×
ContextoExato
Responsive image

Brasil, o próximo foco mundial da pandemia

Brasil, o próximo foco mundial da pandemiaFoto:

“A questão já não é mais se seremos, e sim,quando. E esse “quando” está cada vez mais próximo”.

Por Morris Kachani E Isabella Marzolla - Estadão Conteúdo - 19/05/2020 - 07:45:42

Assista à entrevista: https://youtu.be/V_NysS_dP4o

Todo mundo que se preocupa minimamente com os verdadeiros rumos da pandemia no Brasil, a despeito das balelas políticas, dos conchavos, das fake news e dos farisaísmos, deveria separar 30 minutos do seu precioso tempo para ouvir o ilustre Roberto Medronho, cidadão carioca, compositor e sambista portelense, epidemiologista há 43 anos, especialista em saúde pública, atualmente titular da UFRJ. Membro do conselho de especialistas criado para assessorar o governo do seu Estado, com o economista Armínio Fraga e o ex-ministro José Gomes Temporão, entre outros.

Bola de cristal, Roberto não tem. Mas as evidências científicas… apontam pro seguinte: o Brasil será o principal foco da pandemia no mundo dentro em breve.

O número de mortos atual deve ser o dobro do que está sendo divulgado, e o número de infectados é de 10 a 11 vezes maior.

O pico em São Paulo e no Rio deve acontecer entre o final de maio de meados de junho. A partir dali, vai descer lentamente e de um patamar muito alto. Se não tomarmos cuidado, seremos o país com mais mortes no mundo.

Isolamento pela metade não está funcionando. Os governos precisam se mexer. Aliás, se tivéssemos feito o isolamento direito, como fizemos nas primeiras semanas, mas não nestas últimas, talvez já estivéssemos saindo dele.

Se a retomada após o pico for bem organizada, o tempo da primavera, setembro – outubro, poderá ser mais auspicioso. Só que a ameaça de uma segunda onda é bem grande.

A desigualdade social nos condena. A vacina vai demorar. E a cloroquina não faz milagres. Roberto não está muito esperançoso com o cenário brasileiro…

Comentários para "Brasil, o próximo foco mundial da pandemia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório