×
ContextoExato
Responsive image

Agradando a viajantes de todas as idades, Portugal em voga

Agradando a viajantes de todas as idades, Portugal em vogaFoto: Correio Braziliense

De ônibus, de graça

Correio Braziliense - 29/11/2019 - 10:26:01

Agradando a viajantes de todas as idades, Portugal tem se destacado na lista de destinos mais cobiçados. “Está sempre no projeto e sempre é uma pedida. Não dá para dissociar Portugal do Brasil. Nos sentimos acolhidos, tem a questão do idioma que influencia bastante, mas Portugal por si só tem uma gama que pode explorar bastante. Sobretudo a gastronomia e os excelentes vinhos, além da contemplação de estar na Europa e encontrar nossas raízes”, diz o diretor da Bancorbrás.


“Acabei de chegar de Portugal, estava em Lisboa. Hoje, a grande moda para os brasileiros é Portugal. É um fluxo incrível de brasileiros, desde o garçom ao executivo”, comenta Celso. O empresário defende até uma partida sem volta para a terra de nossos irmãos europeus. “É muito interessante para o aposentado ir para lá, o serviço médico é muito bom, o que é bastante importante para a terceira idade, e ele oferece uma segurança absoluta e uma tranquilidade. É o grande atrativo para os brasileiros se mudarem para lá”.


 (Arquivo pessoal)


Vendo o mundo do navio

Um modo antigo de explorar o mundo e viver a experiência da viagem, sem pressa e tendo o caminho também como destino, os cruzeiros são uma excelente escolha para o público mais velho. Completos, os navios são sinônimo de comodidade, além da diversidade de atrações que podem ser desfrutada a uns passos. “Cruzeiro é bom para velho, para terceira idade. Eu sou conhecedor disso, porque eu estou nessa idade”, brinca Celso Kaufman.


Com todos os serviços inclusos e as opções de lazer disponíveis viajando junto com o hóspede, os cruzeiros são uma experiência ímpar. “Cruzeiro é bom, porque a gente entra no navio e esquece de tudo. Abre a mala e põe na cabine e esquece. Tem comida e bebida na hora que quer e tem uma série de programas, cassino, jogos. Tudo que tu podes imaginar de entretenimento, tu encontras num cruzeiro”, entusiasmado conta o empresário.


A vasta opção de pacotes contempla os vários públicos e suas exigências. Celso indica planejamento. “Hoje tem cruzeiros de todos os preços, para gente milionária e classe média, basta se organizar e saber comprar. O problema é saber escolher e comprar certo. As pessoas ficam assustadas achando que cruzeiro é caro, mas não, tem de todos os preços”.

 (Pxere/Reprodução)


De ônibus, de graça

Para as viagens interestaduais, idosos podem fazer valer o direito da gratuidade no transporte rodoviário. Mediante o que rege o Estatuto do Idoso, passageiros com mais de 60 anos que possuam renda mensal de até dois salários mínimos poderão viajar gratuitamente ou com desconto de 50% no valor da passagem.


As empresas de transporte rodoviário interestadual devem reservar dois assentos a cada viagem para atender à gratuidade. Caso esses dois lugares já tenham sido ocupados, passa a viger a regra dos 50%. A regra só vale para os ônibus convencionais, o benefício não é estendido aos veículos executivos, semileitos ou leitos.


Para adquirir o espaço gratuito, o idoso deve requerer a passagem junto à empresa até 3 horas antes da viagem. Passado o prazo e se nenhum idoso tiver requerido o direito, os lugares reservados podem ser comercializados normalmente. O idoso deverá apresentar documento de identidade e também outro que comprove a renda, podendo ser: Carteira de Trabalho; Comprovante de contribuição do INSS ou de regime próprio particular ou privado.

Comentários para "Agradando a viajantes de todas as idades, Portugal em voga":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório