×
ContextoExato
Responsive image

Câmara endurece punições para crimes de desvios dos recursos que combatem o coronavírus

Câmara endurece punições para crimes de desvios dos recursos que combatem o coronavírusFoto: Ponto Final

Jogo duro

Por Carlos Honorato - 03/09/2020 - 07:27:37

Tendo a deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) como uma das autoras, a Câmara aprovou projeto que endurece as punições para crimes ligados aos desvios de recursos destinados ao combate a pandemia de coronavírus. “Estamos todos juntos para combater a corrupção e a má utilização do dinheiro do contribuinte”, comemora a deputada Paula Belmonte.

CPI

Nos bastidores da Câmara Legislativa do DF já tem deputado preocupado com a CPI da Pandemia, cujo pedido está em análise na Procuradoria da Casa. A comunicação foi feita aos deputados pelo presidente Rafael Prudente, que quer “resguardar, principalmente, os deputados que solicitaram a CPI. Já se debate a questão dos parlamentares que tem negócios milionários com o GDF e fazem cara de paisagem.

Recessão e novo modelo

O tombo de 9,7 do PIB levou o Brasil de volta a recessão. O número divulgado pelo IBGE fez o deputado Agaciel Maia (PL) defender a necessidade de revisão do modelo econômico brasileiro. Não é a primeira vez que o parlamentar defende tal ponto de vista. E mais: “não dá mais para privilegiar o setor financeiro em detrimento do setor produtivo”. O parlamentar acredita que as medidas adotadas pelo governo Bolsonaro tendem a agravar a crise, com aumento da desigualdade, levando mais cidadãos à situação de pobreza. Maia ainda previu que haverá um atrofiamento da indústria nacional.

Instituto de Cardiologia

É urgente que se encontre uma solução para a crise do Instituto de Cardiologia do DF, o Instituto do Coração, que atende via Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo um relato de mães ao deputado Jorge Viana (Podemos) “o hospital não tem prestado atendimento por falta de medicamentos”. O parlamentar pediu a união dos colegas para a solução do problema: “Se existem entraves burocráticos, que sejam resolvidos juridicamente. Mas, envie rápido os recursos que são essenciais para salvar vidas”.

Roubalheira

O Brasil passa por um momento curioso. Velhos ladrões pegos na roubalheira estão sendo “recuperados” de forma estranha. Está em vigor a tese de que “a lei” foi ignorada ou abuso de poder. Assim, o corrupto é inocentado, mas a grana roubada não retorna ao erário. Parece que foi tudo ficção.

Estado policial

O afastamento do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), acendeu a luz amarela para os governadores e abriu o debate sobre o chamado “estado policial” no Brasil. Isto porque a Polícia Federal tem apertado o cerco contra a roubalheira nos gastos para combater a pandemia. Silenciosamente, alguns governadores que fazem oposição ao governo temem ser alcançados por uma situação parecida com a de Witzel.

Maguito em campanha

Ainda tem muita gente em Goiás que não acredita na “aposentadoria” política do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB). Mesmo assim, o ex-governador e ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), já arregaçou as mangas e está em campo tentando viabilizar sua candidatura a prefeito de Goiânia.

“Operação rachadinha”

O Ministério Público Federal deveria abrir uma outra vertente no combate a corrupção no Brasil. A sugestão seria a criação da “Operação Lava Rachadinha”, crime muito comum nos legislativos de todo o país. Aliás, o Rio de Janeiro é um exemplo em termos de “rachadinhas”. Por lá já se abriu até conexões com as milícias, narcotráfico etc.

PSL lança Eládio em Luziânia

O advogado Eládio Carneiro (na foto com a família) será o candidato do PSL a prefeitura de Luziânia (GO) nas eleições municipais. A convenção do partido aconteceu na segunda-feira e também lançou 32 candidatos a vereador. O deputado Delegado Waldir Soares garante que Eládio é uma das boas apostas do PSL. Eládio tem uma boa folha de serviços prestados a Luziânia, onde já foi secretário de Governo e de Saúde.

Manaus

Pesquisa da Perspectiva Mercado e Opinião mostra que 66% dos manauaras estão indecisos e não sabem em quem votar para prefeito de Manaus (AM). Já na espontânea o ex-governador, senador e prefeito Amazonino Mendes (Podemos) aparece liderando com 10,5% das intenções de voto. Na segunda colocação aparece David Almeida (Avante) com 6,2%.

Comentários para "Câmara endurece punições para crimes de desvios dos recursos que combatem o coronavírus":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório