×
ContextoExato

Bolsonaro liquida ação do Estado brasileiro de combate ao abuso de crianças

Bolsonaro liquida ação do Estado brasileiro de combate ao abuso de criançasFoto: Wilson Dias/Agência Brasil

Governo decidiu excluir do último relatório direitos humanos, o Disque Direitos Humanos, informações essenciais sobre o encaminhamento e as respostas dadas aos casos de violência infantil no país

Portal 247 - 24/08/2020 - 09:21:53

O governo de Jair Bolsonaro excluiu do último relatório de direitos humanos, o Disque Direitos Humanos, informações essenciais sobre o encaminhamento e as respostas dadas às denúncias de violações recebidas, entre elas as de violência infantil, feitas aos órgãos de apuração e proteção. A informação é do jornal Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (24).

Segundo a reportagem, o relatório informa que 38% das crianças são vítimas de negligência de suas famílias, 11% sofrem abusos sexuais. Já 23% sofrem violência física (21%) e exploração do trabalho (3%).

Apesar de revelar os dados, que é parte do relatório elaborado pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, com base em denúncias feitas ao Disque 100, o governo não informa qual encaminhamento foi dado às denúncias recebidas, ou se o Estado deu o suporte necessário às vítimas.

Segundo a reportagem, Ministério da Mulher, da Família e de Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves, disse, em nota, que a exclusão desses dados foi uma "decisão editorial", mas que todas as denúncias recebidas são encaminhadas. No entanto, não revela como os encaminhamentos foram realizados.

Nos relatórios dos anos anteriores, o índice de resposta é baixo. Em 2018, apenas 13% das denúncias encaminhadas tiveram resposta

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários para "Bolsonaro liquida ação do Estado brasileiro de combate ao abuso de crianças":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório