×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de novembro de 2021

Curtir as férias sem esquecer dos pets

Curtir as férias sem esquecer dos petsFoto: Correio Braziliense

Com as férias de fim de ano, surge a preocupação do que fazer com os bichinhos de estimação. Para quem não pode viajar com os animais, cuidadores e hotéis aparecem como possível solução

Maria Baqui*-correio Braziliense - 27/12/2019 - 11:15:24

Fim de ano é sinônimo de viagem para muitas famílias. Porém, significa também um dilema para os tutores de pets que não sabem se devem levar o animal para o passeio. Surgem, então, questionamentos a respeito de onde deixar o bichinho enquanto estiver fora. Há pessoas que preferem levar o companheiro, outras, porém, investem em serviços de cuidado doméstico ou hotéis para cães e gatos.


Para quem deseja levar o animalzinho para a viagem em família, é necessário checar, anteriormente, se a acomodação escolhida é pet friendly, ou seja, se permite a entrada e estadia de bichos. Além disso, se o trajeto for feito de carro, é interessante que o animal seja acostumado a andar em automóveis, visto que é comum que os amigos de quatro patas fiquem enjoados com o balançar do veículo.



Contudo, se não puder levar o pet na viagem, fique calmo e não se preocupe. Atualmente, existem diversas opções para quem quer manter o carinho e o cuidado com o animal, mesmo que em outra cidade. Por isso, a busca por serviços como o de pet sitter está em alta no Brasil. O atendimento é indicado para animais de estimação que não têm o costume de sair de casa e se sentem mais confortáveis no ambiente familiar em que vivem. A proposta é que um tutor temporário visite a residência do animal diariamente enquanto os donos estão fora.


Segundo a pet sitter e veterinária Kássia Vieira, não é recomendado que o bichinho fique o dia inteiro sozinho. Por isso, é aconselhado que cada visita dure, pelo menos, uma hora. “Normalmente, assim que chego troco a água e a comida do animal. Depois, faço um check-up para ver se há alteração comportamental e, se o pet precisar de cuidados especiais, faço a consulta e a medicação lá mesmo”, assegura. Além disso, ela ainda afirma brincar e passear com o animalzinho.



A veterinária sugere o atendimento de pet sitter principalmente para gatos, tendo em vista que “eles têm mais dificuldade em socializar com outros animais e de se adaptar em locais que não se sentem totalmente confortáveis”.



A plataforma on-line Dog Hero também funciona como uma alternativa para que os bichinhos não fiquem sozinhos. O aplicativo permite que pessoas que gostam de animais e têm espaço suficiente em casa se cadastrem e, assim, se tornem anfitriões de pets. O animal pode ser cadastrado no site como hóspede de temporada ou pode utilizar o serviço de creche, diariamente.



 (Maria Eduarda Jardim/Divulgação)

 (Maria Eduarda Jardim/Divulgação)

 (Maria Eduarda Jardim/Divulgação)

Hotel Miau Pet, no Jardim Botânico, oferece atividades esportivas, como brincadeiras na piscina e corrida, e atendimento médico para os animais (Maria Eduarda Jardim/Divulgação)
Hotel Miau Pet, no Jardim Botânico, oferece atividades esportivas, como brincadeiras na piscina e corrida, e atendimento médico para os animais


Hospedagem
Outra opção para os tutores que vão viajar são os hotéis para pets. A comissária de bordo Sofia Alves, 24 anos, precisa viajar muitas vezes ao ano e, por isso, é usuária frequente desse tipo de serviço. Ela avalia que a proposta funciona como uma “colônia de férias” e, por ser um “ambiente seguro onde o cachorro interage com outros e se diverte”, prefere deixá-lo na acomodação especializada. A jovem conta ainda que gasta, em média, R$ 50 com a diária da estadia.


Dona do Pet Hotel São Francisco, Catarina Mesquita, 47, explica que, para fazer check-in na acomodação, é necessário que o pet tenha a carteira de vacinação em dia e, de preferência, seja castrado. É indicado, também, que o tutor deixe um objeto ou roupa que tenha cheiro conhecido pelo animal para que ele não sinta tanta saudade de casa. Diariamente, Catarina envia fotos e vídeos como feedback para os tutores. O local, especializado em cuidados de cães, fica na BR-040.



Já a responsável pelo hotel Miau Pet, Thalita Borges, 31, acredita que “quanto mais o animal frequentar um local, mais à vontade se sentirá”. Por isso, é oferecido o serviço de day care, em que o tutor deixa o pet pela manhã e pode buscá-lo no fim do dia. De acordo com Thalita, o hotel funciona como “equilíbrio para as necessidades físicas mentais e sociais do animal”.



No local, são oferecidas atividades esportivas na piscina, bem como corrida e adestramento. Há ainda médicos veterinários responsáveis treinamento de estímulo sensorial, como tato e faro, e outros serviços médicos. Em outro ambiente da casa, localizada no Jardim Botânico, há área de descanso e socialização. Tudo para o bem-estar dos animais.



* Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão








Comentários para "Curtir as férias sem esquecer dos pets":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Pets: Coceira excessiva pode ser alergia

Pets: Coceira excessiva pode ser alergia

A coceira excessiva em pets pode ser sintoma de alergia e requer a realização de exames laboratoriais e tratamentos específicos

Caçador russo sobrevive a ataque de urso na Sibéria e espera por ajuda na floresta durante 20 dias

Caçador russo sobrevive a ataque de urso na Sibéria e espera por ajuda na floresta durante 20 dias

Um caçador russo conseguiu sobreviver a um ataque de urso e esperar pela ajuda durante 20 dias na floresta boreal, conhecida como taiga, na região siberiana de Yakutsk, informou nesta sexta-feira (26) o Ministério do Interior.

Ibram terá que indenizar criador por apreensão e soltura ilegal de pássaros no DF

Ibram terá que indenizar criador por apreensão e soltura ilegal de pássaros no DF

As aves foram soltas no dia seguinte a apreensão.

Cientistas revelam lista completa de animais que podem transmitir Covid-19

Cientistas revelam lista completa de animais que podem transmitir Covid-19

Cientistas dos EUA, usando técnicas de aprendizado de máquina, determinaram cerca de 500 espécies de animais que entram em contato com humanos regularmente

Ataque de onças mata 172 flamingos em parque de Foz do Iguaçu

Ataque de onças mata 172 flamingos em parque de Foz do Iguaçu

Apenas quatro aves da espécie sobreviveram

Cavalos-marinhos aparecem na Lagoa de Araruama, no estado do Rio de Janeiro

Cavalos-marinhos aparecem na Lagoa de Araruama, no estado do Rio de Janeiro

Mais de 100 animais foram catalogados por pesquisadores

Animais são resgatados em feira clandestina em São Paulo

Animais são resgatados em feira clandestina em São Paulo

Gatos, coelhos e cães eram vendidos ilegalmente

Experiência de vida muda comunicação entre cães e humanos, diz estudo

Experiência de vida muda comunicação entre cães e humanos, diz estudo

Animais domésticos têm troca de olhares mais intensa com os donos

Nova espécie de inseto é descoberta no sul da China

Nova espécie de inseto é descoberta no sul da China

Foto tirada em 25 de outubro de 2021 mostra uma nova espécie de inseto do gênero besouro-folha, descoberta por pesquisadores chineses em um parque de pântano em Guangzhou, capital da Província de Guangdong, sul da China.

Serviço de castração gratuita no DF é aprovado por 94% dos tutores

Serviço de castração gratuita no DF é aprovado por 94% dos tutores

Foram coletadas as opiniões de 265 pessoas, que tiveram seus pets esterilizados, pelo programa de Castração de Cães e Gatos

PF faz operação para coibir venda ilegal de animais silvestres em SP

PF faz operação para coibir venda ilegal de animais silvestres em SP

Ação tem apoio da Polícia Militar Ambiental