×
ContextoExato

Brazlândia na rota da produção de uva do DF

Brazlândia na rota da produção de uva do DFFoto: Divulgação/Setur

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, defende que o enoturismo tem grande potencial

Agência Brasília* | Edição: Mônica Pedroso - 23/05/2021 - 19:33:03

A cidade possui o melhor clima para o cultivo da fruta, segundo a Emater-DF

Brazlândia é o maior centro produtor agrícola de morango, goiaba e hortaliças. Em pouco tempo, a uva também poderá entrar neste portfólio. Para incentivar produtores rurais da região na produção da fruta, o administrador da cidade, Cel. Jesiel Costa Rosa, organizou uma reunião para debater o panorama do cultivo de uva no DF, seus desafios e oportunidades.

O encontro contou com a presença da secretária de Turismo do DF (Setur-DF), Vanessa Mendonça e do secretário de Agricultura do DF, Cândido Teles, e diversas autoridades como o deputado distrital, Iolando Almeida; o superintendente Federal de Agricultura do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), William Barbosa; a diretora executiva da Emater/DF, Joisilane Trindade; além do administrador Jesiel Rosa e produtores locais.

A uva está chegando como uma nova frente, tendo em vista os potenciais agrícolas da região. Segundo o administrador da cidade, “houve estudos anteriores que apontam o local como sendo muito propício para o desenvolvimento dessa cultura. A nossa meta é fazer com que a cidade se desenvolva a partir da sua riqueza rural. Estamos também ampliando nossa visão a respeito da nossa região percebendo o potencial turístico, que também vai gerar desenvolvimento local”.

Leia também

Brasília no topo dos destinos

Brasília pronta para receber turistas

Opções seguras para visitar no Distrito Federal

Pela primeira vez, GDF conquista credenciamento de Brasília no Fungetur

Enoturismo

Para a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, a expectativa de a cidade se ser tornar um centro produtor de uva é muito grande, pois abre caminho também para a produção de vinho. Segundo a secretária, “a uva é capaz de transformar um local num destino turístico. O turista transforma um local numa experiência turística e o Turismo gera emprego e renda”, afirmou. “Esta reunião marca o início de uma nova etapa de muita prosperidade na vida de cada um dos senhores. Seguindo uma orientação do nosso governador, estamos aqui para servir”, conclui a secretária.

Nesse sentido, o deputado distrital Iolando Almeida destacou que Brazlândia é o segundo polo turístico do Distrito Federal. “Nosso trabalho tem sido para melhorar a vida da comunidade de Brazlândia em todas as suas dimensões. A vocação da cidade transcende a agrícola. O governador sancionou o projeto de Lei que criou a rota Caminhos da Fé e temos as festas do Morango, da goiaba e em breve teremos a Festa da Uva. Temos vocação para o ecoturismo, turismo religioso, de aventura, gastronômico e em breve teremos o enoturismo. Então, produtor, acredite na terra. Essa cidade é um manto de prosperidade”, afirmou.

“Vejo que é um grande aprendizado para os agricultores de Brazlândia. Aqui podemos plantar de tudo. Todas as novidades que ajudem a aumentar e diversificar nossas atividades são muito atrativas”Vagno Ribeiro, produtor rural

O enoturismo é um segmento de alto valor agregado. Portanto, Brazlândia, seguindo a sua vocação natural de importante produtora agrícola, pode se estabelecer e potencializar o enoturismo no Distrito Federal. A Secretaria de Turismo coordena um grupo de trabalho com 22 entidades com o objetivo de colocar o DF como um centro importante do enoturismo no país, a partir da experiência já existente na região do Padef.

Clima propício

O extensionista rural da Emater-DF, Felipe Camargo, que conduziu a apresentação técnica, confirmou a aptidão climática de Brazlândia para o cultivo. “Observados alguns detalhes e correções que devem ser feitas e algumas técnicas que têm de ser levadas em consideração para trazer uma fruta de clima temperado para uma região do Cerrado, é possível inserir o cultivo da uva, considerando ainda a expertise de produção de frutas”

Produtores rurais participaram do encontro sobre o panorama e o potencial do cultivo da uva em Brazlândia

Brazlândia é a maior produtora de goiaba e de morango do Centro-Oeste. Além disso, produz hortaliças e é o local mais adequado para se implantar o projeto de cultivo da uva. Para o secretário de Agricultura do DF, Cândido Teles, “as parreiras geram emprego e renda. O emprego e renda geram desenvolvimento local. Em pouco tempo, seremos vitoriosos nesse propósito e vamos realizar aqui a Festa da Uva, pois a vocação da cidade é produzir”.

Vagno Ribeiro de Almeida (39) e a esposa Jocilane Santos de Souza, que são produtores rurais e moram na cidade há 15 anos, já aprovaram a ideia. A família trabalha no cultivo de hortaliças, frutas e de mudas para o reflorestamento do Assentamento Canaã, onde moram, e estão com muita expectativa de começarem na produção de uva.

“Tenho um pé de uva faz 10 anos e com as frutas dele faço vinho para o consumo da família, vai ser um sonho aumentar a produção de uva e de vinho”Dona Lindaura, produtora rural

“Vejo que é um grande aprendizado para os agricultores de Brazlândia. Aqui podemos plantar de tudo. Todas as novidades que ajudem a aumentar e diversificar nossas atividades são muito atrativas. Isso é um projeto que vai dar certo para os produtores e vamos ficar todos felizes”, disse Vagno.

Dona Lindaura (83) também é produtora rural da região. Ela tem um pé de uva no seu terreno e está muito ansiosa para aumentar a produção. “Acho maravilhoso, sempre sonhei com plantação de uva. Tenho um pé de uva faz 10 anos e com as frutas dele faço vinho para o consumo da família, vai ser um sonho aumentar a produção de uva e de vinho”, disse orgulhosa.

*Com informações da Secretaria de Turismo

Comentários para "Brazlândia na rota da produção de uva do DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório