×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Aumento dos gastos com inativos comprime investimentos nos estados

Aumento dos gastos com inativos comprime investimentos nos estadosFoto:

Entre setembro de 2017 e agosto de 2018, gastos com servidores ativos aumentaram, em média, 0,8%, enquanto, para inativos, a variação média foi de 8%.

Da Assessoria De Imprensa E Comunicação / Do Ipea / Foto: Pública - Pixabay - 27/11/2018 - 16:48:25

Indicadores inéditos desenvolvidos pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostram que os gastos com servidores ativos nas Unidades da Federação (UFs) aumentaram, em média, 0,8% entre setembro de 2017 e agosto de 2018 na comparação com 12 meses anteriores. Já para inativos, no mesmo período, a variação média foi de 8%. É o que mostra a seção de Finanças Públicas Estaduais da Carta de Conjuntura, divulgada nesta segunda-feira, 26/11, pelo Ipea. “O esforço de contenção dos gastos com ativos não foi suficiente para compensar o rápido crescimento dos gastos com pessoal inativo”, explica Cláudio Hamilton dos Santos, pesquisador do Ipea e um dos autores do estudo.

De 2014 a 2017, vinte UFs apresentaram queda no número de servidores estatutários ativos. Para os inativos, a situação foi inversa: todos os 24 estados com dados analisados apresentaram taxa de crescimento positiva. No mesmo período, o número de servidores ativos nos estados encolheu -1,6%, enquanto o de inativos cresceu 5,6%. Em outras palavras, a contratação de novos servidores estatutários caiu em quase todas as UFs e o montante de inativos só cresceu.

É comum que, em anos eleitorais, as despesas com investimentos cresçam. O planejamento e a execução de investimentos leva tempo, de modo que grande parte do que é planejado no início de cada administração acaba sendo finalizada no último ano de mandato. Os dados analisados desde 2008 mostram bem esse ciclo, com picos de gastos com investimentos em 2010 (R$ 36,2 bilhões) e em 2014 (R$ 39,5 bilhões).

No entanto, até o 4º bimestre de 2018, o gasto acumulado no ano havia sido de R$ 16,7 bilhões, resultado inferior a praticamente toda a série analisada, seja em anos eleitorais ou não eleitorais, e superior somente ao observado entre janeiro e agosto de 2017: R$ 15,3 bilhões. “O fato de que as contratações de pessoal têm sido insuficientes para repor os servidores que se aposentaram e os níveis baixíssimos de investimento público que temos verificado evidenciam a situação de penúria das administrações públicas estaduais”, afirma Cláudio Hamilton.

Espaço fiscal consumido

A recuperação gradual da atividade econômica e os esforços empreendidos pelos estados para aumentar seu espaço fiscal elevaram a receita primária em 2,7% no primeiro semestre de 2018. Ao longo de 2016 e 2017, diversas Unidades da Federação impulsionaram a arrecadação via majoração de alíquotas do ICMS, do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Esses esforços, contudo, não foram suficientes para a receita recuperar o patamar alcançado em 2014, quando atingiu o pico. Nos últimos doze meses finalizados em abril de 2018, a receita ainda era bastante inferior ao patamar verificado em 2013.

O “espaço fiscal” conseguido pelos estados, até agosto de 2018, da ordem de R$ 11,5 bilhões de aumento de receita primária, foi, entretanto, consumido majoritariamente por gastos com pessoal, encargos sociais e demais despesas, exceto investimento. A elevação de R$ 1,6 bilhão do investimento representou, em termos absolutos, somente 11,5% do aumento total da despesa primária entre 2017 e 2018. “Os investimentos cresceram em termos relativos, mas, em termos absolutos, a variação foi pouco expressiva”, destaca a pesquisadora do Ipea e coautora do estudo, Mônica Mora.

Confira a íntegra da seção Finanças Públicas Estaduais

Saiba mais na nota técnica metodológica sobre os indicadores de gastos dos estados com pessoal

Acesse a planilha de gastos com servidores ativos e inativos por Unidade da Federação


Comentários para "Aumento dos gastos com inativos comprime investimentos nos estados":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Mercado de vinhos no país registra alta no primeiro quadrimestre do ano

Mercado de vinhos no país registra alta no primeiro quadrimestre do ano

Empresa registrou um mix de vendas estável em relação ao mesmo trimestre de 2021, com as categorias premium Principal e Invest respondendo por metade das receitas (49,9%).

Portal Solar Franquia planeja selecionar mais 200 unidades este ano

Portal Solar Franquia planeja selecionar mais 200 unidades este ano

Rede de microfranquias participa da feira de franchising ABF Expo 2022

Vivalá lança expedições de Volunturismo nas áreas de saúde, educação, meio ambiente e bioeconomia na Amazônia

Vivalá lança expedições de Volunturismo nas áreas de saúde, educação, meio ambiente e bioeconomia na Amazônia

Expansão faz parte da estratégia da organização em gerar cada vez mais impacto socioambiental positivo nos biomas e em comunidades tradicionais brasileiras.

Inscrições para o edital Revista TODOS Drogasil são prorrogadas para terça-feira

Inscrições para o edital Revista TODOS Drogasil são prorrogadas para terça-feira

Programa vai financiar ONGs de saúde com até R$ 500 mil, totalizando um investimento de até R$ 3,7 milhões

Mês do Meio Ambiente: Evento discute logística reversa na indústria farmacêutica

Mês do Meio Ambiente: Evento discute logística reversa na indústria farmacêutica

O evento, que serve ainda para celebrar o 50º aniversário da Conferência de Estocolmo e acelerar os esforços para cumprir a Agenda de 2030

Mastercard celebra o mês do orgulho LGBTQIA+ no metaverso

Mastercard celebra o mês do orgulho LGBTQIA+ no metaverso

A Mastercard participa pela primeira vez como patrocinadora oficial da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Decentraland Mastercard Pride Plaza, um espaço desenvolvido na Decentraland que sediará experiências que não têm preço.

Produção nacional de azeite já é recorde em 2022

Produção nacional de azeite já é recorde em 2022

Além disso, olivicultores das duas principais regiões produtoras do país, Rio Grande do Sul e Serra da Mantiqueira, após uma década de produção, já podem lidar com oliveiras mais desenvolvidas, que produzem mais frutos por pé

Feira reúne empreendedores do setor de reciclagem da América Latina

Feira reúne empreendedores do setor de reciclagem da América Latina

A 12ª Edição da Exposucata, que acontece no São Paulo Expo, de 12 a 15 de junho, reúne os principais fornecedores de tecnologia para este mercado

‘O seguro não precisa ser chato, pode ser sexy’, afirma CEO da Porto

‘O seguro não precisa ser chato, pode ser sexy’, afirma CEO da Porto

“O seguro pode ser pop. Acreditamos que há um espaço para isso”, afirma. “Estamos até conseguindo atrair talentos que estão vendo que o seguro não precisa ser um troço chato, mas até sexy.”

Com energia solar em crescimento,

Com energia solar em crescimento, "marketing verde" entra como ponto fundamental no planejamento estratégico das empresas

Empresas que estão conectadas com o coletivo estão um passo à frente, afirma Saulo Camelo

Fairmont Rio Copacabana é hotel-anfitrião da LGBT+ Turismo Expo

Fairmont Rio Copacabana é hotel-anfitrião da LGBT+ Turismo Expo

Associado da IGLTA e mais novo cinco estrelas de Copacabana, hotel abre seu espaço de eventos para receber a próxima edição da única feira dedicada ao Turismo LGBT+ no Brasil