×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Cru, torrado ou em pasta: Conheça os benefícios do gergelim

Cru, torrado ou em pasta: Conheça os benefícios do gergelimFoto: Pixabay

A semente ajuda no controle do colesterol e é rica em cálcio, magnésio e vitaminas do complexo B

Por Michele Carvalho - Brasil De Fato - 12/01/2021 - 14:27:23

Quem vê o gergelim ali, polvilhado sobre o pão de hambúrguer, talvez nem imagine o quão nutritivo ele é.

Mas, antes de falar dos inúmeros benefícios desse alimento para a saúde do nosso corpo, vale lembrar que, na verdade, ele é uma semente, extraída de uma planta chamada sésamo, muito comum no Oriente.

Aqui no Brasil, geralmente, ele é consumido torrado, mas a nutricionista funcional Pamela Terra explica que ele também pode ser utilizado na sua forma crua.

“É aquela semente mais clarinha, que, às vezes, a gente encontra nos supermercados ou nessas lojas de produtos saudáveis. É a sementinha mais branquinha que tem, essa é a semente crua.

Pamela, no entanto, ressalta que a semente pode, sim, ser consumida torrada. "É aquela [semente] um pouco mais amarelada. E tem também o gergelim negro, que é uma semente escura, preta, por ter um pouco mais de antioxidante, comparada com essas outras duas que eu citei”, pontua.

Além dos antioxidantes, que ajudam a combater os radicais livres, o gergelim também é composto por uma gordura boa chamada lecitina, que, segundo a nutricionista, é uma ótima aliada para o controle do colesterol.

“O gergelim tem essa lecitina pura dentro dele fazendo parte dessa composição gordurosa. O que acontece com isso? Essa lecitina tem o poder de dissolver a nossa gordura e melhorar os níveis de colesterol. É como se ela se ligasse às partículas de colesterol e dissolvesse, entre aspas, para melhorar esse perfil de colesterol”.

Também podemos dizer que a semente é uma companheirona dos veganos e vegetarianos, pois ela tem uma proteína que se assemelha à encontrada nas carnes, como explica Pamela Terra.

“O gergelim tem 15 dos 20 aminoácidos essenciais presentes nas proteínas. Então, é considerado uma proteína de alto valor biológico em torno de 20% da sua composição. É um alimento muito rico também nessa questão das proteínas”.

Além disso, o gergelim também é uma opção para quem não pode ou não quer consumir leite. Pamela conta que ele é o alimento mais rico em cálcio, ultrapassando até os lácteos. "100 gramas de gergelim têm quatro vezes mais cálcio do que os derivados do leite e o leite propriamente dito”.

Como se não já não bastasse todos esses nutrientes, esse alimento ainda é fonte de fibras, vitaminas do complexo B, magnésio e cobre. No entanto, por ser uma semente pequena, a nutricionista faz um alerta para pessoas que tem algum tipo de problema intestinal.

“Essas sementinhas podem parar ali, em alguma região inflamada desse intestino e potencializar a inflamação, por ação física mesmo, não que faça mal à saúde em termos de nutrientes”, pondera.

E além do tradicional uso do gergelim nos pães em geral, Pamela Terra lembra que é possível fazer o famoso tahine. Basta bater um punhado da semente torrada no liquidificador ou processador até virar uma pasta. Ela também diz que essa receita pode ser consumida com frutas, com ovos e até como recheio de tapioca.

Edição: Douglas Matos

Comentários para "Cru, torrado ou em pasta: Conheça os benefícios do gergelim":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Dieta Mediterrânea é responsável pela longevidade italiana

Dieta Mediterrânea é responsável pela longevidade italiana

Participaram do webinar Gerardo Landulfo, delegado da Accademia Italiana della Cucina em São Paulo e diretor executivo da Italcam, e Claudio Rocchi, chef e sócio do restaurante Osteria Palmira, sediado na cidade de Roma.

O que pôr à mesa e o que evitar para a saúde da flora do

O que pôr à mesa e o que evitar para a saúde da flora do "segundo cérebro"

No Mês da Conscientização das Doenças Inflamatórias Intestinais, especialistas alertam para a importância de uma alimentação saudável para o sistema gastrointestinal

Dia das Mães: TABASCO® ensina receita de Macarrão ao Molho Picante

Dia das Mães: TABASCO® ensina receita de Macarrão ao Molho Picante

Receita do acompanhamento da pasta fácil de preparar com frango chipotle, bacon, espinafre, tomates e um toque apimentado de alho

Apesar de polêmicas, cuscuz paulista ainda desperta paixões na cena gastronômica

Apesar de polêmicas, cuscuz paulista ainda desperta paixões na cena gastronômica

História do cuscuz paulista

Abeaço sugere receitas para economizar gás utilizando sardinha em lata

Abeaço sugere receitas para economizar gás utilizando sardinha em lata

Aprenda a preparar Risoto de Sardinha e Sardinha ao Forno

Com os preços dos alimentos em alta, saiba como economizar na preparação de refeições saudáveis e saborosas

Com os preços dos alimentos em alta, saiba como economizar na preparação de refeições saudáveis e saborosas

A economia na compra de alimentos deve passar por critérios antes mesmo de ir ao supermercado

Além de tradição, pescado é opção econômica para a Semana Santa

Além de tradição, pescado é opção econômica para a Semana Santa

Vigilância Sanitária alerta para os cuidados na compra de peixes

Tirolez sugere pratos especiais para a Semana Santa

Tirolez sugere pratos especiais para a Semana Santa

Aprenda como fazer Salmão ao Creme de Queijo e Maracujá e Nuvem de Ricota com Calda de Frutas Vermelhas

Com a chegada da Páscoa, Chef Carol Góes ensina deliciosas receitas para o feriado santo

Com a chegada da Páscoa, Chef Carol Góes ensina deliciosas receitas para o feriado santo

Com sabores inesquecíveis, Cantina Tia Lina apresenta pratos deliciosos e suas distintas harmonizações

Sete  hábitos alimentares para melhorar a fertilidade

Sete hábitos alimentares para melhorar a fertilidade

Especialista em reprodução humana de alta complexidade, Dra. Paula Fettback, dá recomendações para tentantes

Comer bem pode aumentar a expectativa de vida em até 13 anos

Comer bem pode aumentar a expectativa de vida em até 13 anos

Por isso, a indústria de alimentos teve de se reinventar para atender as demandas relacionadas à saúde da população