×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de janeiro de 2022

Associações judaicas cobram desculpas de chanceler brasileiro

Associações judaicas cobram desculpas de chanceler brasileiroFoto: Agência Brasil

Entidades do Brasil e dos EUA consideraram ofensivo Ernesto Araújo comparar distanciamento social com campos de concentração nazistas

Estadão Conteúdo - 29/04/2020 - 15:31:30

A Confederação Israelita do Brasil condenou o comentário do chanceler Ernesto Araújo que compara medidas de distanciamento social com os campos de concentração nazistas. A entidade afirmou não haver comparação possível entre uma medida adotada em todo o mundo para combater uma pandemia e uma ação persecutória e racista contra uma minoria que levou à morte de seis milhões de judeus na Europa. "Esperamos uma retratação".

Na terça, o Comitê Judeu Americano, uma das principais associações para defender os direitos do povo judeu nos Estados Unidos e lutar contra o antissemitismo, publicou uma mensagem dizendo que considerou a analogia "profundamente ofensiva e inteiramente inapropriada". As duas instituições afirmaram que o ministro das Relações Exteriores deve desculpas à comunidade judaica.

Em texto publicado em seu blog pessoal, Metapolítica 17, em 21 de abril, Ernesto publicou que a expressão "arbeit macht frei" (o trabalho liberta, em alemão), que está escrita sobre o campo de concentração de Auschwitz, deveria ser o lema da nova era de solidariedade global.

"Os comunistas não repetirão o erro dos nazistas e desta vez farão o uso correto. Como? Talvez convencendo as pessoas de que é pelo seu próprio bem que elas estarão presas nesse campo de concentração, desprovidas de dignidade e liberdade", escreveu Ernesto.

No texto, o chanceler também refuta a legitimidade de organizações internacionais que auxiliam no combate à pandemia, critica o Partido Comunista Chinês e denuncia o que chama de “jogo comunista-globalista de apropriação da pandemia para subverter completamente a democracia liberal e a economia de mercado”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem recomendado diariamente, desde o início da pandemia, que o distanciamento social é a melhor medida para combater a pandemia que já tirou a vida de mais de 218 mil pessoas ao redor do mundo e contaminou outras 3,1 milhões, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Impeachment

A repercussão negativa do texto não ocorreu apenas na comunidade judaica. Na semana passada, o deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), que preside frente parlamentar Brasil- China na Câmara, ameaçou entrar com um pedido de impeachment do chanceler por causa de críticas à China.

O parlamentar encomendou a seus assessores jurídicos a elaboração de uma denúncia por crime de responsabilidade e pretende apresentá-la nos próximos dias ao Supremo Tribunal Federal e à Câmara dos Deputados . O motivo foi o mesmo texto, intitulado "Chegou o comunavírus", que despertou o descontentamento dos judeus.

Comentários para "Associações judaicas cobram desculpas de chanceler brasileiro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
2022 será ano determinante para a liberdade

2022 será ano determinante para a liberdade

Students for Liberty Brasil vê 2021 como período em que o liberalismo retrocedeu, apontando grandes desafios para este ano

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do "Caribe Amazônico" em Alter do Chão

Faixa de areia separa águas barrentas e claras no balneário turístico de Alter do Chão (PA)

Projeto leva atividades esportivas para pessoas com deficiência no DF

Projeto leva atividades esportivas para pessoas com deficiência no DF

Inscrição é gratuita e pode ser feita pela internet

Belém adia volta presencial às aulas na rede pública de ensino

Belém adia volta presencial às aulas na rede pública de ensino

Após contaminação de professores por covid-19, retorno será gradual

Covid-19: Estados começam a enviar informações sobre vacinação ao STF

Covid-19: Estados começam a enviar informações sobre vacinação ao STF

Suprema Corte pediu detalhes sobre vacinação de menores

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Rede de Sementes do Xingu já recuperou mais de 6 mil hectares de floresta na bacia do rio Xingu e Araguaia

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Em Minas Gerais, as fortes chuvas elevam o risco do rompimento de barragens com rejeitos da mineração, a exemplo do que aconteceu nas cidades de Mariana, em 2015, e de Brumadinho, em 2019

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Mônica Calazans, enfermeira e primeira vacinada no Brasil

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Fotografia tirada após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que matou 272 pessoas

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Cerca de 50 categorias pedem reajustes de 20% a 28%

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro