×
ContextoExato

Desemprego: advogado usa faixa para pedir emprego nas ruas

Desemprego: advogado usa faixa para pedir emprego nas ruasFoto: Divulgação

Wítalo Cruz deseja sair da estatísticas dos 13,2 milhões de desocupados

Redação Com Educa Mais Brasil - 13/06/2019 - 13:38:10

O número de desempregos no Brasil bateu a taxa de 12,5% (ou seja, 13,2 milhões) somente no primeiro trimestre de 2019, de acordo com os dados Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados no final de maio. Já número dos desalentados – aquelas pessoas que até já desistiram de procurar emprego – chegou a 4,9 milhões. O advogado, Wítalo Cruz, 26 anos, na contramão do desalento, teve uma ideia inusitada na tentativa de sair das estatísticas do desemprego: passou um dia, de terno e gravata, segurando uma faixa com um pedido de trabalho e divulgando as suas experiências, em frente ao Brasília Shopping, um dos locais mais movimentados da capital do Distrito Federal.

A iniciativa, um tanto desesperada por conta dos poucos retornos que ele teve quanto às vagas que se candidatou e das dívidas que se acumulam, começou a funcionar. Após viralizar na internet, escritórios e empresas começaram a entrar em contato com Wítalo para marcar entrevistas. Para ele já foi um significativo avanço ter a oportunidade de se apresentar para o mercado de trabalho, falar sobre seu perfil profissional e das suas experiências em trabalhos anteriores.

O advogado acredita que esse cenário de desemprego vai melhorar, não só para ele mas para todos que se encontram nessa situação. E assim que conseguir um emprego já tem prioridades. “A prioridade vai ser pagar as contas que estão atrasadas, com fé em Deus!”, completa Wítalo que já pensa em adquirir mais conhecimentos: “Irei fazer pós-graduações e me aperfeiçoar e crescer na área a qual me formei. ”

Mesmo que o currículo do advogado tenha referências de órgãos públicos importantes, a analista de Recursos Humanos Tamires Assis, pontua que o mercado de trabalho vem sofrendo variações em consequência da crise econômica nos últimos anos, o que reflete na escolha do profissional. “As empresas têm buscado cada vez mais profissionais multipotenciais, que sejam capazes de serem mais com menos. A depender da segmentação e área, os especialistas ainda têm espaço no mercado e são fundamentais para determinadas atividades”.

A especialista dá algumas dicas importantes para quem está precisando preparar o currículo: organizar as informações de forma cronológica e por “seção” (formação acadêmica; cursos; experiências; idiomas e etc) facilita a leitura do recrutador; escrever de forma objetiva, mas não deixar de colocar o que é essencial, que são atribuições de grande relevância na sua área de atuação, ditas como palavras chaves. Já na entrevista: demonstrar vitalidade

e desejo de assumir aquela posição. Buscar valorizar todas as suas competências e resultados e, quando expor os erros, destacar o aprendizado obtido. É importante também expressar identificação com os valores da empresa e demostrar que os possui por meio de exemplos práticos.

Comentários para "Desemprego: advogado usa faixa para pedir emprego nas ruas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório