×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Com pandemia em alta no Brasil, comerciantes lamentam números ruins e futuro incerto

Com pandemia em alta no Brasil, comerciantes lamentam números ruins e futuro incertoFoto: Folhapress / Daniel Resende / Enquadrar

O isolamento social, a suspensão de atividades durante um longo período, a crise, o desemprego e outros problemas aprofundados pela pandemia da COVID-19 tiveram um impacto importante sobre diversos setores da economia brasileira em 2020, incluindo o comércio.

Renan Lúcio - Sputnik Brasil - 05/01/2021 - 16:40:13

A expectativa de muitos comerciantes, sobretudo nos grandes centros movimentados do país, era a de que o esperado aumento nas vendas em razão das festas de final de ano pudesse aliviar os prejuízos acumulados ao longo dos últimos 12 meses. Mas, segundo alguns representantes do setor ouvidos pela Sputnik Brasil, esse crescimento acabou ficando abaixo da expectativa.

​No Natal, as compras presenciais registraram queda de 2,7% em relação a 2019. Mas, de acordo com dados da Associação dos Pequenos e Médios Lojistas citados pela TV Cultura, as quedas nas vendas de produtos como vestuários, calçados, acessórios e serviços em dezembro podem chegar a 35%.

Na segunda maior cidade do país, o impacto foi sentido com força entre os comerciantes da região central, onde as vendas do comércio caíram mais de 30% em 2020. Segundo um levantamento do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio) apontado pelo Monitor Mercantil, nos nove meses do ano em que as lojas ficaram abertas, houve queda de 6,9% nos bens não duráveis e 9,2% na aquisição de bens duráveis. Contando os três meses em que as lojas foram fechadas por conta do surto do novo coronavírus, as quedas sobem para 31,9% e 30,2%, respectivamente.

​"Realmente, a epidemia trouxe dificuldade para todo mundo, inclusive para a gente. E, com o comércio abrindo às 11h, está sendo cada vez pior. O movimento caiu na faixa de 30% a 40% nesse período da epidemia", lamenta Luiz Fernando, comerciante de uma tradicional loja de facas do Centro do Rio, em declarações à Sputnik.

Segundo o varejista, a pequena melhora verificada no final do ano não foi significativa o suficiente para compensar as perdas sofridas nos meses anteriores. E, com a pandemia ainda em curso, assim como algumas restrições de horário, a situação está ficando "cada vez pior".


Antônio Silva, funcionário de um bar histórico da região, também calcula perdas semelhantes em seu estabelecimento. Embora reconheça que o cenário poderia ter sido pior se o comércio tivesse que ficar fechado por mais tempo, ele avalia que os ganhos atuais ameaçam a sobrevivência de muitos negócios no Centro.

"O Centro do Rio, infelizmente, está muito degradado", quase parecendo "uma cidade deserta", reclama, criticando também o poder público pela gestão da cidade em tempos de pandemia. Silva explica que, como grande parte dos seus consumidores é formada por trabalhadores que seguem atuando em regime de home office, a demanda está muito pequena. "Estamos torcendo para ter uma revitalização na área e que neste ano possamos melhorar".

Se os números foram cruéis com alguns segmentos, outros tiveram ainda menos motivos para comemorar neste final de ano, como afirmou, também em entrevista à Sputnik, Fagner Pozzato, vendedor há 15 anos em uma grande loja de instrumentos.

"Este mês de dezembro foi bem abaixo do esperado. Não tivemos grandes vendas, foi muito abaixo de todos os outros anos. Pelo que acompanho de mercados de instrumentos musicais, que não são, vamos dizer assim, uma prioridade, não houve crescimento [no final do ano]. Manteve uma linha bem abaixo."

Vendedor de uma livraria de porta de rua, o senhor José de Souza também se queixa do baixo volume de vendas. A esperança de melhoras, explica, seria o retorno às aulas, mas ele diz entender que é complicado contar com isso, uma vez que ainda não há uma previsão para a normalização do ensino.

Comentários para "Com pandemia em alta no Brasil, comerciantes lamentam números ruins e futuro incerto":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Inteligência Artificial ajuda empresas a lidarem com o sistema tributário

Inteligência Artificial ajuda empresas a lidarem com o sistema tributário

Fisco conta com um aparato tecnológico avançado para verificar as informações enviadas por empresas e contadores, permitindo que os auditores saibam mais a respeito das empresa

Embargo chinês derruba cotação no campo, mas carne continua cara no prato

Embargo chinês derruba cotação no campo, mas carne continua cara no prato

No varejo da cidade de São Paulo, as carnes bovinas ficaram 0 62% mais caras nas últimas quatro semanas até 18 de outubro, conforme aponta o Índice de Preços ao Consumidor da Fipe.

Chanceleres da China e do Brasil realizam videoconferência

Chanceleres da China e do Brasil realizam videoconferência

Os dois países devem assumir a liderança para praticar o multilateralismo, construir uma economia aberta e ser parceiros na promoção do desenvolvimento sustentável, assinalou Wang.

15º Fórum da OMT/PATA sobre Tendências e Perspectivas do Turismo tem início em Guilin, no sul da China

15º Fórum da OMT/PATA sobre Tendências e Perspectivas do Turismo tem início em Guilin, no sul da China

O fórum é uma ponte importante para Guangxi realizar a cooperação turística e aprimorar os intercâmbios humanísticos com países estrangeiros

Transportadores de combustíveis iniciam greve apoiada por FUP e sindicatos

Transportadores de combustíveis iniciam greve apoiada por FUP e sindicatos

Outra greve, de cargas em geral, está prevista para começar no dia 1º de novembro

O que é preciso para o Brasil virar potência no agronegócio e elevar sua rentabilidade?

O que é preciso para o Brasil virar potência no agronegócio e elevar sua rentabilidade?

A Sputnik Brasil conversou com a economista especializada em agronegócio e professora da Fundação Armando Álvares Penteado e da FATEC São Paulo dra. Anapaula Iacovino Davila para compreender o perigo de depender das exportações de commodities, bem como o que isso significa para o país

Crise dos fertilizantes pode afetar abastecimento interno do Brasil

Crise dos fertilizantes pode afetar abastecimento interno do Brasil

Em encontro com apoiadores no Guarujá, presidente Bolsonaro citou o pó de rocha como opção para agricultura

Consumidor brasileiro gosta de 'regalias' por isso low cost não 'vingam', diz especialista

Consumidor brasileiro gosta de 'regalias' por isso low cost não 'vingam', diz especialista

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre os novos acordos da Embraer e as expectativas de retomada no setor aéreo após o impacto da pandemia do novo coronavírus.

Fenafisco: Alteração no ICMS é desleal e não resolve alta dos combustíveis

Fenafisco: Alteração no ICMS é desleal e não resolve alta dos combustíveis

"É medida paliativa e falsa solução para o elevado preço dos combustíveis, resultado da política de preços da Petrobras", diz a nota.

Conselheira do Cade pede reanálise de operação entre BRF e Marfrig

Conselheira do Cade pede reanálise de operação entre BRF e Marfrig

Pelas regras do Cade, a Superintendência-Geral - área responsável por investigações e instruções de processos - pode aprovar operações que entenda não oferecer riscos à concorrência.

Previsão de crescimento pra América Latina em 2021 salta, mas Brasil vê projeção despencar, diz FMI

Previsão de crescimento pra América Latina em 2021 salta, mas Brasil vê projeção despencar, diz FMI

Relatório "Perspectiva Econômica Mundial" foi divulgado nesta terça- feira (12) pelo Fundo Monetário Internacional e traça prognóstico pras diferentes economias