×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 21 de maio de 2022

Convidado por Fernández, Morales chega à Argentina e ficará no país como refugiado

Convidado por Fernández, Morales chega à Argentina e ficará no país como refugiadoFoto: Divulgação/Presidência da Bolívia

Presidente eleito da Bolívia, até então exilado no México, estava em Cuba para tratamento médico

Opera Mundi - 13/12/2019 - 11:11:33

O ex-presidente boliviano Evo Morales chegou nesta quinta-feira (12) à Argentina após uma operação secreta para levá-lo ao país saindo de Cuba, onde estava para tratamento médico.

A informação da chegada de Morales, que estava asilado do México e foi convidado pelo presidente Alberto Fernández para se instalar na Argentina, foi confirmada pelo chanceler Felipe Solá, que afirmou que o ex-presidente ficará no país como “refugiado”.


"Aterrissou agora em Ezeiza [aeroporto internacional de Buenos Aires], entendo que seu ex-vice-presidente [Álvaro García Linera] também. Creio que estão acompanhados por uma ex-ministra e outro funcionário. Vêm para ficar na Argentina, porque entra em condição de asilado e, depois, passará a ter a de refugiado", afirmou Solá à emissora TN .

“Dei-lhes asilo para que entrem no país, mas, agora, estão assinando o pedido de refúgio, que é uma condição diferente. Quem a aprova é o Ministério do Interior. A diferença entre asilo e refúgio é que este último está regulamentado. O asilo, ao contrário, não tem normas, não está regulamentado”, disse.

"Evo está muito agradecido. Nos disse que se sente melhor aqui do que no México e não nos pediu nenhuma custódia especial", afirmou o chanceler. Dois filhos do ex-presidente já estavam na Argentina. Solá também disse que, entre os regulamentos previstos no pedido de refúgio, está o de não fazer “declarações políticas”.

Por volta do meio-dia (horário de Brasília), Morales se pronunciou pelo Twitter. Ele confirmou sua chegada à Argentina e agradeceu ao México e ao presidente Andrés Manuel López Obrador por tê-lo asilado por um mês.

“Há um mês, cheguei ao México, país irmão que nos salvou a vida. Estava triste e destroçado. Agora cheguei à Argentina, para seguir lutando pelos mais humildes e para unir a Pátria Grande. Estou forte e animado. Agradeço ao México e à Argentina por todo seu apoio e solidariedade", escreveu.

"Meu eterno agradecimento ao presidente [Andrés Manuel] López Obrador, ao povo e ao governo do México por salvarem minha vida e por me abrigarem. Senti-me em casa junto às irmãs e irmãos mexicanos durante um mês”, finalizou.

De acordo com Solá, o governo de Fernández considera que, no momento, a Bolívia tem um "governo de facto", liderado pela autoproclamada presidente Jeanine Áñez. Segundo ele, Buenos Aires tem a expectativa de que sejam realizadas eleições "o quanto antes" no país.

Fernández havia convidado Morales para ficar na Argentina, ainda na condição de presidente eleito. Ele assumiu o cargo na última terça-feira (10).

Edição: Opera Mundi

Comentários para "Convidado por Fernández, Morales chega à Argentina e ficará no país como refugiado":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Dia Mundial da Abelha lembra ação dos polinizadores para alimentação e saúde

Dia Mundial da Abelha lembra ação dos polinizadores para alimentação e saúde

Abelhas e outros insetos polinizadores apoiam a produção de alimentos para 2 bilhões de pequenos agricultores

Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil 'garante' eleições justas, apesar de Bolsonaro

Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil 'garante' eleições justas, apesar de Bolsonaro

O Senado dos EUA sabatinou, nesta quarta-feira (18), a diplomata Elizabeth Bagley. Ela foi questionada sobre as eleições no Brasil e a política ambiental do governo de Jair Bolsonaro.

Embaixadora americana indicada ao Brasil buscará colaborar para 'reduzir drasticamente desmatamento'

Embaixadora americana indicada ao Brasil buscará colaborar para 'reduzir drasticamente desmatamento'

Bagley falou em sua audiência para confirmação, no Comitê de Relações Exteriores do Senado americano.

Uso de máscara em aeroportos e voos não é mais obrigatório na Europa

Uso de máscara em aeroportos e voos não é mais obrigatório na Europa

Tal decisão foi confirmada e divulgada mundialmente por meio de um comunicado realizado pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia

Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Segundo o delegado, os traficantes pagam por volta de R$ 20 mil por quilo para comprar a droga e passam a comercializá-la no Brasil

"Democracia latino-americana está envenenada", afirma ex-presidente uruguaio Pepe Mujica

Em evento no Uruguai, o político aposentado cobrou uma união da população para barrar governos autoritários

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

A ONU marca em 15 de maio o Dia Internacional das Famílias com foco na urbanização e como melhorar a vida das pessoas nas cidades

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Apesar das medidas restritivas para evitar a circulação de pessoas entre cidades, as descrições da mídia estatal norte-coreana indicam que a população não está confinada.

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Nos demais consulados no país a demora é menor

"Sem Caribe, não há América": campanha busca visibilizar a necessidade da integração regional

Economista haitiano propõe uma "pedagogia das revoluções" como estratégia contra o domínio imperialista em toda a região

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Conhecer alguns termos e palavras principais na língua japonesa também é uma forma de saber mais sobre o país, além de ajudar a se sentir mais próximo da cultura