×
ContextoExato
Responsive image

Chamado de "lixo", Leonardo Boff ganha processo contra youtuber bolsonarista

Chamado de Foto: Joka Madruga / APT

Tribunal de Justiça do RJ manteve a sentença contra Bernardo Küster, que terá de dar direito de resposta a Boff

Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 06/05/2020 - 16:13:17

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve a sentença anunciada, em dezembro de 2019, de que o youtuber bolsonarista, Bernardo Küster, deve pagar uma indenização de R$ 20 mil e dar direito de resposta ao teólogo, escritor e humanista, Leonardo Boff.

O youtuber, que se intitula jornalista, havia recorrido ao perder um processo por insinuar, em vídeo, que Boff teria desviado recursos públicos no valor de R$ 13 milhões. Na publicação também há ofensas de "pilantra", "vigarista trombadinha", "abusador e explorador de incapazes", "lixo", "vagabundo nojento", e clamor pela prisão do autor, que "deveria estar fazendo companhia a Lula na cadeia", "deveria estar preso ao lado do seu deus de nove dedos".

:: MPF pede apuração de caso de jornalistas agredidos por bolsonaristas em Brasília ::

Na sentença, o juiz Marcelo da Costa ressalta que o próprio réu, ao ser questionado em juízo, afirmou “eu não tenho prova nenhuma", o que fere a proteção prevista no Código Civil, em seu artigo 17: "O nome da pessoa não pode ser empregado por outrem em publicações ou representações que a exponham ao desprezo público, ainda quando não haja intenção difamatória".

O magistrado também destacou em sua decisão “a incitação ao ódio, caracterizada pelos comentários deixados pelos internautas”, e que Küster excedeu o direito à liberdade de expressão, ao debate e aos questionamentos próprios do Estado Democrático de Direito.

O advogado do Leonardo Boff, João Tancredo, aponta que, antes do processo, o direito de resposta foi pedido extrajudicialmente, mas foi ignorado pelo youtuber bolsonarista.

:: Bolsonaro e seus robôs: como funciona a propagação de fake news sobre o coronavírus::

Küster, que chegou a publicar outros vídeos desdenhando do processo, ainda não cumpriu as determinações da sentença, seja a respeito ao direito de resposta, inclusão do processo na legenda do vídeo, ou a multa.

Edição: Rodrigo Chagas

Comentários para "Chamado de "lixo", Leonardo Boff ganha processo contra youtuber bolsonarista":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório