×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Banco de Brasília destitui diretor acusado de crimes contra o sistema financeiro

Banco de Brasília destitui diretor acusado de crimes contra o sistema financeiroFoto: Daniel Ferreira-Metrópoles

Em 18 de abril, o portal Metrópoles noticiou que Laécio Barros Júnior é réu em duas ações no Tribunal Regional Federal da 1ª Região

Por Isadora Teixeira-metrópoles - 26/04/2019 - 07:03:05

Réu em dois processos por suspeita de crimes contra o sistema financeiro nacional, Laécio Barros Júnior perdeu o cargo de diretor da BRB Card e deixou a função de conselheiro da corretora de seguros da instituição. Conforme o Metrópoles apurou, a diretoria do Banco de Brasília (BRB) tomou a decisão na última segunda-feira (22/04/2019).

Funcionário concursado, Laécio continuará nos quadros do banco. No entanto, ainda não foi definido quem ocupará o lugar dele na Diretoria de Tecnologia e Finanças da BRB Card – sociedade integrante do conglomerado que tem como objetivo comercializar e administrar o portfólio de produtos e serviços dos cartões.

Em 18 de abril, o Metrópoles noticiou que Laécio é réu em duas ações que tramitam no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Nessa quarta-feira (24/04/2019), a juíza substituta da 12ª Vara, Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, negou os pedidos de absolvição sumária dos nove acusados e deu prosseguimento ao processo.

A ação penal em questão trata da autorização de empréstimo de R$ 8 milhões para a construção de um edifício em Taguatinga Norte. O negócio foi permitido mesmo sem a empresa ter capacidade econômico-financeira para cumprir o acordo, segundo afirmou o Ministério Público Federal (MPF), autor da denúncia.

A autorização para o empreendimento teve como base um parecer elaborado pelo gerente da Agência do Guará II, que foi aprovado em 17 de março de 2009 pela Diretoria Administrativa do BRB da qual Laécio fazia parte.

Outro processo em que o servidor é réu corre na 10ª Vara do tribunal. A ação diz respeito à concessão de créditos a cooperativas de transporte sem atenção a requisitos legais, entre 2008 e 2010. O juiz Vallisney de Souza Oliveira é responsável pelo caso.

À reportagem, o BRB disse que não iria se manifestar sobre o assunto.


Comentários para "Banco de Brasília destitui diretor acusado de crimes contra o sistema financeiro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
'Nada pode me limitar ou definir', diz a modelo com síndrome de Down

'Nada pode me limitar ou definir', diz a modelo com síndrome de Down

O sonho de ser modelo, ela relata, começou aos 16 anos, quando foi internada com meningite bacteriana e ficou dez dias em coma.

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Segundo as investigações da polícia, o gerente cometeu atitude discriminatória contra a delegada Ana Paula Barroso, que é negra no último dia 14 de setembro.

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Quase 1 milhão de crianças nasceram como refugiadas entre 2018 e 2020

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

"Ainda que a ré seja incapaz, sobre o que não produziu sequer começo de prova, tal condição não afasta sua responsabilidade pelos prejuízos a que der causa", observou a juíza.

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

A "pobreza menstrual" era um tema de pouca repercussão na época e não motivava projetos de lei como hoje, a exemplo do vetado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro. E passava longe de ser associado ao cotidiano de meninas.

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Em decisões anteriores, Fachin já havia determinado à União que apresentasse as medidas sanitárias relativas à covid-19 nas comunidades quilombolas

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Prazo para repostas ao mapeamento é até 17 de dezembro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Selo emitido pela Administração Postal da ONU com uma pintura de Mahatma Gandhi de Ferdie Pacheco em Comemoração do Dia Internacional da Não-Violência

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

Apenas 18 mulheres discursaram nos debates de alto nível da Assembleia Geral em 2021

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados venezuelanos são registrados na Polícia Fedral de Boa Vista para emissão e regularização de documentos.

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

O Zé Ninguém