×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Copa do Mundo: MT admite subsidiar jogos para Arena Pantanal não virar "elefante branco"

Copa do Mundo: MT admite subsidiar jogos para Arena Pantanal não virar Foto:

Estádio que ainda está em obras na capital mato-grossense vai receber quatro jogos da Copa do Mundo.

EDSON RODRIGUES/Secopa-MT / Portal UOL - 01/05/2014 - 19:42:36

O Governo do Estado de Mato Grosso está disposto a subsidiar o custo de se disputar partidas de futebol na Arena Pantanal a partir do ano que vem. O objetivo é fazer com que os clubes de Mato Grosso, que possuem média de público inferiores a 2.000 torcedores por jogo, possam fazer uso do estádio, impedindo, assim, que a arena se torne um "elefante branco" após a Copa do Mundo do Brasil, que irá de 12 de junho a 13 de julho.

Construída para receber quatro jogos da primeira fase do Mundial de futebol, a Arena Pantanal custou R$ 605 milhões ao seu proprietário, o Estado de Mato Grosso. O estádio foi erguido sem que fosse feito um estudo de viabilidade econômica que mostrasse como seria possível operar o equipamento após a Copa sem ter prejuízo...

Agora, o Estado de Mato Grosso afirma que a saída será privatizar a operação da arena. Ocorre, porém, que entidades privadas não se interessam por equipamentos que correm o risco de dar prejuízo. Por isso, no início da semana, Maurício Guimarães, secretário da Secopa-MT (Secretaria Extraordinária para a Copa do Mundo em Mato Grosso), afirmou aos órgãos da imprensa local: "Independentemente de ser operado pelo Estado, antes da concessão, ou por empresa privada, depois da concessão, esse patrimônio será o indutor da melhoria do futebol. Isso é regra pétrea em concessão. Tem que ter condições necessárias para isso, nem que o poder público tenha que subsidiar, para dar condições para os times jogarem aqui".

A julgar pelos números do futebol mato-grossense e por recentes declarações de dirigentes do futebol local, certamente o poder público terá que colocar mais dinheiro na arena do que já colocou até agora.

De acordo com o que disse Eder Moraes, presidente do Mixto, time de maior torcida de Cuiabá, não se pode esperar que os times de Mato Grosso contribuam de maneira relevante para viabilizar economicamente a operação da Arena Pantanal: "Os clubes de futebol de Mato Grosso não têm como garantir a viabilidade econômica do equipamento, por isso mesmo foi feita uma arena multiuso. É preciso encontrar um investidor da iniciativa privada que esteja disposto a colocar Cuiabá no circuito dos grandes eventos internacionais, como lutas de UFC e shows musicais".

De acordo com o secretário Maurício Guimarães, há "uma série" de empresas interessadas em gerir a Arena Pantanal. O titular da Secopa-MT, porém, não citou o nome de nenhuma.

Comentários para "Copa do Mundo: MT admite subsidiar jogos para Arena Pantanal não virar "elefante branco"":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Tratam-se de golpistas que utilizam a imagem do Fisco para dar credibilidade aos golpes, pois os alertas oficiais da Receita não contém links

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Os dados fazem parte da pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 24 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

A nota técnica que baseia a decisão cita manual do Sistema Único de Saúde

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Estado é líder com mais de 16% da participação nacional

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

MP dos Cartórios também pretende atuar no processo de modernização com o objetivo de unificar os registros cartorais de todo o país

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

A entidade está realizando nesta semana, no Catar, seu encontro anual.

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

O IPCC também aponta que, nos próximos oito anos, 132 milhões de pessoas (especialmente de países mais vulneráveis, incluindo regiões da América do Sul) podem cair na extrema pobreza.

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Buscas por viagens aumentam no primeiro semestre

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

As primeiras visitas aos cidadãos aconteceram em março, no estágio denominado arrolamento, em que agentes comunitários de saúde visitam setores sorteados em busca do público-alvo da sondagem.

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Pesquisa TIC Domicílios foi divulgada hoje por centro de estudos

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Consumidores não pagarão mais porque bandeira está verde