×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USP

Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USP

Foto: Divulgação

Faculdade de Odontologia coleta órgãos na campanha “O Endereço da fada do Dente”

Redação Com Educa Mais Brasil - 04/06/2019 - 11:05:04

Fadas que coletam os dentes de leite não são apenas mais uma lenda, mas tornam realidade uma velha conhecida das histórias infantis. A Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP) divulgou “O Endereço da Fada do Dente”, uma campanha que incentiva a doação dos “órgãos” permanentes e recém caídos das bocas dos pequenos com o objetivo de desenvolver pesquisas sobre células-tronco além de testes de materiais específicos para o tratamento de cáries.

Por ter deixado o universo da “imaginação” para se tornar realidade, a Fada do Dente tem endereço próprio e recebe correspondências do público mirim que deseja contribuir para a evolução científica. No site da campanha podem ser solicitados envelopes para o envio do órgão de forma segura e também um termo de autorização a ser assinado por pais e responsáveis pelas crianças. Além de contribuir para as pesquisas, a iniciativa visa incentivar a consciência sobre a doação de órgãos e disponibiliza, para os participantes, livros infantis e outras peças.

“Estudos estão sendo realizados e mostram um potencial na regeneração ou reparação de tecidos dentais, construindo um ‘Biodente’, e também para tecidos não dentais. Assim, células-tronco de polpa de dentes decíduos já foram utilizadas para formar estruturas do pâncreas e músculos”,explica a docente em Odontologia da Universidade Cruzeiro do Sul, Michele Baffi Diniz.

A profissional destaca queas células-tronco são capazes de se transformarem diversas outras células do corpo (tecidos e órgãos), em condições normais, e por isso o tratamento – eaté mesmo a cura de algumas doenças – é algo mais próximo da realidade.Pessoas que desejam contribuir para as pesquisas com células-tronco podem realizar visitas na FOUSP, necessárias porque a manipulação do dente de leite é feita de maneira diferente para preservação da região chamada de polpa. “O dente pode ser extraído de maneira asséptica por um dentista. De modo seguro, a polpa é enviada ao laboratório onde as células-tronco são processadas e preservadas”, explica a odontologista.

Os dentes permanentes também são bem-vindos na FOUSP, pois servem para realizar testes para outros tratamentos. A especialista pontua que podem ser feitos estudos em diversas áreas da Odontologia, como na Endodontia (tratamentos de doenças da polpa do dente), Dentística (odontologia estética e restauradora), Materiais Dentários, Odontopediatria, Próteses e Implantes.

Comentários para "Dentes de leite são doados para pesquisa sobre células-tronco feitas na USP":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral