×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Crianças e adolescentes em situação de rua: Face visível da histórica desigualdade social

Crianças e adolescentes em situação de rua: Face visível da histórica desigualdade socialFoto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Projeto estabelece a garantia dos direitos fundamentais aos jovens em situação de rua em SP

Por Juliana Cardoso - Brasil De Fato - 13/08/2021 - 10:06:38

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de São Paulo aprovou na terça-feira (11) o Projeto de Lei (PL) nº 253/21, que cria a Política Municipal às Crianças e aos Adolescentes em situação de rua na cidade de São Paulo.

O projeto, de autoria do nosso mandato, estabelece a garantia dos direitos fundamentais às crianças e adolescentes com medidas que organizam e planejam a execução de políticas públicas. Outros vereadores e vereadoras são co-autores do PL.

O texto é fruto de debates com entidades da sociedade civil que atuam nessa temática, em eventos organizados pelo mandato. A iniciativa partiu da Pastoral do Menor e rapidamente ganhou apoios de diversas entidades. Todo estudo e levantamento foi aprovado pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente).

A rua é espaço de violação de direitos e de extremo risco. Por isso, são alinhadas mediações para o retorno ao convívio familiar e comunitário. É fato comprovado que a permanência nas ruas provoca danos físicos, psíquicos e sociais ao desenvolvimento integral da criança.

Hoje, não há programas públicos básicos ou especializados em qualidade e quantidade para atender adequadamente essa população mais vulnerável.

Crianças e adolescentes em situação de rua, sobretudo nos grandes centros urbanos, são a face visível da histórica desigualdade social brasileira.

A realidade é que o atual Sistema de Garantia de Direitos (SGD) só terá condições de atender os direitos for contemplado com equipamentos e serviços especializados.

Por essa razão, os serviços de acolhimento não podem se constituir em espaços de segregação, isolamento e discriminação, mas devem oferecer condições de convívio.

O texto ressalta que é necessário integrar os Serviços Especializados de Abordagem Social e dos Centros de Referência para Crianças e Adolescentes em Situação de Rua com o trabalho social com as famílias, inclusive com atendimento para o trabalho infantil.

O projeto prevê a criação de Comitê Permanente com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social na sua coordenação.

O órgão também contará com representantes das Secretarias e das entidades da sociedade civil que integram o Grupo de Trabalho Criança e Adolescente em Situação de Rua e na Rua.

Mobilização

Após passar pela CCJ, o PL segue sua tramitação até chegar ao plenário. A sua aprovação na Câmara Municipal e sanção do executivo, porém, dependerá de mobilização das entidades e militantes que atuam no setor.

Ademais, o Movimento da Infância da Cidade de São Paulo, composto pela Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo, por fóruns, conselhos, integrantes de redes regionais, socioassistenciais, da saúde e de trabalhadores de unidades educacionais especializados na área, comprometidos com a garantia dos direitos de crianças e adolescentes, constatando a extrema carência na efetivação dos direitos dos meninos e meninas submetidas à situação de risco, quando expostas a viver e/ ou trabalhar nas ruas, se posicionam pela urgência de implantação de uma política pública específica para atendimento deste segmento da sociedade.

*Juliana Cardoso é vereadora (PT), vice-presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Paulo e integrante da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança. Leia outras colunas.

*Este é um artigo de opinião. A visão do autor não necessariamente expressa a linha editorial do jornal Brasil de Fato.

Edição: Vivian Virissimo

Comentários para "Crianças e adolescentes em situação de rua: Face visível da histórica desigualdade social":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Plataforma será ligada à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha global lembra o Dia Mundial da Alimentação, no próximo sábado

Campanha

Campanha "Tenho Sede" conta com doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido

Na campanha, mulheres do semiárido contam suas histórias sobre como o acesso à água através das cisternas transformou as suas vidas

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Consideradas tecnologias simples e baratas, cisternas tendem a gerar benefícios para famílias e comunidades do semiárido

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Pessoas com mais de 60 anos representam quase 18% dos brasileiros

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

A Sputnik Brasil conversou Thiago Rodrigues, professor do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (UFF), sobre a grave crise de migração que levou milhares de haitianos à cidade texana de Del Rio.

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

2,5 milhões de pessoas na República Centro-Africana passam fome.

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Dançar da favela para o mundo na plataforma da nuvem, é um sonho para todos os jovens bailarinos do Balé Paraisópolis em São Paulo no Brasil.

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

De acordo com o IPEA, no início da pandemia já chegava a 222 mil o número de pessoas vivendo em situação de rua no Brasil

Projeto Cultura Doadora realiza Semana da Doação de Órgãos entre os dias 26 e 1º de outubro

Projeto Cultura Doadora realiza Semana da Doação de Órgãos entre os dias 26 e 1º de outubro

O projeto Cultura Doadora preparou uma programação intensa para a Semana da Doação de Órgãos

Quase 9 mil vivem nas ruas de BH:

Quase 9 mil vivem nas ruas de BH: "A única coisa que eu quero é um lar para meus filhos”

Construção civil não para de anunciar novos empreendimentos em BH, mas não há indícios de que imóveis vão resolver problema habitacional