×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USP

Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USPFoto: Divulgação

Faculdade de Odontologia coleta órgãos na campanha “O Endereço da fada do Dente”

Redação Com Educa Mais Brasil - 04/06/2019 - 11:05:04

Fadas que coletam os dentes de leite não são apenas mais uma lenda, mas tornam realidade uma velha conhecida das histórias infantis. A Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP) divulgou “O Endereço da Fada do Dente”, uma campanha que incentiva a doação dos “órgãos” permanentes e recém caídos das bocas dos pequenos com o objetivo de desenvolver pesquisas sobre células-tronco além de testes de materiais específicos para o tratamento de cáries.

Por ter deixado o universo da “imaginação” para se tornar realidade, a Fada do Dente tem endereço próprio e recebe correspondências do público mirim que deseja contribuir para a evolução científica. No site da campanha podem ser solicitados envelopes para o envio do órgão de forma segura e também um termo de autorização a ser assinado por pais e responsáveis pelas crianças. Além de contribuir para as pesquisas, a iniciativa visa incentivar a consciência sobre a doação de órgãos e disponibiliza, para os participantes, livros infantis e outras peças.

“Estudos estão sendo realizados e mostram um potencial na regeneração ou reparação de tecidos dentais, construindo um ‘Biodente’, e também para tecidos não dentais. Assim, células-tronco de polpa de dentes decíduos já foram utilizadas para formar estruturas do pâncreas e músculos”,explica a docente em Odontologia da Universidade Cruzeiro do Sul, Michele Baffi Diniz.

A profissional destaca queas células-tronco são capazes de se transformarem diversas outras células do corpo (tecidos e órgãos), em condições normais, e por isso o tratamento – eaté mesmo a cura de algumas doenças – é algo mais próximo da realidade.Pessoas que desejam contribuir para as pesquisas com células-tronco podem realizar visitas na FOUSP, necessárias porque a manipulação do dente de leite é feita de maneira diferente para preservação da região chamada de polpa. “O dente pode ser extraído de maneira asséptica por um dentista. De modo seguro, a polpa é enviada ao laboratório onde as células-tronco são processadas e preservadas”, explica a odontologista.

Os dentes permanentes também são bem-vindos na FOUSP, pois servem para realizar testes para outros tratamentos. A especialista pontua que podem ser feitos estudos em diversas áreas da Odontologia, como na Endodontia (tratamentos de doenças da polpa do dente), Dentística (odontologia estética e restauradora), Materiais Dentários, Odontopediatria, Próteses e Implantes.

Comentários para "Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USP":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência doméstica

Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência doméstica

Proposta foi aprovada hoje e segue para análise do Senado

Hemocentro do DF promove campanha para doação de sangue

Hemocentro do DF promove campanha para doação de sangue

Doações de sangue tiveram um redução de 13% neste mês e para alguns tipos sanguíneos o estoque está em níveis críticos

Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Plataforma será ligada à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha global lembra o Dia Mundial da Alimentação, no próximo sábado

Campanha

Campanha "Tenho Sede" conta com doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido

Na campanha, mulheres do semiárido contam suas histórias sobre como o acesso à água através das cisternas transformou as suas vidas

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Consideradas tecnologias simples e baratas, cisternas tendem a gerar benefícios para famílias e comunidades do semiárido

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Pessoas com mais de 60 anos representam quase 18% dos brasileiros

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

A Sputnik Brasil conversou Thiago Rodrigues, professor do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (UFF), sobre a grave crise de migração que levou milhares de haitianos à cidade texana de Del Rio.

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

2,5 milhões de pessoas na República Centro-Africana passam fome.

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Dançar da favela para o mundo na plataforma da nuvem, é um sonho para todos os jovens bailarinos do Balé Paraisópolis em São Paulo no Brasil.

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

De acordo com o IPEA, no início da pandemia já chegava a 222 mil o número de pessoas vivendo em situação de rua no Brasil