento materno em Moçambique

Agências da ONU apoiam o aleitamento materno em Moçambique

Foto: Unicef/Marco Dormino

A amamentação protege a mãe de diabetes, câncer de mama e ovário, doenças cardíacas e depressão pós-parto.

Agência Onu News De Noticias - 01/08/2022 - 07:30:06

Na Semana Mundial de Aleitamento Materno, agências das Nações Unidas no país lusófono apontam que apostar na prática é essencial para promover um avanço sustentável do país na fase pós-pandemia; benefícios incluem melhora da nutrição e segurança alimentar associada à diminuição de igualdades.

A Semana Mundial de Aleitamento Materno marca o início de agosto sob o lema “Fortalecer a amamentação: Educando e Apoiando”.

A reflexão deste ano enfatiza a promoção da prática em favor da saúde infantil ao redor do mundo.

Campanhas

Em Moçambique, a Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Fundo da ONU para a Infância, Unicef, apoiam os planos nacionais garantir uma amamentação em níveis desejados.

As autoridades de saúde relatam que a pandemia mudou de forma significativa o nível de atenção dada a esta prática. Muitas mães tiveram o receio de alimentar os bebés para não infectá-los.

Cantora moçambicana, Neyma, embaixadora do Unicef em campanha sobre Semana Mundial do Aleitamento Materno em 2018

Unicef Moçambique/2018/Mário Le

Cantora moçambicana, Neyma, embaixadora do Unicef em campanha sobre Semana Mundial do Aleitamento Materno em 2018

Os trabalhadores da saúde buscam engajar novamente os envolvidos em campanhas de aleitamento materno.

A pediatra Beatriz Paraxiqueva atua no Hospital Central da Beira, centro de Moçambique. Ela contou que parte do seu dia a dia é incentivar as mães a virem acompanhadas dos parceiros quando são observadas.

Consultas

“Nós sabemos que crianças precisam de ser vistas como um todo, então quando estimulamos o aleitamento materno. Nós fazemos que a mãe esteja lá, dar de mamar a sua criança...mas não é só dar de mamar a criança, ela tem que brincar com ela, tem que interagir com a criança. A criança tem que se sentir segura no ambiente em que ela encontra, então os pais têm que estar sempre incluídos no pré-natal e participar nas consultas. Nós pedimos entre as mães que tragam seus maridos que é para a gente explicar.”

Jeremias Caetano é agente polivalente elementar e partilha momentos da sensibilização sobre a importância do aleitamento materno.

Atividades previstas para a semana  incluem informar os indivíduos sobre seu papel na amamentação

© UNICEF/Helene Sandbu Ryeng

Atividades previstas para a semana incluem informar os indivíduos sobre seu papel na amamentação

“Tenho feito aconselhamento sobre aleitamento exclusivo materno de zero a seis meses em forma de palestras. As mães devem saber que dar aleitamento exclusivo materno de zero a seis meses é muito importante, porque a salva de muitas doenças e a criança cresce saudável.” As agências da ONU apoiam o aleitamento materno como parte das estratégias nacionais de alimentação infantil.

Leite materno

A ação da OMS, do Unicef e parceiros inclui acompanhar o código de comercialização de substitutos de leite materno.

Especialista de saúde e nutrição no Unicef, Lucinda Manjama detalha como a comunicação ajuda a divulgar a prática.

“Também pela capacitação de técnicos de saúde e não só, também alguns inspetores das atividades econômicas e inspetores de saúde para a promoção do aleitamento materno, trabalhamos a nível da comunidade, treinamos os atores comunitários para divulgação dessas mensagens-chaves para aleitamento materno.”

As duas agências consideram o aleitamento materno essencial para um avanço sustentável do país, especialmente no pós-pandemia.

Propósitos

Entre os befenícios estão a melhora da nutrição, da segurança alimentar e a queda do nível de igualdades entre e dentro dos países.

Manjama apoia a formação de profissionais de informação para o alcance dos propósitos definidos em relação ao aleitamento.

“O Unicef trabalha também com os órgãos de comunicação social, através da formação de jornalistas que passam a mensagem chave do aleitamento materno nos programas de rádio comunitárias que estabelecem debates entre a comunidade, convidam profissionais de saúde para esclarecer algumas dúvidas e trazem junto ao programa pais, avôs e sogras que são influentes nesta questão do comportamento que a mãe vai adotar para alimentar os seu bebê.”

Vídeo de arquivo:

As atividades previstas para a semana incluem informar os indivíduos sobre seu papel na amamentação.

Durante este período é enfatizada a segurança alimentar e nutricional, a redução das desigualdades e o engajamento de pessoas nos alvos definidos.

Para Moçambique, questões como informação, gestão e reforço de capacidades são tidas como prioridades para melhorar a amamentação nas famílias.

*De Maputo para ONU News, Ouri Pota.

Comentários para "Agências da ONU apoiam o aleitamento materno em Moçambique":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Toffoli chama de 'suicidas' empresários que teriam defendido golpe no WhatsApp

Toffoli chama de 'suicidas' empresários que teriam defendido golpe no WhatsApp

Desigualdade emperrou chegada da vacina contra a Covid-19 em regiões mais pobres do Brasil

Desigualdade emperrou chegada da vacina contra a Covid-19 em regiões mais pobres do Brasil

Número de candidaturas no DF é menor que em 2018

Número de candidaturas no DF é menor que em 2018

“Trabalho para o ACNUR porque acredito no que estou dizendo”

“Trabalho para o ACNUR porque acredito no que estou dizendo”

Vale prevê mais 13 anos para eliminar barragens como Brumadinho

Vale prevê mais 13 anos para eliminar barragens como Brumadinho

STF veta lei mais branda a condenados, mas admite em processos não julgados

STF veta lei mais branda a condenados, mas admite em processos não julgados

Canadian planeja fábrica de US$ 9 bilhões na China para fabricação de polissilício

Canadian planeja fábrica de US$ 9 bilhões na China para fabricação de polissilício

Cochilos diurnos frequentes aumentariam risco de hipertensão e AVC

Cochilos diurnos frequentes aumentariam risco de hipertensão e AVC

Atenção! A Varíola do Macaco é completamente diferente da Covid-19

Atenção! A Varíola do Macaco é completamente diferente da Covid-19

Campanha Agosto Lilás e os 16 anos da Lei Maria da Penha

Campanha Agosto Lilás e os 16 anos da Lei Maria da Penha

Vocês não estão sós: Vitória brasileira no Festival de Locarno tem recado para artistas do país

Vocês não estão sós: Vitória brasileira no Festival de Locarno tem recado para artistas do país

Debate insosso: Correio Braziliense e TV Brasília se esforçaram, mas o elenco não ajudou

Debate insosso: Correio Braziliense e TV Brasília se esforçaram, mas o elenco não ajudou

Justiça Federal cancela liminar e maior porta-aviões do Brasil não poderá voltar ao país

Justiça Federal cancela liminar e maior porta-aviões do Brasil não poderá voltar ao país

RD Congo: Uso de fake news está causando mortes, diz comandante da Missão

RD Congo: Uso de fake news está causando mortes, diz comandante da Missão

Internacionalização do PCC: Como enfrentar o avanço do 'profissionalismo de gestão' da facção?

Internacionalização do PCC: Como enfrentar o avanço do 'profissionalismo de gestão' da facção?

Datafolha: Lula tem 51% dos votos válidos contra 35% de Bolsonaro

Datafolha: Lula tem 51% dos votos válidos contra 35% de Bolsonaro

Adeus aos sacoleiros: O Brasil virou o Paraguai dos paraguaios?

Adeus aos sacoleiros: O Brasil virou o Paraguai dos paraguaios?

“Vandalismo”: Senado aprova projeto que altera área da Floresta Nacional de Brasília

“Vandalismo”: Senado aprova projeto que altera área da Floresta Nacional de Brasília

Para evitar rejeição, candidatos omitem partido na propaganda

Para evitar rejeição, candidatos omitem partido na propaganda

Recenseadores do IBGE denunciam ameaças e violência em entrevistas do Censo 2022

Recenseadores do IBGE denunciam ameaças e violência em entrevistas do Censo 2022

Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio por quebra de decoro

Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio por quebra de decoro