×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Crítica à compra de novos carros gera guerra no plenário da Câmara Legislativa em Brasília

Crítica à compra de novos carros gera guerra no plenário da Câmara Legislativa em BrasíliaFoto: Correio Braziliense

Polêmica sobre aumento de despesas

Por Helena Mader-eixo Capital - 28/03/2019 - 08:33:51

As sessões de quarta-feira costumam ser esvaziadas e sem polêmica. Mas, ontem, o clima no plenário da Câmara Legislativa ficou tenso com um duro bate-boca entre os deputados Robério Negreiros (PSD) e Júlia Lucy (Novo). O distrital se irritou com críticas recorrentes da colega, a respeito do gasto de quase R$ 500 mil com a compra de novos carros para a Mesa Diretora. Ontem, Robério partiu para o ataque. “Política não se faz dessa maneira, expondo colegas. Não vou permitir mentira e safadeza comigo e com os outros deputados”, disse o representante do PSD, que acusou Júlia de descumprir promessas de campanha. Ele afirmou que a deputada do Novo havia prometido andar de ônibus, “mas saiu escondida da Câmara, pegando carona com um assessor”.

Polêmica sobre aumento de despesas

Júlia Lucy reagiu às críticas. “Se eu tiver que aprender a fazer política, não será com vossa excelência, que contrata pessoas perto da campanha e depois demite”, afirmou a deputada do Novo. “Durante a minha campanha, me comprometi a usar serviços públicos como forma de fiscalizar. Não me comprometi a usar todos os dias, porque isso ficaria muito difícil”, explicou Júlia, que acusou Robério de ameaçá-la por criticar as despesas da Casa. "Eu não tenho medo do senhor. Vossa excelência vai ter que procurar muito mais para querer me ameaçar, como já fez no WhatsApp, mandando mensagens para dizer que está de olho em mim, e para eu tomar cuidado com o que eu falo”. Lucy disparou novamente contra o aumento de despesas da CLDF. “As pessoas estão passando fome, as crianças não têm creche. Não é prioridade para a população do DF bancar uma casa cara como essa”. O deputado Delmasso (PRB), que presidia a sessão, tentou colocar panos quentes na briga e retomou a sessão.

 (Kleber Sales/CB/D.A Press)

Novo compromisso para os servidores da segurança pública

Os servidores da Secretaria de Segurança Pública, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e do Departamento de Trânsito têm um novo compromisso mensal: participar da solenidade de hasteamento da bandeira. Uma portaria publicada ontem estabelece que a “solenidade mensal de hasteamento das bandeiras ocorrerá todo primeiro dia útil de cada mês, às 9h, com a presença do efetivo civil e militar lotado nesta secretaria, sob a execução do Hino Nacional, ocorrendo simultaneamente o hasteamento das bandeiras”. A pasta argumenta que o evento “fomentará o espírito cívico e a integração entre os servidores”. O hasteamento será sempre na sede da pasta, ao lado do Palácio do Buriti.

 (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Pente-fino nos contratos de obras

A Controladoria-Geral do Distrito Federal determinou que a Secretaria de Obras faça uma análise prévia de todos os aditivos contratuais e pagamentos relativos às obras de infraestrutura de Vicente Pires e do Sol Nascente. A Unidade de Controle Interno da pasta terá que avaliar os repasses referentes às obras de pavimentação asfáltica, meios-fios e drenagem pluvial nessas cidades. Só pagamentos de despesas anteriores não entram na obrigatoriedade de análise prévia. Ao todo, 14 contratos serão analisados com lupa pelos auditores da Secretaria de Obras. Apesar de as obras ainda estarem longe de terminar, alguns desses contratos já estouraram os limites de aditivo.

Ibaneis estuda criação de outro partido

Depois de fazer duras críticas aos caciques do partido e à condução do MDB, o governador Ibaneis Rocha disse ontem que não descarta a criação de uma sigla. “Eu não sou atrelado ao MDB. Eu escolhi o MDB para me filiar. Se o MDB não topar uma renovação de verdade, aí não sei se irei para outro partido. Eu acho que vou, juntamente com esses que querem renovação na política, criar um partido e colocar nossas ideias em prática”, declarou o governador, durante uma entrevista à Rede TV na madrugada de ontem.

Vida de delegada

Doze delegadas da Polícia Civil do DF fizeram um livro relatando experiências da profissão e contando bastidores de como é ser mulher em uma corporação majoritariamente masculina. Com 152 páginas e 27 crônicas, a publicação fez sucesso e, hoje, elas lançam a segunda edição do livro Vida de Delegada. O evento será no Carpe Diem do Casa Park, a partir das 18h30.

Prorrogação da licença-maternidade

Graças a uma tramitação em regime de urgência, o plenário da Câmara Legislativa aprovou ontem projeto de lei que prorroga o início da licença-maternidade quando, após o parto, a mãe ou o bebê permanecer internado por mais de três dias. A proposta, de autoria da deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF), beneficia principalmente as mulheres que têm filhos prematuros. Agora, o texto segue para o Senado Federal.

Comentários para "Crítica à compra de novos carros gera guerra no plenário da Câmara Legislativa em Brasília":

    • Sebastião

      Sexta-Feira, 29 de Março de 2019 -

      Esta Câmara Legislativa é inútil, tem que acabar e pegar o dinheiro e aplicar na saúde, educação e segurança!

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
'Nada pode me limitar ou definir', diz a modelo com síndrome de Down

'Nada pode me limitar ou definir', diz a modelo com síndrome de Down

O sonho de ser modelo, ela relata, começou aos 16 anos, quando foi internada com meningite bacteriana e ficou dez dias em coma.

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Segundo as investigações da polícia, o gerente cometeu atitude discriminatória contra a delegada Ana Paula Barroso, que é negra no último dia 14 de setembro.

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Quase 1 milhão de crianças nasceram como refugiadas entre 2018 e 2020

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

"Ainda que a ré seja incapaz, sobre o que não produziu sequer começo de prova, tal condição não afasta sua responsabilidade pelos prejuízos a que der causa", observou a juíza.

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

A "pobreza menstrual" era um tema de pouca repercussão na época e não motivava projetos de lei como hoje, a exemplo do vetado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro. E passava longe de ser associado ao cotidiano de meninas.

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Em decisões anteriores, Fachin já havia determinado à União que apresentasse as medidas sanitárias relativas à covid-19 nas comunidades quilombolas

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Prazo para repostas ao mapeamento é até 17 de dezembro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Selo emitido pela Administração Postal da ONU com uma pintura de Mahatma Gandhi de Ferdie Pacheco em Comemoração do Dia Internacional da Não-Violência

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

Apenas 18 mulheres discursaram nos debates de alto nível da Assembleia Geral em 2021

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados venezuelanos são registrados na Polícia Fedral de Boa Vista para emissão e regularização de documentos.

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

O Zé Ninguém