×
ContextoExato
Responsive image

Brasil registra 807 mortes e 11.687 infectados por coronavírus nas últimas 24 horas

Brasil registra 807 mortes e 11.687 infectados por coronavírus nas últimas 24 horasFoto: Secom Brotas/Fotos Públicas

Estado de São Paulo chegou a 6 mil mortes. Isolamento social não alcança 50%

Igor Carvalho - Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 25/05/2020 - 21:46:18

País é o segundo em óbitos no mundo inteiro e ocupa a sexta posição em número de contaminados

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 807 mortes por coronavírus e 11.687 novos casos da doença, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde na noite desta segunda-feira (25). Os índices foram publicados no site da pasta e não houve coletiva de imprensa.

Com os números divulgados, o Brasil salta para 23.473 óbitos e 374.898 casos confirmados de contaminação por coronavírus. Esses dados garantem ao país a triste 2ª colocação no ranking mundial da doença. Somente os EUA, com 1,6 milhões de doentes por covid-19, supera os índices brasileiros.

O número de mortes no país tem oscilado na última semana. O recorde nacional foi alcançado na última quinta-feira (21), quando o país registrou 1.188 óbitos por conta da doença. Na lista de mortes provocadas pela doença, o país ocupa a 6ª posição, atrás de EUA (97.974), Reino Unido (36.996), Itália (32.877) e França (28.460).

Internamente, o estado de São Paulo continua à frente no número de infectados pelo coronavírus, são 83.625 casos, seguido pelo Rio de Janeiro, com 39.298 doentes e o Ceará, que tem 36.185 contaminados.

São Paulo concentra também o maior número de óbitos, com 6.220 mortes, depois vêm Rio de Janeiro, com 4.105 falecimentos e Ceará, onde 2.423 pessoas morreram em decorrência da doença.

No mundo, a covid-19 provocou 344 mil óbitos e infectou 5,4 milhões de pessoas, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, que foram divulgados nesta segunda-feira (25).

Edição: Luiza Mançano

Comentários para "Brasil registra 807 mortes e 11.687 infectados por coronavírus nas últimas 24 horas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório