×
ContextoExato
Responsive image

Aumentam denúncias relacionadas a racismo: “preto safado” e “macaco” são algumas das principais ofensas

Aumentam denúncias relacionadas a racismo: “preto safado” e “macaco” são algumas das principais ofensasFoto: Pixabay

Homenagem a negros e negras

Ana Maria Campos-correio Braziliense - 19/11/2019 - 09:19:39

“Preto safado”, “macaco”, “negro incompetente”. Essas são ofensas comuns ouvidas por pessoas negras. Dados do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) indicam que a instituição tem conseguido importantes resultados para a repressão dos casos relacionados a racismo e injúria. De 2016 a 2018, 94,96% dos casos resultaram em responsabilização com sanções ao ofensor. Só em 2018, o MPDFT ajuizou 95 denúncias ligadas ao tema. O número representa aumento de 72,72% em relação a 2017, que fechou com 55 denúncias. No mesmo período, a quantidade de arquivamentos dos casos caiu de 185 pra 154. Até 21 de outubro deste ano, o Núcleo de Enfrentamento à Discriminação (NED) do MPDFT já havia oferecido 58 denúncias por crimes relacionados a raça e cor. De 2017 para 2018, houve aumento, ainda, de 7,45% no número total de procedimentos investigativos realizados pela Polícia Civil. A coordenadora do NED, promotora de Justiça Mariana Nunes, explica que os números não significam, necessariamente, mais casos de racismo, mas uma maior conscientização da população.

Homenagem a negros e negras

A Câmara Legislativa vai homenagear 32 pessoas amanhã pelo Dia da Conscientização Negra. De iniciativa da deputada distrital Arlete Sampaio (PT), haverá uma moção para prestigiar negros que lutam contra o racismo no DF. Na lista: Cristiane Sobral, Mãe Baiana, Graça dos Santos, Pastora Wall, Jacira Silva, Julia Nara, Ellen Oléria, Ludymlla Santiago, Sandra Braga, Professora Nádia Rodrigues, Professora Higina Vieira Ponte, Aline de Sousa, Luana Euzébia, Juliana Cézar Nunes, Professora Lourdes dos Santos, Aline Costa, Cristiana Luiz, Nelson Inocêncio, Gog, Ruth Venceremos, Mário Theodoro, Eduardo Araújo, Rui Perpétuo (Post mortem), Marcelo Café, João Negrão, Jorge Amâncio, Viridiano Custódio, Artur Antônio, Fabiana Capistrano e Graça dos Anjos.

 (Arquivo Pessoal
)

Na torcida

A Copa do Mundo FIFA Sub-17, encerrada no último domingo, proporcionou um encontro entre os ex-senadores Paulo Octávio e Valmir Campelo, que torceram juntos pela Seleção Brasileira. O estádio também une os dois, já que PO é o doador do projeto do renomado arquiteto Ruy Ohtake para o novo Bezerrão, apelido do estádio Valmir Campelo Bezerra — em homenagem ao então administrador do Gama durante a construção da arena.

 (Luca Bassani/Divulgação
)

Dia de campeão

Aos 17 anos, o piloto brasiliense Enzo Elias subiu no pódio em Interlagos, no último domingo, como campeão na temporada 2019 da classe 3.8 da Porsche Carrera Cup Brasil. Depois de triunfar com uma vitória incontestável e de se tornar o piloto mais jovem a conquistar esse título, já dá para sonhar com a Fórmula 1. Quando entrou no avião no voo de volta para Brasília, Enzo viveu momentos de popstar. Foi reconhecido como atleta vitorioso e aplaudido pelos passageiros. Dia de glória.

Para melhorar a performance

O escritório da advogada Gabriela Rollemberg está oferecendo um curso sobre como administrar melhor um escritório de advocacia, com o método intitulado Legal Growth Hacking, associando técnicas jurídicas com tecnologia e marketing. A próxima turma será nos dias 21 e 22 de novembro, ministrada por Erik Nybo, professor e coordenador do curso Direito para startups, do Insper.

Siga o dinheiro

R$ 2.812.321,36

Valor destinado à contratação pela Novacap, por meio de licitação, de empresa que ficará responsável pela revitalização das quadras 509 e 510 Sul, na W3, com readequação do sistema viário, com estacionamentos, paisagismo e intervenções de acessibilidade, além de obras complementares de drenagem e sinalização.

A pergunta que não quer calar….

Quando vai sair a proposta do governo do DF para o reajuste da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros?

Só papos

 (Reprodução)

“Da noite para o dia, o Rio de Janeiro foi entregue à própria sorte. O Rio de Janeiro continua sendo porta de entrada de turistas no Brasil, vitrine nacional, sediou os grandes eventos internacionais que aconteceram aqui e todos os estudiosos são unânimes em dizer que o nosso colapso econômico-financeiro começou com a perda da capital para Brasília e com uma fusão malplanejada na década de 1970 (com a Guanabara). Temos que reparar para que o Rio de Janeiro tenha condições de andar com as próprias pernas”

Deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), sobre a PEC que prevê a divisão com o Rio de Janeiro dos recursos do Fundo Constitucional durante 10 anos e depois a extinção dos repasses diretamente para o DF

“O termo reparação é um pouco extemporâneo. Brasília vai fazer 60 anos. A construção da capital custou 1 bi e meio de dólares. Só a Ponte Rio-Niterói, que foi construída com dinheiro da União, custou 5 bilhões. E isso foi depois de Brasília. Então, a gente pode dizer tudo o que o Rio já teve e tem até hoje, como o aterro do Flamengo, os túneis, o Aeroporto do Galeão e até hoje, com o leilão do pré-sal, o Rio de Janeiro está saindo 20% à frente de todos os estados. A gente poderia dizer que o petróleo é de todos”

Deputada Flávia Arruda (PL-DF), que lidera um movimento contra a chamada PEC da Reparação, de autoria da deputada Clarissa Garotinho

Comentários para "Aumentam denúncias relacionadas a racismo: “preto safado” e “macaco” são algumas das principais ofensas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório