×
ContextoExato
Responsive image

Deputados distritais assinam abertura de CPI da Pandemia na CLDF

Deputados distritais assinam abertura de CPI da Pandemia na CLDFFoto: Suzano Almeida - Metrópoles

Depois de edição extra do DODF, total de assinaturas passou de três para oito. Centrão acrescentou mais quatro assinaturas nesta noite

Suzano Almeida - Metrópoles - 06/07/2020 - 23:37:31

Oito deputados distritais assinaram, na noite desta segunda-feira (6/7), o pedido de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os atos do Poder Executivo no combate ao novo coronavírus (CPI da Pandemia). O requerimento é do deputado Leandro Grass (Rede) e tem o apoio de pelo menos quatro deputados do chamado Centrão.

As assinaturas foram colocadas após a publicação da edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), na qual indicados de distritais da base e do centrão acabaram sendo exonerados: só nas administrações regionais foram sete mudanças.

Assinaram os proponentes Grass, Arlete Sampaio (PT) e Fábio Felix (PSol), além de Reginaldo Veras (PDT). Do centrão, são signatários Eduardo Pedrosa (PTC), Roosevelt Vilela (PSB), Daniel Donizet (PSDB) e Reginaldo Sardinha (Avante), este último do partido do vice-governador Paco Britto.

Confira a íntegra do documento protocolado:

Requerimento de Abertura de CPI by Metropoles on Scribd

“O governador está ficando sem opções. Das oito assinaturas, quatro são de membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por onde todos os projetos passam. É importante que ele se atente a isso”, ressaltou um deputado aliado, que pediu para não ser identificado.

O que será apurado?

A CPI da Pandemia quer investigar as medidas adotadas pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) no combate à Covid-19 no DF, como, por exemplo, o pedido ao governo federal de decretação de calamidade pública seguida da liberação para o comércio voltar a funcionar. Deputados querem ainda investigar as denúncias de irregularidades na compra de equipamentos e insumos, como respiradores, testes rápidos e contratação de leitos privados de UTIs.

“Não houve transparência em gastos, o GDF também não deixou claro em que dados se embasou para tomar decisões de relaxamento, teve caso de desvio de respiradores, compra de testes rápidos com preços alienados. Ou seja, foi tanta coisa errada e sem transparência apoiada em uma crise, que é obrigação nossa na Câmara investigar estes atos”, ressaltou Leandro Grass.

O pedido de abertura de CPI ainda precisa ser analisado pela Mesa Diretora da Câmara Legislativa. Apesar de a Casa não estar oficialmente em recesso, para ocorrer sessão deliberativa será necessária a convocação de uma reunião extraordinária.

A CLDF possui em curso a CPI do Feminicídio. Recentemente foram encerrados os trabalhos da CPI da Pedofilia. Ainda assim, os deputados discutirão se poderão levar adiante mais uma comissão.

Comentários para "Deputados distritais assinam abertura de CPI da Pandemia na CLDF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório