×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de novembro de 2021

Conscientização sobre racismo é o melhor aliado no combate ao crime

Conscientização sobre racismo é o melhor aliado no combate ao crimeFoto: Assessoria Especial de Imprensa do MPDFT

Conheça projeto que viabiliza reflexão e consciência por parte dos autores de crimes raciais

Assessoria Especial De Imprensa Do Mpdft - 19/11/2019 - 17:04:36

Em julho de 2018, uma mulher foi chamada de “negra imunda, capa preta, diabo preto”, dentro de sua própria casa, em Taguatinga. O Núcleo de Enfrentamento à Discriminação (NED) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) ofereceu denúncia contra o autor da ofensa e propôs a suspensão condicional do processo. Isso não significa, no entanto, que o crime de injúria racial ficou impune.

A proposta de suspensão condicional do processo requer pagamento de indenização por reparação de danos morais em favor da vítima; comparecimento pessoal e obrigatório em juízo, periodicamente, para informar e justificar suas atividades; proibição de ausentar-se da comarca onde reside, sem autorização; e participação em curso e/ou palestra sobre igualdade racial. É necessário que o autor não tenha sido condenado por outro crime e que não haja outra ação penal.


Para a coordenadora do NED, promotora de Justiça Mariana Nunes, a vantagem da suspensão condicional é possibilitar acompanhamento próximo do agressor e a mitigação mais efetiva dos danos causados à sociedade. “São crimes que provém de construção social e histórica, por isso a resposta judicial deve ser multidisciplinar e envolver não só a penalização, mas também instrumentos efetivos de reflexão e de mudança de atitude em relação ao outro”, explica.

Conscientização sobre racismo

O Núcleo de Enfrentamento à Discriminação do MPDFT organiza o curso Conscientização sobre Racismo e Preconceito Racial e orienta os Promotores Justiça a indicarem a participação nele como condição para a suspensão do processo nos casos de injúria racial. Desde o início do curso, em 2014, 144 pessoas já passaram pela iniciativa. A ideia é minimizar o fluxo processual de forma efetiva e consciente, com redução a médio prazo da reincidência criminal e, a longo prazo, da quantidade de processos de racismo e injúria racial, por meio da conscientização social.

A iniciativa faz parte do Projeto Oxalá, que consiste em um conjunto de ações articuladas pelo NED, em parceria com outras instituições, com a finalidade de enfrentar o racismo e a discriminação racial no Distrito Federal.

A atividade aborda aspectos históricos, sociais e políticos que marcam a escravidão como processo estruturante da sociedade brasileira. Também são tratados temas do período pós-abolição, o que envolve a questão acerca das políticas de branqueamento, da perseguição à cultura e às expressões religiosas da população negra. Por fim, são debatidas questões sobre preconceito e injúria, principalmente o que diz respeito aos discursos que buscam legitimar essas práticas.

Para o professor André Lúcio Bento, o curso serve como espaço democrático para o debate em torno de questões históricas, legais e sociais. “Em quase todas as minhas experiências na condição de professor do curso, avaliei que os participantes passam a compreender o preconceito como uma construção social e ideológica, e não como algo natural”, afirma.

Conheça o conteúdo programático da atividade:

1. Conceitos básicos: racismo, discriminação, preconceito, minoria, estereótipo, etnia, raça, hegemonia, poder, poder simbólico, inclusão e exclusão.

2. Contexto histórico: chegada do negro ao Brasil; interação negro escravo e branco; libertação.

3. Contexto legal: racismo contravenção (Lei 1390, de 3 de julho de 1951 – inclui entre as contravenções penais e prática de atos resultantes de preconceitos de raça ou de cor).

4. Contexto ideológico e discursivo: análise de práticas sociais e discursivas preconceituosas e racistas, que, reiteradas, sugerem que devem ser aceitas porque são normais e, por fim, análises de casos.

No primeiro semestre de 2018, o MPDFT ofereceu 45 denúncias à Justiça relacionadas aos crimes de injúria e racismo. No mesmo período deste ano, o número saltou para 75 casos protocolados, o que representa um aumento de 66%. Os números mostram a importância do mês da Consciência Negra. “O período é um tributo à memória do processo histórico que nos faz ser o que somos como brasileiros e brasileiras. É a reflexão sobre um passado perverso, um presente ainda injusto e futuro de igualdade das relações étnico-raciais no Brasil”, comenta André Lúcio.

Comentários para "Conscientização sobre racismo é o melhor aliado no combate ao crime":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Nota Legal dará crédito em dobro durante compras de Natal

Nota Legal dará crédito em dobro durante compras de Natal

Objetivo é aquecer as vendas entre 10 de dezembro de 2021 e 10 de janeiro de 2022: é mais uma medida de apoio ao setor produtivo

Campanha de multivacinação no Distrito Federal continua até terça-feira, dia 30

Campanha de multivacinação no Distrito Federal continua até terça-feira, dia 30

Secretaria de Saúde recomenda que pais ou responsáveis levem os filhos para se imunizarem

DF começa a aplicar dose de reforço em maiores de 40 anos contra Covid-19

DF começa a aplicar dose de reforço em maiores de 40 anos contra Covid-19

Para ser imunizado, é preciso ter completado ciclo vacinal há 5 meses

Ceasa inaugura espaço exclusivo para venda de morango no DF

Ceasa inaugura espaço exclusivo para venda de morango no DF

A Morangolândia vai facilitar o escoamento da produção no DF, praticamente inviabilizada pela falta de um espaço para o comércio da fruta

Aplicativo Detran Digital agora faz emissão da CNH-e, no Distrito Federal

Aplicativo Detran Digital agora faz emissão da CNH-e, no Distrito Federal

Uma parceria com a Senatran torna disponível novo serviço aos condutores, que podem acessá-lo de forma simples e intuitiva

Escolas públicas com contas em dia podem se inscrever para receber recursos

Escolas públicas com contas em dia podem se inscrever para receber recursos

Edital do projeto “Participe da cidade: o patrimônio público é nosso!” fica aberto até 10 de janeiro. Para participar, é preciso comprovar regularidade na prestação de contas e ter contas do Pdaf aprovadas

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus

Servidores públicos agiram ilegalmente para obter benefício econômico na contratação da Cruz Vermelha de Petrópolis

População negra é a principal atingida pelo desemprego no DF

População negra é a principal atingida pelo desemprego no DF

As mulheres e homens negros entre 18 e 24 anos correspondem ao maior grupo dentre os desempregados

Vacinação completa contra Covid-19 será obrigatória em eventos no DF

Vacinação completa contra Covid-19 será obrigatória em eventos no DF

Com cobertura vacinal de 74% da população apta à imunização e índice de transmissão de 0,76, novo decreto modifica regras de prevenção

Emoção na festa de 10 anos do Hospital da Criança

Emoção na festa de 10 anos do Hospital da Criança

Atendido pelo HCB desde o ano passado, Luiz Felipe Rodrigues, de 4 anos, cantou a música “O caderno”, de Toquinho, acompanhado do pai e da musicoterapeuta que o atende há seis meses

Pessoas a partir de 57 anos já podem tomar dose de reforço contra a covid no DF

Pessoas a partir de 57 anos já podem tomar dose de reforço contra a covid no DF

Dia D da vacinação ficou abaixo do esperado no último sábado, em diversos pontos do DF