×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Bianca Senna: "Queremos mudar o mundo pela educação"

Bianca Senna:

Foto: Divulgação TV Brasil

O papel do instituto é trazer o melhor da ciência, da tecnologia, da inovação, para dentro da escola, diz Bianca Senna.

Por Agência Brasil Brasília - 28/05/2019 - 07:20:26

No marco dos 25 anos de morte de Ayrton Senna, neste mês de maio, a diretora do instituto que leva o nome do piloto destacou o trabalho que a família tem feito para levar um sonho dele adiante: “mudar o mundo pela educação”.

Bianca Senna ressaltou, porém, que o objetivo não é substituir as ações de governo, mas unir esforços de toda a população.

“A gente precisa de muita gente para mudar. Não temos a pretensão de virar um MEC (Ministério da Educação). O papel do instituto é trazer o melhor da ciência, da tecnologia, da inovação, para dentro da escola, para ajudar no desenvolvimento das crianças e dos jovens. É isso que a gente vai continuar fazendo sempre”, disse em entrevista ao programa Impressões, da TV Brasil, que vai ao ar nesta terça-feira (28), às 23 horas.

Bianca conta que, em 25 anos de atuação, o Instituto Ayrton Senna levou educação a mais de 26 milhões de crianças e adolescentes em todo o país e formou mais de 230 mil educadores.

Neste mês, lançou mais uma fase da campanha Meu Educador, Meu Ídolo, que foca na valorização dos professores. “Ayrton é um ícone para todos nós e a gente gostaria que as pessoas começassem a entender que o professor deveria também ser nosso ídolo”, explicou.

Emocionada, a diretora relata o exemplo de um jovem assistido pelos projetos do instituto. Bianca explica que, de aluno mais baderneiro, ele virou professor dedicado na recuperação dos estudantes. “Você pode mudar uma realidade, pode dar oportunidade para uma pessoa, fazer uma criança se desenvolver plenamente, eu acho que é a coisa mais bonita que você pode fazer na vida. Não tem nada mais importante e inspirador que isso”, conclui.

Sobre o futuro ela é otimista. Avalia que, nos próximos 25 anos, na educação, “o Brasil será melhor, com mais equidade e mais potencial, com mais futuro”. Na entrevista à TV Brasil, Bianca Senna também fala do convívio com o tio Ayrton Senna, destaca as lições de vida que o piloto deixou e conclui que, se ele estivesse vivo, estaria muito feliz e orgulhoso com o trabalho do instituto. A diretora finaliza com um conselho: “acelera na vida em descobrir o que você é, o que você gosta, no que você é bom e corre atrás”.


Edição: Kleber Sampaio

Comentários para "Bianca Senna: "Queremos mudar o mundo pela educação"":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento