×
ContextoExato
Responsive image

Cartórios do DF registram 46 mortes por suspeita de Covid-19; governo confirma 27

Cartórios do DF registram 46 mortes por suspeita de Covid-19; governo confirma 27Foto: Pixabay

Levantamento é feito por meio de atestados de óbito. Segundo Secretaria de Saúde, casos precisam ser investigados antes de confirmação.

G1df - 27/04/2020 - 10:44:45

Os cartórios do Distrito Federal registraram, até a noite deste domingo (26), 46 mortes por suspeita ou confirmação de Covid-19. Já o governo do DF contabiliza 27 óbitos por conta da doença na capital. O caso mais recente foi registrado no sábado (25) e a vítima é uma mulher de 63 anos, moradora de Águas Claras.

O levantamento dos cartórios foi feito por meio dos atestados de óbito registrados no DF. No entanto, segundo a Secretaria de Saúde, o fato de a causa da morte indicar suspeita de coronavírus não significa confirmação do diagnóstico da doença.

"Ao declarar o óbito, o médico precisa indicar a causa da morte ou suspeita. Nos casos de óbitos com suspeita de Covid-19, são colhidas amostras para investigação, podendo confirmar ou refutar a suspeita", afirma.

Segundo o levantamento dos cartórios, a primeira morte por suspeita da doença na capital foi registrada em 24 de março. Desde então, o número mais alto ocorreu em 31 de março, quando houve quatro registros.

Os dados apontam que 29 das vítimas são homens. Já a faixa etária mais atingida é a de pessoas entre 80 e 89 anos, com 12 casos. Ainda de acordo com o levantamento, uma criança menor de 9 anos morreu com suspeita de Covid-19 na capital. Veja dados por faixa etária abaixo :

  • Menos de 9 anos: 1
  • De 30 a 39 anos: 2
  • De 40 a 49 anos: 5
  • De 50 a 59 anos: 5
  • De 60 a 69 anos: 9
  • De 70 a 79 anos: 10
  • De 80 a 89 anos: 12
  • De 90 a 99 anos: 1
  • Mais de 100 anos: 1

Pneumonia e insuficiência respiratória

Os dados levantados pelos cartórios também mostram que houve aumento no número de mortes por pneumonia e insuficiência respiratória no DF em 2020. Segundo especialistas, essas doenças têm relação com a Covid-19.

De acordo com o estudo, entre 1º de janeiro e 26 de abril deste ano, foram contabilizadas 577 mortes por insuficiência respiratória na capital. O número representa aumento de 11,4% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram 518 óbitos.

Já a pneumonia foi listada como causa da morte em 977 atestados emitidos pelos cartórios desde o início do ano na capital. O aumento é de 5,6% em relação a 2019, quando foram 925 casos.

Segundo boletim divulgado pelo governo do DF, até a noite de domingo, haviam sido registrados 1.253 casos do novo coronavírus em Brasília. Ainda de acordo com o GDF, a maioria dos pacientes tem entre 30 e 49 anos. Os homens somam 712 casos, enquanto as mulheres são 413.

CORONAVÍRUS

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Comentários para "Cartórios do DF registram 46 mortes por suspeita de Covid-19; governo confirma 27":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório