×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Confirmado Moro e Lula cara a cara outra vez

Confirmado Moro e Lula cara a cara outra vezFoto:

Juiz da Lava Jato marcou novo interrogatório do ex-presidente, no modelo presencial, para 13 de setembro na ação penal em que petista é réu por suposto recebimento de propinas da empreiteira Odebrecht

Por Estadão Foto: Reprodução/Divulgação - 28/07/2017 - 19:28:50

O juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, confirmou para o próximo 13 de setembro novo interrogatório do ex-presidente Lula, desta vez na ação penal em que o petista é réu por suposto recebimento de propinas da empreiteira Odebrecht. Pela segunda vez, Moro e Lula vão ficar cara a cara.

Moro havia sugerido que o novo depoimento de Lula fosse realizado por videoconferência – o ex-presidente prestaria depoimento na Justiça Federal em São Paulo, evitando seu deslocamento a Curitiba, onde fica a 13.ª Vara Federal, de titularidade de Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância judicial.

O juiz alegou que a medida poderia evitar ‘gastos indesejáveis’, referindo-se ao formidável aparato de segurança pública mobilizado da primeira vez em que ele e o petista se encontraram – em maio passado, Lula foi interrogado por Moro pela primeira vez nos autos da ação penal do caso triplex.

Na ocasião, milhares de manifestantes tomaram as ruas de Curitiba, em apoio a Lula.

Apesar da sugestão do juiz, Lula abriu mão da videoconferência. Por meio de seus advogados, o ex-presidente comunicou que é seu desejo depor pessoalmente a Moro.

“Diante da recusa, o interrogatório será presencial”, decidiu nesta sexta-feira, 28, o juiz da Lava Jato.

Moro também resolveu que a audiência será gravada da mesma forma como já foi feito em ação penal conexa.

Neste processo, segundo a denúncia do Ministério Público Federal, Lula é acusado de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro em razão de contratos firmados entre a Petrobrás e a Odebrecht.

A acusação aponta que parte das propinas pagas pela Odebrecht foi lavada mediante a aquisição, em benefício do ex-presidente, do imóvel localizado na Rua Dr. Haberbeck Brandão, 178, em São Paulo, em setembro de 2010, que seria usado para a instalação do Instituto Lula.

A força-tarefa da Lava Jato afirma que o acerto do pagamento da propina supostamente destinada ao ex-presidente foi intermediado pelo então deputado federal Antonio Palocci (ex-ministro de Lula e Dilma), com o auxílio de seu assessor parlamentar Branislav Kontic, que ‘mantinham contato direto com Marcelo Odebrecht, auxiliado por Paulo Melo, a respeito da instalação do espaço institucional pretendido pelo petista’.

De acordo com os procuradores do Ministério Público Federal, valores destinados a Glaucos da Costamarques – primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula -, por sua atuação na compra do terreno para o Instituto Lula, foram repassados para o ex-presidente na forma da aquisição da cobertura contígua à sua residência em São Bernardo de Campo.

A denúncia aponta que R$ 504 mil foram usados para comprar o apartamento vizinho à cobertura de Lula, em São Bernardo.

A nova cobertura, utilizada pelo ex-presidente, foi adquirida no nome de Costamarques, ‘que atuou como testa de ferro de Luiz Inácio Lula da Silva’.

As investigações indicam ‘que nunca houve o pagamento do aluguel até pelo menos novembro de 2015’.

Os advogados de Lula negam taxativamente que ele tenha recebido propinas da Odebrecht.

Comentários para "Confirmado Moro e Lula cara a cara outra vez":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Estádio em construção para a Copa do Mundo de 2018 pega fogo em Volgograd

Estádio em construção para a Copa do Mundo de 2018 pega fogo em Volgograd

Segundo Ministério das Emergências da Rússia, não houve feridos, e o incêndio já foi contido

Ex-presidente do BB e da Petrobras é preso na Lava Jato

Ex-presidente do BB e da Petrobras é preso na Lava Jato

Alvo da 42ª fase da Operação Lava Jato, Aldemir Bendine é acusado de ter recebido R$ 3 milhões em propina da Odebrecht

Alemanha investirá 10 milhões de euros em projetos no Brasil

Alemanha investirá 10 milhões de euros em projetos no Brasil

Acordo foi assinado nesta terça-feira (27); iniciativas devem abordar mudança do clima e Unidades de Conservação

Câmara Legislativa aprova LDO para 2018

Câmara Legislativa aprova LDO para 2018

Governo estima receita de R$ 40,2 bilhões. Despesas com pessoal e encargos sociais estão orçados em R$ 15 bilhões; segundo e primeiro turno foram votados nesta quarta

Cientistas usam Wi-Fi para fotografar através de paredes

Cientistas usam Wi-Fi para fotografar através de paredes

Philipp Holl é o homem por detrás deste projeto que usa as ondas produzidas pelo WiFi para identificar espaços livres e preenchidos

Útero artificial pode ser usado para salvar prematuros, sugere estudo

Útero artificial pode ser usado para salvar prematuros, sugere estudo

Atualmente, crianças nascidas após 22 ou 23 semanas de gestação, em vez das habituais 40, têm uma chance de sobrevivência de 50%

Gilmar Mendes ataca Marco Aurélio: Passaram de velhos a velhacos

Gilmar Mendes ataca Marco Aurélio: Passaram de velhos a velhacos

Declaração foi dada após leitura de ofício de Marco Aurélio à presidente do Supremo, Carmén Lúcia

A decisão do STF que pode afastar Lula

A decisão do STF que pode afastar Lula

A ADPF 402, aquele julgamento no Supremo em que se tentou tirar Renan Calheiros do comando do Senado no ano passado, também poderá impedir Lula de concorrer

Paloma Amado: Um desafortunado encontro com Requião (e esposa) no aeroporto de Paris

Paloma Amado: Um desafortunado encontro com Requião (e esposa) no aeroporto de Paris

Texto de Paloma Amado, publicado pela autora teatral e cronista Aninha Franco em seu rico e amplo espaço de informação e opinião no Facebook