×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Casos prováveis de dengue chegam a 30 mil no DF; 17 mortes foram registradas

Casos prováveis de dengue chegam a 30 mil no DF; 17 mortes foram registradasFoto: Igor Flávio/Divulgação

Números são refentes a período entre 29 de dezembro de 2019 e 9 de maio deste ano. Aumento é de 65% em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Por G1 Df - 23/05/2020 - 18:59:59

O Distrito Federal registrou 30.184 casos prováveis de dengue nos primeiros meses do ano. Os dados são referentes ao período entre 29 de dezembro e 9 de maio e representam alta de 65% em comparação com o mesmo período do ano passado – quando foram registrados 18.273 casos.

As informações estão disponíveis em boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde na sexta-feira (22). Segundo a pasta, 17 pessoas morreram por conta da dengue na capital e outras 34 tiveram casos graves da doença. Os óbitos foram registrados nas seguintes regiões:

  • 3 no Gama
  • 3 em Ceilândia
  • 2 no Guará
  • 2 em Sobradinho
  • 1 no Riacho Fundo II
  • 1 na Fercal
  • 1 em Planaltina
  • 1 em Sobradinho II
  • 1 em Samambaia
  • 1 em Vicente Pires
  • 1 em Santa Maria

A região de Ceilândia registrou o maior número de casos de dengue, com 3.733. Em seguida, está o Gama, com 3.549, e Santa Maria, que teve 2.695.

Veja os casos por região administrativa:

Tabela mostra números de dengue em todas as regiões do Distrito Federal  — Foto: Secretaria de Saúde/Reprodução

Tabela mostra números de dengue em todas as regiões do Distrito Federal — Foto: Secretaria de Saúde/Reprodução


Como se prevenir contra a dengue

Para evitar a reprodução do Aedes aegypti em casa e, consequentemente, reduzir os ataques do mosquito – além de se prevenir contra as doenças que ele transmite –, o Ministério da Saúde tem uma série de orientações. Confira:

  • Fazer uso de repelente sempre que estiver em áreas consideradas de infestação. Os mais indicados pela OMS são à base de Icaridina e que oferecem até 12 horas de proteção;
  • Priorize o uso de roupas claras, leves e que cubram todo o corpo – o Aedes aegypti tem atração pelo suor e por cores escuras;
  • Faça exames de rotina e, em caso de sintomas similares aos da dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus, procure a unidade de saúde mais próxima e consulte um médico.
  • Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas da casa;
  • Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol;
  • Mantenha o terreno de casa sempre limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros;
  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  • Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas sujas, por exemplo;
  • Deixe portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol;
  • Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas;
  • Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados;
  • Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos;
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
  • Coloque areia nos vasos de plantas.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Comentários para "Casos prováveis de dengue chegam a 30 mil no DF; 17 mortes foram registradas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Inmetro recomenda atenção na compra de materiais escolares

Inmetro recomenda atenção na compra de materiais escolares

Quando comprar, exija a nota fiscal

Vacinação infantil contra a Covid-19 no DF prossegue em 14 pontos

Vacinação infantil contra a Covid-19 no DF prossegue em 14 pontos

Até o momento, foram aplicadas mais de 5 mil doses, sendo 1,3 mil na segunda-feira (17)

Fiocruz investiga hesitação de pais em vacinar crianças contra a Covid-19

Fiocruz investiga hesitação de pais em vacinar crianças contra a Covid-19

Estudo teve participação de 15.297 pais, mães e responsáveis

Farmácias no DF farão teste gratuito de Covid-19

Farmácias no DF farão teste gratuito de Covid-19

Cerca de 800 mil testes gratuitos para a covid-19 serão serão distribuídos para 23 farmácias do DF

Audiência discutirá novas regras para o parcelamento do solo do DF

Audiência discutirá novas regras para o parcelamento do solo do DF

População poderá participar do encontro, a ser realizado em 16 de fevereiro nos formatos presencial e virtual

Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Imunizante foi disponibilizado em 11 postos de saúde

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Paco agradeceu aos profissionais da saúde que, de acordo com ele, estão empenhados, desde o início da pandemia, em atender a população.

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Vacina contra covid já começa a ser aplicada em crianças de 5 a 11 anos em diversos estados brasileiros

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

Ao todo, 11 pontos de imunização funcionam das 8h às 17h

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

Neste domingo (16), serão vacinadas crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente, e de 11 anos sem comorbidades

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Como forma de reduzir esses índices, o Detran lança desafio Multa Zero para incentivar o não cometimento de infrações e assim evitar acidentes