×
ContextoExato

Como saber se o cachorro está com febre

Como saber se o cachorro está com febreFoto: Divulgação

É preciso descobrir a causa da febre em seu amigo de quatro patas

Redação Com Agencia - 13/04/2019 - 11:02:44

Até que gostariamos que não fosse assim, mas , assim como nós, os cães também estão sujeitos a uma série de infecções. E, com elas, surge outra velha conhecida: a febre! Capaz de deixar o bichinho abatido, ela é sinal de que algo não vai bem no organismo. Mas, afinal, como saber se o cachorro está com febre?

Aprender a suspeitar de que a temperatura do cachorro está fora do normal é importante para tomar as providências necessárias.

Por isso, levá-lo ao veterinário o quanto antes é o primeiro passo, já que não basta apenas controlar a temperatura.

É preciso descobrir a causa da febre em seu amigo de quatro patas. Saiba mais!

Temperatura do cachorro: quando ele está com febre?

Faça o teste da próxima vez que levar seu companheiro ao veterinário: pergunte qual a temperatura do cão naquele momento. Pode ser que ele responda com um valor acima de 38°C. Mas fique calmo! Isso não é motivo de preocupação.

“Diferentemente de nós, humanos, que temos uma temperatura basal variando entre 36°C e 37°C, a temperatura normal de um cão saudável varia entre 37,5°C e 39,3°C”, explica o médico-veterinário da Petz, Dr. Caio Pereira.

Por isso, só um cachorro com temperatura acima desse intervalo pode ser considerado com febre. A partir dos 40°C, ele pode até apresentar convulsões.

Sinais de febre em cachorro

Em situações normais, não há motivo para desconfiar de febre e querer medir a temperatura dos cães.

Por outro lado, fique atento se o seu pet apresentar os seguintes sintomas:

  • Apatia;
  • Falta de apetite;
  • Tremores;
  • Sonolência;
  • Vômitos;
  • Diarreia,
  • Ingestão excessiva de água.

Alguns tutores costumam se perguntar como saber se o cachorro está com febre pelo focinho, saiba que apenas isso não é o suficiente para gerar suspeitas. De acordo com o Dr. Caio Pereira. “Focinho seco ou orelhas quentes nem sempre são sinal de febre”.

O ideal é verificar se eles estão acompanhados de outros sintomas. Nesse caso, leve seu amigo ao médico-veterinário o quanto antes!

Por que os cachorros têm febre?

Mesmo que a febre possa causar mal-estar e gerar outros quadros, como tremores, ela em si não é uma doença, mas um sintoma. “É a reação do organismo contra alguma situação anormal”, diz o Dr. Caio. Segundo o especialista, a febre muitas vezes serve para ajudar o corpo a se livrar do agente agressor.

Entre as causas mais comuns para essa enfermidade estão as infecções, desde as mais leves até as mais graves, causadas por bactérias, fungos ou vírus. Mas são muitas as doenças que podem estar por trás da febre.

“A vacinação também pode produzir uma febre transitória, com duração de 24 a 48 horas”, alerta o veterinário. Portanto, não estranhe se, depois do procedimento, o pet parecer mais amuado. Porém, não deixe de levá-lo ao veterinário caso o mal-estar persista.

O que fazer em caso de suspeita de febre?

Muitos tutores se precipitam a aferir a temperatura, acreditando ser a melhor forma de como saber se o cachorro está doente. No entanto, de acordo com o Dr. Caio, fazer isso não é recomendado. “O uso do termômetro tradicional causa incômodo, desconforto e requer prática, para não machucar o cão”, observa.

Até mesmo o termômetro de uso veterinário, com haste flexível, exige alguns cuidados. “Deve-se realizar a limpeza do termômetro e introduzi-lo no ânus do animal de forma delicada, colocando apenas a ponta do aparelho, de forma que ela fique encostada em uma das paredes do ânus”, orienta o Dr. Caio.

Vale lembrar que de nada adianta identificar a temperatura elevada sem saber a causa da febre.

Por isso, se você percebe a possibilidade do cachorro com febre e vomitando, procure imediatamente um veterinário.

“Ele chegará a um diagnóstico por meio de exames clínicos e laboratoriais, encontrando o real motivo para o aumento da temperatura corpórea”, explica o Dr. Caio. “Só a partir disso é possível chegar ao tratamento adequado”.

Como baixar a febre do cachorro: posso medicar o animal?

A resposta é não! Nunca medique seu bichinho com medicamentos, inclusive com antitérmicos em caso de febre! Além de mascarar os sintomas, dificultando o diagnóstico, fazer isso também é muito perigoso.

“Alguns medicamentos usados em humanos, como aspirina e paracetamol, podem intoxicar cães e gatos”, diz o veterinário.

Em vez disso, mantenha o seu companheiro hidratado e siga direitinho as orientações dadas durante a consulta. Com isso, você vai ver como seu peludo tem muito mais chance de ficar novinho em folha para brincar e se divertir com você e sua família.

Não há nada melhor do que ver nosso amigão sempre feliz e saudável, não é mesmo?

Comentários para "Como saber se o cachorro está com febre":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório