×
ContextoExato

Comissão Interamericana de Direitos Humanos cobra medidas contra o feminicídio no Brasil

Comissão Interamericana de Direitos Humanos cobra medidas contra o feminicídio no BrasilFoto: Destak

Levantamento aponta que pelo menos 126 mulheres foram mortas em apenas

Destak - 04/02/2019 - 18:32:11

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) publicou nota nesta segunda-feira (4) pedindo providências ao governo brasileiro contra o alto índice de feminicídio no Brasil. De acordo com a comissão, pelo menos 126 mulheres foram assassinadas apenas neste ano de 2019; houve ainda outras 67 tentativas de homicídio.

"A Comissão observa com preocupação que, na maioria dos casos, as mulheres assassinadas já haviam apresentado denúncias prévias contra seus agressores, enfrentado sérios atos de violência doméstica ou mesmo sido vítimas de ataques ou tentativas de homicídio", diz trecho da nota.


A CIDH destaca ainda que os agressores são, em maioria, parceiro afetivo ou familiar da vítima, além da incidência do uso de arma de fogo. Para a comissão, devem ser implementadas medidas integradas de prevenção.

RELACIONADO

Médica cubana é morta por marido brasileiro em Mauá

Suspeito de feminicídio é morto na zona norte do Rio

Martha Rocha: ‘O mundo é cruel e violento com as mulheres'

Casal morre após incêndio em apartamento na Asa Norte

Mulher baleada por marido na 316 Norte será enterrada nesta tarde

"A CIDH enfatiza que os assassinatos de mulheres não se tratam de um problema isolado e são sintomas de um padrão de violência de gênero contra elas em todo o país, resultado de valores machistas profundamente arraigados na sociedade brasileira", consta na nota.


Levantamento da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), da Organização das Nações Unidas, apontou que 40% de todos os assassinatos de mulheres registrados no Caribe e na América Latina ocorrem no Brasil. O dado, também foi ressaltado pela CIDH.

Comentários para "Comissão Interamericana de Direitos Humanos cobra medidas contra o feminicídio no Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
...