×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de agosto de 2022

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Foto: Divulgação MST - A terceira turma especial de Medicina Veterinária se chama Kênia Ferreira, em homenagem a uma educanda da segunda turma especial que faleceu

Essa é a terceira turma especial ofertada pelo Programa Pronera, resultado da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Maiara Rauber - Brasil De Fato | Porto Alegre - 30/06/2022 - 19:19:59

Filhos de acampados e assentados ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) se formam nesta sexta-feira (1) como médicos veterinários. São 50 sem-terra que vão conquistar o diploma de conclusão de curso da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), via Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), no Rio Grande do Sul.

A terceira turma especial de Medicina Veterinária se chama Kênia Ferreira, em homenagem a uma educanda do Mato Grosso, da segunda turma especial, que faleceu. A colação começa às 19h no Auditório da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM), Campus Capão do Leão. Já a festa de comemoração começará às 21h30 no Centro de Tradições Gaúchas Tomaz Luis Osório, em Pelotas.

Os formandos são oriundos de 14 estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Tocantins, Bahia e Maranhão.

Cátia Gonçalves, da coordenação pedagógica do curso, fala da relevância de ter sem-terra com curso superior. “A importância de formar 50 educandos é garantir o acompanhamento ao projeto de desenvolvimento da Reforma Agrária Popular, e contribuir com as áreas de assentamentos, bem como na organização social da classe trabalhadora", aponta a educadora.

“Já formamos 44 educandos na primeira turma, a Turma Adão Pretto, e 46 na segunda turma, a Turma Hugo Chaves. E agora vamos formar a terceira turma e estamos com a quarta turma no sexto semestre”, explica.

Ela ainda destaca que já foi aprovada pela UFPel a quinta turma de Medicina Veterinária via Pronera. “O intuito é lançar o edital para a nova turma no segundo semestre deste ano, logo a seguir à formatura da terceira turma", finaliza.

Fonte: BdF Rio Grande do Sul

Edição: Marcelo Ferreira

Comentários para "Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório