×
ContextoExato
Responsive image

Decisão de Lewandowski envolve notificação pessoal a Bolsonaro

Decisão de Lewandowski envolve notificação pessoal a BolsonaroFoto: CNJ

Com Manaus em colapso, “impeachment Bolsonaro” é um dos assuntos mais buscados do dia

Congressoemfoco - 16/01/2021 - 18:21:14

O ministro Ricardo Lewandowski , do Supremo Tribunal Federal ( STF ), enviou na noite desta sexta-feira (15) um ofício diretamente ao presidente Jair Bolsonaro notificando-o da decisão que obriga o governo federal a agir imediatamente para sanar a crise sanitária em Manaus .

O documento assinado pelo ministro traz um selo escrito "URGENTE" e reforça a ordem para que o governo federal:

  1. promova, imediatamente, todas as ações ao seu alcance para debelar a seríssima crise sanitária instalada em Manaus, capital do Amazonas, em especial suprindo os estabelecimentos de saúde locais de oxigênio e de outros insumos médico-hospitalares para que possam prestar pronto e
    adequado atendimento aos seus pacientes, sem prejuízo da atuação das autoridades
    estaduais e municipais no âmbito das respectivas competências;
  2. apresente a esta Suprema Corte, no prazo de 48 (quarenta e oito horas), um plano compreensivo e detalhado acerca das estratégias que está colocando em prática ou pretende desenvolver para o enfrentamento da situação de emergência, discriminando ações, programas, projetos e parcerias correspondentes, com a identificação dos respectivos cronogramas e recursos financeiros;
  3. atualize o plano em questão a cada 48 (quarenta e oito) horas, enquanto perdurar a conjuntura excepcional.

Leia a íntegra do comunicado a Jair Bolsonaro:

A decisão do ministro é liminar (provisória) e atendeu, em parte, aos pedidos feitos por PT e PC do B na quinta-feira (14). Os partidos protocolaram a demanda em meio ao colapso do sistema de saúde público e privado no Amazonas diante do avanço dos casos de covid-19.

O advogado Miguel Novaes, do escritório Aragão e Ferraro, é um dos representantes do PT na ação e ressaltou que as siglas pediram que o governo agisse em até 24 horas. Porém, afirmou Novaes, diante da gravidade da situação na capital amazonense, Lewandowski ordenou que a ação deve ser imediata.

> Lewandowski manda governo federal agir “imediatamente” para sanar colapso em Manaus

> Com Manaus em colapso, “impeachment Bolsonaro” é um dos assuntos mais buscados do dia

Comentários para "Decisão de Lewandowski envolve notificação pessoal a Bolsonaro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório