×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de dezembro de 2018


Amazonas mostra a força na Luta dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2018

Amazonas mostra a força na Luta dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2018

Bryan Lucas Pereira vence todas as suas lutas por superioridade técnica. Após superar leucemia, Diana Lima fatura a prata.

Da Assessoria De Imprensa / Do Cob / Foto: Ana Patrícia / Cob - 24/11/2018 - 20:21:27

A luta olímpica do Amazonas cresce ano após ano. Na noite desta sexta-feira, dia 23, os atletas amazonenses voltaram a subir no pódio dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2018, dessa vez na categoria 15 a 17 anos. Destaques para Bryan Lucas Pereira, que conquistou o tricampeonato da maior competição escolar do país, e para Diana Lima, que ficou com a medalha de prata na sua despedida do evento.

Bryan Lucas estreou nos Jogos Escolares em Londrina 2014, quando ficou com a medalha de prata. Em Fortaleza 2015, o jovem atleta conquistou seu primeiro título na competição. Ele voltou na subir ao alto do pódio em 2017 e fechou sua participação na competição com mais um triunfo, agora em Natal. Na final da categoria leve (até 54 kg), Bryan derrotou Thaymon Simões, de São Paulo.

“Esse ano venci as quatro lutas por superioridade técnica. Marquei 40 pontos e não sofri nenhum. Meu maior sonho agora é participar do Prêmio Brasil Olímpico (PBO) devido às minhas conquistas nos Jogos Escolares não só no individual como também na competição por equipe”, cavou Bryan, que conquistou ainda o ouro nos Jogos Sul-americanos da Juventude Santiago 2017.

Bryan começou a lutar aos 9 anos, quando o seu pai apresentou o amigo e treinador do esporte, Anderson Alves. “Eu jogava muito vídeo game e meu pai queria que eu praticasse um esporte. Entrei na luta e agora estou completando oito anos praticando a modalidade”, disse o jovem de 17 anos, estudante do Centro Integrado de Educação e Desenvolvimento, de Manaus (AM).

Já na final da categoria médio feminina, a também amazonense Diana Lima ficou com a medalha de prata, ao perder a final para Meirele Hora, da Escola Estadual Elmano Ferreira Veloso, de São José dos Campos (SP). Bicampeã dos Jogos Escolares, Diana tem apenas 17 anos, mas muita história para contar. Ela conheceu a luta olímpica em 2013, mas após algumas semanas de treino foi diagnosticada com leucemia e o esporte ajudou a curá-la.

“A doutora disse que era bom eu praticar um esporte. Hoje só faço acompanhamento anual. A leucemia não está no meu sangue, mas é uma doença traiçoeira e pode voltar a se manifestar”, disse Diana. “Machuquei o joelho na semana passada, mas não falei pra ninguém com medo de não me deixarem competir. Por isso tentei encerrar as minhas lutas o mais rápido possível”, explicou.

Outra atleta amazonense que subiu no pódio dos Jogos escolares da Juventude nessa sexta-feira foi Ketellen Nascimento, da Escola Estadual de Tempo Integral Marcantônio Vilaça. Ela ficou com o bronze na categoria leve. A medalha de ouro foi para Letícia Pimenta, da Escola Estadual Antonio Luiz Barreiros, de São Vicente (SP). Letícia sagrou-se bicampeã da competição.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Comentários para "Amazonas mostra a força na Luta dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2018":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório