×
ContextoExato

Coronavírus revelou quais tecnologias são mesmo essenciais

Coronavírus revelou quais tecnologias são mesmo essenciaisFoto: Estadão

Uma boa conexão. Apps de comunicação e entretenimento. PCs e smartphones resistentes. É só isso que precisamos.

Estadão Conteúdo - 26/04/2020 - 14:24:27

Já se passaram semanas desde que o coronavírus paralisou nossas vidas, com o fechamento de escolas, escritórios e academias. Fechados em casa , temos tempo para pensar em coisas importantes. A tecnologia de consumo – ou grande parte dela, pelo menos – está no fim da lista. Muitas das inovações de alta tecnologia dos últimos anos, como smartphones dobráveis , caixas de som conectadas e inteligentes ou redes ultrarrápidas , parecem supérfluas no momento em que vivemos.

Numa crise, a tecnologia mais importante se resume a alguns itens e serviços básicos. Recursos de computação para trabalhar e navegar. Ferramentas de comunicação para conversar com familiares, colegas e amigos. Entretenimento para não ficarmos malucos. E claro, uma conexão de internet que nos permita fazer todas as coisas acima. É praticamente tudo o que precisamos, mesmo quando não há uma pandemia por aí. É uma bela revelação – e mais do que isso, pode servir como algo para orientar prioridades no consumo de tecnologia mesmo após esse período de incertezas.

Nem toda inovação é extremamente necessária. Foque no essencial. 

Nem toda inovação é extremamente necessária. Foque no essencial.

Internet e comunicação

É comum as pessoas dizerem que a sua internet está lenta. A culpa pode ir muito além da operadora. Pode estar no roteador, por exemplo – modelos antigos, fabricados há alguns anos, podem ter tecnologias sem fio desatualizadas e que não entregam a velocidade contratada pelo usuário da operadora.

Muita gente quer uma conexão de internet estável e rápida, mas é preciso investir para isso dar certo, indo além do plano da sua operadora. É importante investir em roteadores, cabos e outros equipamentos assim.

Nas últimas semanas, o Zoom, um serviço de chamadas de vídeo, cresceu em popularidade durante a pandemia por duas razões: ele é fácil de usar e estamos desesperados para ver e conversar com muita gente, agora que estamos presos em casa.

Mas a adoção do Zoom levou à descoberta da frágil segurança do produto , que pode ter permitido a invasores sequestrarem nossas dados e câmeras. E revelou que muitos de nós estamos despreparados e não contamos com ferramentas de comunicação preparadas. É um bom momento para discutir sobre quais aplicativos atendem às nossas necessidades e respeitam nossa privacidade – recursos como criptografia, verificação de duas etapas para login e contínuas atualizações de segurança são um bom sinal nessas horas.

Entretenimento e trabalho

São tantas as pessoas que estão acessando vídeos via streaming na pandemia que, na Europa, a Netflix e o YouTube foram levados temporariamente a transmitir vídeos em formatos de baixa qualidade para evitar derrubar a Internet. Mesmo dois anos após o seu lançamento, está difícil conseguir comprar um Nintendo Switch porque um de seus jogos, Animal Crossing: New Horizons, está sendo uma grande fuga da realidade para muita gente.

Todos nós, obviamente, nos preocupamos com entretenimento: gastamos centenas de dólares por ano em assinaturas digitais, incluindo serviços de streaming de música e vídeo. Mas muitos ainda assistem a suas séries e filmes favoritos pelo celular, usando o som interno das caixas dos aparelho.

A vida pode ser melhor e mais confortável – olhando, por exemplo, para uma TV que seja de fato adequada para a sua visão ou um fone de ouvido de alto padrão, com isolamento acústico e qualidade de áudio. Da mesma forma, dá para entender porque precisamos de bons smartphones e computadores. São ferramentas que nos tornam mais produtivos e precisam ser confiáveis.

Somente o necessário

A lista de necessidades básicas de tecnologia também serve como guia para as inovações que não precisamos. Uma caixa de som inteligente, como o Amazon Echo ou o Nest Mini, do Google? Certamente, eles prestam um bom serviço desligando as luzes do quarto. Um telefone com tela dobrável? De fato, parece excelente. Mas se não ajudam você a trabalhar, manter-se conectado e ficar entretido, você deve encontrar outras maneiras de gastar seu dinheiro.

Seja qual for o conjunto de equipamentos que você escolher lembre-se de manter o mínimo. Quanto mais tecnologia, mais dispositivos para ter e identificar problemas. E lembre-se que a tecnologia escolhida deve ser simples. Esta pandemia ressuscitou o humilde telefonema, uma ferramenta de comunicação tão boa como sempre foi. / TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO

Comentários para "Coronavírus revelou quais tecnologias são mesmo essenciais":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório