×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de maio de 2022

BRT Expresso DF: MP do DF sugere padronização no procedimento de embarque de mulheres

BRT Expresso DF: MP do DF sugere padronização no procedimento de embarque de mulheresFoto: Mariordo (Mario Roberto Durán Ortiz) • Wikipédia

Além do embarque separado, a lei também determina que 30% da frota do BRT destacada para atender o fluxo de passageiros nos horários de pico seja destinada exclusivamente para mulheres.

Assessoria Especial De Imprensa Do Mpdft - 17/12/2019 - 19:37:00

Por falta de padronização no procedimento de embarque de mulheres no Sistema de Transporte de Passageiros Eixo Sul –BRT Expresso DF, o Núcleo de Gênero (NG) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) encaminhou ofício nesta terça-feira, 10 de dezembro, ao secretário de Transporte e Mobilidade do DF, Valter Casimiro Silveira, com a sugestão de que o serviço se adéque a Lei Distrital nº 6.282/2019.

A lei determina a criação de espaço prioritário para o embarque de mulheres nos terminais do BRT do DF, no entanto, inspeção realizada em 13 de novembro pelo Setor de Perícia e Diligência do MPDFT constatou que apenas o terminal de Santa Maria obedece a norma. Nos demais são formadas filas separadas ao longo da plataforma, situação que prejudica o fluxo dos cidadãos.


Além do embarque separado, a lei também determina que 30% da frota do BRT destacada para atender o fluxo de passageiros nos horários de pico seja destinada exclusivamente para mulheres. Neste ponto, o MPDFT não encontrou falhas na prestação do serviço e cumprimento da lei.

O Núcleo de Gênero também sugeriu a ampliação dos horários de pico em todas as estações do BRT-Sul; pois, de acordo com estudos recentes divulgados pela Governo do DF, a faixa horária de maior incidência de violência sexual contra meninas e mulheres é das 6 h às 8h59 e das 18 h às 20h59. Segundo o NG, as sugestões encaminhadas ao secretário têm por objetivo a prevenção e o enfrentamento da violência sexual.


Comentários para "BRT Expresso DF: MP do DF sugere padronização no procedimento de embarque de mulheres":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Influenciadora digital compartilha a rotina de viver com a Doença de Crohn

Influenciadora digital compartilha a rotina de viver com a Doença de Crohn

Lorena fala que durante a adolescência se sentia isolada e até excluída, mas viu na internet um refúgio. Ela revela que demorou um tempo para falar sobre a doença e sua deficiência.

Especialista em finanças lança obra voltada a mulheres que querem independência financeira

Especialista em finanças lança obra voltada a mulheres que querem independência financeira

Para a escritora, a obra é necessária porque ajuda as mulheres a trilhar um caminho de mentalidade financeira abundante

No Dia das Mães, mulheres falam sobre adoção monoparental no Brasil

No Dia das Mães, mulheres falam sobre adoção monoparental no Brasil

A chamada adoção solo tem as mesmas regras do processo biparental

Mujeres Fuertes: Mães venezuelanas recebem apoio para conquistar autonomia no Brasil

Mujeres Fuertes: Mães venezuelanas recebem apoio para conquistar autonomia no Brasil

Conciliar família, trabalho e estudo é uma tarefa inevitável para mulheres mundo afora. Em Manaus, mães venezuelanas têm ganhado apoio em sua jornada

Bolsonaro sanciona Plano de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Bolsonaro sanciona Plano de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Lei integra a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social

Filme recupera a luta feminista pós-ditadura

Filme recupera a luta feminista pós-ditadura

O filme dá ideia perfeita da trajetória e das dificuldades dessa luta.

Meninas melhoram desempenho em matemática e se igualam a meninos

Meninas melhoram desempenho em matemática e se igualam a meninos

É o que revela estudo feito pela Unesco

Banco Mundial e cidades brasileiras em parceria contra violência de gênero

Banco Mundial e cidades brasileiras em parceria contra violência de gênero

Em 2006, a lei brasileira Maria da Penha trouxe o reconhecimento e a responsabilização criminal da violência contra a mulher, mas ainda existem muitos desafios a serem superados

Mulheres negras são 65% das trabalhadoras domésticas no país

Mulheres negras são 65% das trabalhadoras domésticas no país

Maioria recebe menos que um salário mínimo e não tem carteira assinada

Professoras da USP criam projeto de mentoria para mulheres economistas

Professoras da USP criam projeto de mentoria para mulheres economistas

Objetivo é ajudar jovens profissionais a entrar no mercado de trabalho

Rayssa Leal conquista ouro e sobe pela primeira vez no pódio do X-Games

Rayssa Leal conquista ouro e sobe pela primeira vez no pódio do X-Games

Antes da medalha de Rayssa, o Brasil havia conquistado outras duas com Gui Khury, de 13 anos