×
ContextoExato
Responsive image

DF fica abaixo das metas do Ideb em todas as etapas da educação básica

DF fica abaixo das metas do Ideb em todas as etapas da educação básicaFoto: Breno Fortes/CB/D.A Press

Indicador do Ministério da Educação e do Inep mede desempenho do sistema educacional nas redes pública e privada. Conforme anos escolares avançam, aumenta a lacuna até a meta estipulada

Tainá Seixas E Jéssica Eufrásio - Correioweb - 15/09/2020 - 11:42:34

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram, nesta terça-feira (15/9), os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019. No Distrito Federal, os números são preocupantes: a capital do país não alcançou nenhuma das metas previstas para o ano.

O indicador avalia o desempenho do sistema educacional levando em conta as notas obtidas em provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e a taxa de aprovação escolar.

As metas determinadas para 2019 foram calculadas a partir do desempenho observado em 2005, com curva de projeção para 2095. A distância entre o indicador real e a meta estipulada aumenta conforme as etapas escolares avançam. Os resultados consideram as provas de estudantes das redes pública e privada.

Anos iniciais

Nos anos iniciais do ensino fundamental — período do 1º ao 5° ano —, o Distrito Federal foi uma das quatro unidades federativas que não alcançaram a meta. Mesmo assim, o DF e oito estados foram os únicos com nota superior a 6,0. A capital ficou 0,1 ponto abaixo do objetivo, no recorte que abrange toda a rede de ensino, e 0,2 abaixo do esperado, quando considera apenas rede pública.

Em 2019, a taxa de aprovação de estudantes do 3º ano do ensino fundamental foi a menor (89,1%) entre os cinco anos dessa etapa escolar. A comparação leva em conta os estudantes de escolas públicas e privadas. O desempenho das crianças foi melhor na prova de matemática do que na de português.

Anos finais

Do 6º ao 9º anos, a lacuna aumentou, e o DF registrou 0,5 ponto a menos que a meta prevista. Considerada apenas a rede pública, essa pontuação cai para 0,4. No ensino fundamental, o 7º ano teve a taxa de aprovação mais baixa (85,3%), considerados os quatro anos da fase final de escolas públicas e particulares. O desempenho dos estudantes também foi melhor em matemática, disciplina na qual verificaram-se as notas mais altas.

Ensino médio

Apesar de o Distrito Federal estar entre as 12 unidades federativas com resultado superior a 4,2, a rede pública de ensino ficou 0,6 ponto abaixo da meta; na rede particular, o indicador foi 0,9 ponto menor que o esperado.

A menor taxa de aprovação (80,7%) apareceu entre estudantes do 1º ano do ensino médio de todas as escolas avaliadas. No entanto, o desempenho dos alunos dessa série na rede pública foi o mais baixo da comparação, com apenas 77% de aprovados.

Nas provas de língua portuguesa, os estudantes da rede pública tiveram melhor desempenho do que na prova de matemática. Na rede privada, verificou-se o oposto: os alunos tiveram melhor resultado na prova da disciplina de exatas do que na de humanas.

Comentários para "DF fica abaixo das metas do Ideb em todas as etapas da educação básica":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório