×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de maio de 2022

Delegado da PF é rebaixado após investigar filho de Jair Bolsonaro

Delegado da PF é rebaixado após investigar filho de Jair BolsonaroFoto: Alan Santos - Agência Brasil

O delegado Hugo de Barros Correa, ex-superintendente da Polícia Federal no Distrito Federal, se tornou o responsável pela implementação interna de planos de saúde da instituição.

Agência Sputnik De Noticias - 14/05/2022 - 07:02:21

As informações foram dadas pelo jornal O Estado de São Paulo na noite de quinta-feira (12).

De acordo com a publicação, "ele despencou do cargo depois de mexer em vespeiros, como o inquérito que investiga Jair Renan, o filho 04, e o das fake news".

Além do inquérito das fake news, que apura os ataques às instituições democráticas brasileiras por parte de apoiadores de Bolsonaro, a PF investiga o envolvimento de Jair Renan com um grupo empresarial do setor de mineração, sob possíveis crimes de tráfico de influência e de lavagem de dinheiro.

O filho do presidente teria atuado para agendar reuniões da empresa com ministros do Governo Federal.

Bolsonaro vem fazendo trocas constantes na cúpula da PF.

Somente no ano passado, a Polícia Federal passou por oito exonerações, uma média de uma por mês desde que o então diretor-geral, Paulo Maiurino, assumira o cargo, segundo o jornal O Globo.

O próprio Maiurino foi substituído no final de fevereiro deste ano. Ele assumiu a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas.

Tratou-se da quarta troca do mandato de Jair Bolsonaro no cargo máximo da PF.

O atual nomeado para chefe da instituição é Márcio Nunes de Oliveira.

Comentários para "Delegado da PF é rebaixado após investigar filho de Jair Bolsonaro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Comissão da Câmara aprova convite para AGU explicar defesa de Wal do Açaí

Comissão da Câmara aprova convite para AGU explicar defesa de Wal do Açaí

O requerimento foi apresentado pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO), para quem há desvio de finalidade no gasto dos recursos públicos

CNJ adere ao Pacto Nacional pela Educação

CNJ adere ao Pacto Nacional pela Educação

Iniciativa reúne organizações da sociedade civil e órgãos públicos

Cúpula do PSDB intensifica pressão sobre Doria e trava definição na 3ª via

Cúpula do PSDB intensifica pressão sobre Doria e trava definição na 3ª via

O ex-governador paulista foi convidado pela direção tucana para uma nova reunião no fim da manhã de hoje

Judiciário não poder ser 'envolvido em desavenças políticas', diz ministro do STM

Judiciário não poder ser 'envolvido em desavenças políticas', diz ministro do STM

Na avaliação do ministro, o Judiciário não deve interferir em políticas públicas “excepcionais” para conter a crise sanitária, exceto em casos de “grave violação” de direitos fundamentais.

TSE e Telegram formalizam acordo para combate às fake news

TSE e Telegram formalizam acordo para combate às fake news

Tribunal disse ser o primeiro órgão eleitoral a assinar com a plataforma um acordo que envolve cooperação e ações concretas.

Moro fala da relação com SP e reclama de ação sobre domicílio eleitoral: 'É sério isso?'

Moro fala da relação com SP e reclama de ação sobre domicílio eleitoral: 'É sério isso?'

O promotor Reynaldo Mapelli Júnior disse que as primeiras explicações enviadas pelo casal

PL tem dificuldade para atender Bolsonaro e contratar auditoria privada nas eleições

PL tem dificuldade para atender Bolsonaro e contratar auditoria privada nas eleições

Bolsonaro defendeu a contratação de auditoria privada ao falar em suas redes sociais há duas semanas

Brasil deve mostrar que rejeita

Brasil deve mostrar que rejeita "aventuras autoritárias", diz ministro

País serve como vitrine para comunidade global, afirma Fachin

STF dá 120 dias para Ministério Público concluir inquérito contra Lindbergh Faria

STF dá 120 dias para Ministério Público concluir inquérito contra Lindbergh Faria

Ex-senador Lindbergh Farias foi acusado de receber vantagens

TSE criará rede com 100 observadores internacionais nas eleições 2022

TSE criará rede com 100 observadores internacionais nas eleições 2022

Brasil não tolera 'aventuras autoritárias'

STF cria ferramenta para classificar processos em diretrizes da ONU

STF cria ferramenta para classificar processos em diretrizes da ONU

Objetivos e metas fazem parte da Agenda 2030 das Nações Unidas