×
ContextoExato
Responsive image

Bolsonaro dá o exemplo, as pessoas começam a abandonar o uso de máscaras e a covid se fortalece

Bolsonaro dá o exemplo, as pessoas começam a abandonar o uso de máscaras e a covid se fortaleceFoto: O Antagonista

Na semana passada, Bolsonaro passou todos os limites, ao ironizar as autoridades dos três poderes que recentemente se contaminaram.

Carlos Newton - Tribuna Da Internet - 28/09/2020 - 11:33:40

Em todo o país, a Justiça Eleitoral recomenda que os candidatos façam campanha sem promover aglomerações e existe uma preocupação muito grande com o processo de votação, que costuma causar longas filas e concentração de pessoas em ambientes fechados, como escolas e outros locais onde são instaladas as urnas.

Essas recomendações são superválidas, porque só existe uma maneira de dominar a covid-19, que é mantendo o isolamento, evitando o máximo de contato entre as pessoas, seguindo os hábitos de higiene e usando permanentemente a máscara.

REGRAS UNIVERSAIS – As regras para controle da pandemia são universais, precisam ser seguidas em todos os países. Mas aqui no Brasil, temos um presidente da República que simplesmente não aceita essas normas e até desdenha delas sempre que há oportunidade.

Desde o início, Bolsonaro incentivou que se formassem aglomerações em torno de si, fazendo questão de não usar a máscara e cumprimentando as pessoas como se não existisse pandemia. Ou seja, não dá a menor importância à necessidade de uso da máscara, comprovadamente capaz de reduzir a contaminação e salvar vidas.

Na semana passada, Bolsonaro passou todos os limites, ao ironizar as autoridades dos três poderes que recentemente se contaminaram.

DISSE O PRESIDENTE – Nessa quinta-feira, dia 24, declarou o presidente da República: “Fico vendo Brasília. A alta cúpula do poder em Brasília, alguns do Executivo, do Judiciário bastante, do Legislativo também. Máscaras 24 horas. Dormiam com máscaras, cumprimentam assim” — disse, simulando um toque com o cotovelo. E prosseguiu:

“Pegaram o vírus agora, não adianta. O que eu ficava falando lá atrás: toma cuidado quem tem comorbidades, esperando vacina, um remédio comprovado cientificamente, mas não adianta, vai acabar pegando. E ficando em casa, não resolve nada. Um dia vai ter que sair da toca, sair de casa e vai acabar pegando o vírus”.

BOLSONARO VENCEU – Foram meses e meses de insistência titânica, mas agora podemos reconhecer que o presidente venceu mais essa batalha.

Neste sábado, eu saí às ruas com minha mulher, para encher o tanque do carro, fazer compras no supermercado. na farmácia e na padaria. Ficamos impressionados. Em nossos cálculos, entre 30% e 40% das pessoas nas ruas já não usam máscaras ou ficam com o nariz a descoberto. E os bares cheios, em clima de confraternização. Mas o pior foi notar que não somente as pessoas entravam nas lojas sem máscaras, mas em alguns estabelecimentos eram atendidas por vendedores que também não as usavam.

Bolsonaro venceu. Seu exemplo deu frutos. O Rio de Janeiro, Manaus e outras cidades brasileiras já estão enfrentando nova onda de contaminações, enquanto a China, apesar de já ter controlado a situação há dois meses, continua determinando que as regras sejam seguidas, e lá ninguém deixa de usar máscara.

###
NOTA DA REDAÇÃO – Na França, na Inglaterra e em outros países que relaxaram as normas, a covid-19 não dá trégua, mas na Itália, que mantém o rigor preventivo, o número de contaminações tende a diminuir. Enquanto isso, aqui na Terra de Santa Cruz, la nave va, cada vez mais fellinianamente, em direção ao iceberg da pandemia. (C.N.)

Comentários para "Bolsonaro dá o exemplo, as pessoas começam a abandonar o uso de máscaras e a covid se fortalece":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório