×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Aprovado projeto de paisagismo da quadra 500 do Sudoeste

Aprovado projeto de paisagismo da quadra 500 do SudoesteFoto: AGÊNCIA BRASÍLIA

Proposta prevê áreas verdes, parques infantis, ciclovias e outros equipamentos públicos

Agência Brasília* I Edição: Carolina Jardon - 19/01/2021 - 11:06:50

Árvores nativas do cerrado combinadas com mais espaços de lazer, como academia ao ar livre para idosos, parques infantis, ciclovias e uma praça principal. Tudo isso está previsto no projeto de paisagismo da futura quadra 500 do Sudoeste, que foi aprovado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) nesta segunda-feira (18) e publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O projeto tem como objetivo qualificar áreas verdes públicas de modo multifuncional, garantindo serviços ambientais eficientes, bem-estar e o lazer da comunidade. Ao mesmo tempo, prevê calçadas, faixas de travessia de pedestres com pisos táteis, equipamentos de ginástica para pessoas com deficiência (PCD) e de alongamento para uso geral.

Além disso, a proposta é que a vegetação da superquadra funcione como parte do corredor ecológico junto ao Parque das Sucupiras. O plantio contempla 100% das espécies nativas do Brasil, com forte ênfase nas espécies encontradas em Brasília que, ao mesmo tempo, possuam fruto comestível para os usuários das praças e que, também, atraiam a fauna da região.

Conforme é estipulado no projeto, as espécies escolhidas estarão dentro de um sistema de plantio mais adensado, de forma a proporcionar um crescimento mais rápido, formação de um corredor de sombra e qualidade de vida para o deslocamento dos pedestres. Sem contar a maior resistência a ventos fortes. Foram privilegiadas espécies de médio e grande porte para proporcionar sombra efetiva, além de espécies de grande apelo estético.

Já para as áreas exclusivamente destinadas ao lazer serão reservados 2.265,44 metros quadrados. Nesse espaço haverá os parques infantis, quadras esportivas, equipamentos de ginástica e locais de lazer para cães. A ideia é a praça principal ser o catalizador da convivência comunitária, abrigando alguns dos equipamentos citados, além de bancos e espaços de contemplação.

“O projeto de paisagismo é de fundamental importância para os centros urbanos, pois é nele que são planejados os espaços públicos, proporcionando um melhor aproveitamento pela população, com o intuito de gerar bem estar, conforto e lazer à comunidade, bem como as necessárias áreas verdes idealizadas na concepção da quadra”, ressalta o subsecretário de Parcelamentos e Regularização da Seduh, Marcelo Vaz.

No caso do paisagismo da Quadra 500 do Sudoeste, os recursos serão provenientes da iniciativa privada. O projeto foi elaborado pela empresa Davila Arquitetura e Engenharia S.A e ainda precisa passar por outras etapas até sair do papel. A próxima fase será a licença para executar as obras, que poderá ser emitida pela Central de Aprovação de Projetos (CAP) da Seduh.

* Com informações da Seduh

Comentários para "Aprovado projeto de paisagismo da quadra 500 do Sudoeste":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
MP do DF quer informações sobre leitos de UTI e campanha para incentivar vacinação contra a Covid-19

MP do DF quer informações sobre leitos de UTI e campanha para incentivar vacinação contra a Covid-19

Secretaria de Saúde deverá informar, no prazo de dez dias, sobre o legado dos leitos de UTI pós-pandemia. MPDFT também solicita campanha de conscientização sobre vacinação

Donos de cachorros de grande porte são condenados por ataque

Donos de cachorros de grande porte são condenados por ataque

A decisão foi unânime.

Moradores de rua do DF tem abrigo provisório para noites de frio

Moradores de rua do DF tem abrigo provisório para noites de frio

São 100 vagas para pernoite das 20h às 8h, por ordem de chegada

Distrito Federal recebe projeto pioneiro para reciclagem de bituca de cigarro

Distrito Federal recebe projeto pioneiro para reciclagem de bituca de cigarro

Com apoio da Administração do Plano Piloto e do SLU, empresa paulista instalou 100 coletores; iniciativa foi apresentada no Museu da Limpeza Urbana

Projeto 'Conte lá que eu canto cá' se apresenta para estudantes do DF

Projeto 'Conte lá que eu canto cá' se apresenta para estudantes do DF

O grupo ainda quer mais. Uma das metas para próximas temporadas é inserir no repertório novos autores e compositores e mira o olhar para as culturas do Norte e Sul do país.

Distrito Federal registra um estupro de vulnerável por dia

Distrito Federal registra um estupro de vulnerável por dia

No 1º trimestre, 82,2% dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes aconteceram no ambiente familiar

Servidores da CGU decidem entrar em greve a partir de 30 de maio

Servidores da CGU decidem entrar em greve a partir de 30 de maio

Com essa decisão, o número de carreiras em greve sobe para quatro

Aumento de casos por covid faz cidades voltarem a recomendar uso de máscara

Aumento de casos por covid faz cidades voltarem a recomendar uso de máscara

O Brasil registrou 115 novas mortes pela covid na quinta-feira, 19. A média móvel de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 113. O índice permanece acima de 100 pelo sexto dia consecutivo.

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

Tempestade Subtropical Yakecan se afastou do continente

Passageiros de ônibus no DF ganham direito de desembarque livre após as 21h

Passageiros de ônibus no DF ganham direito de desembarque livre após as 21h

Autor do projeto que deu origem à nova lei, o deputado Rafael Prudente defende o ganho em segurança resultante da possibilidade de parada livre para os usuários do transporte público

Policiais e bombeiras do DF têm direito a horário para amamentação por dois anos

Policiais e bombeiras do DF têm direito a horário para amamentação por dois anos

Proteger a lactante foi a intenção de Abrantes, que argumentou ainda pela isonomia de direitos com as demais corporações da segurança pública.