×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 05 de dezembro de 2021

Dinheiro de acordo de leniência da CCR Rodonorte com a Lava Jato vai para obras em estradas no Paraná

Dinheiro de acordo de leniência da CCR Rodonorte com a Lava Jato vai para obras em estradas no ParanáFoto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Confira as obras que serão feitas com dinheiro do acordo de leniência da Rodonorte

Gazeta Do Povo - 22/10/2019 - 20:47:14

A duplicação de 20 quilômetros da BR-376 e uma série melhorias (construção de viadutos, trincheiras e passagens) em interseções em Campo Largo e Ponta Grossa estão entre as obras que serão realizadas com o dinheiro de um acordo da CCR Rodonorte, concessionária de pedágio investigada na Operação Integração que firmou acordo de leniência com o Ministério Público Federal em março.

As obras escolhidas pelo governo do estado para serem realizadas com o montante de R$ 365 milhões resultantes do acordo foram anunciadas pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) nesta segunda-feira (21).


A lista oficial inclui dez intervenções: a interseção I-04 (Jardim Guarany - Campo Largo); a interseção I-06 (Cercadinho – Campo Largo); a interseção I-19 com PR-340 (Castro – acesso a Castrolanda/Socavão); a interseção I-09 Trevo de Brotas (Piraí do Sul); melhorias em dois trechos da Avenida Souza Naves (Ponta Grossa); a interseção I-27 (acesso secundário a Ponta Grossa); a interseção I-60 (acesso ao contorno leste de Ponta Grossa); a duplicação do trecho 6 da BR-376 (entre os kms 420 e 432) e a duplicação do trecho 7 da BR-376 (entre os kms 412 e 420).

Confira um vídeo do governo do Paraná mostrando os trechos que receberão as obras.

Segundo Ratinho Junior, a escolha foi feita após uma série de reuniões com membros da Secretaria Estadual de Infraestrutura e polícias rodoviárias e tiveram como principal critério "salvar vidas". O governador destacou que trechos com índices elevados de acidentes foram priorizados. Em segundo lugar, foi levado em conta a melhoria de mobilidade.

As obras devem inciar imediatamente, destacou o governador.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, estas dez intervenções consumirão todo o dinheiro resultante deste acordo. "Por que deixamos as obras de duplicação para a sequência [das demais]? Porque essa duplicação consumirá até último centavo desse dinheiro", destaca. O estado não terá gastos nestas execuções, ele garante.

Neste vídeo, o governo mostra os trechos escolhidos para receber estas obras:

Investigação e acordo de leniência

De acordo com as investigações do MPF, a Rodonorte era uma das concessionárias de pedágio atuantes no Paraná que participaram de um esquema de pagamento de propinas. Os recursos eram destinados para campanhas políticas ou em benefício de agentes públicos. Em troca, eram realizados aditivos contratuais nas concessões.

Com o acordo de leniência (uma espécie de delação premiada com as empresas), a concessionária admitiu irregularidades e se comprometeu a pagar R$ 750 milhões até o final da concessão, que se encerra durante o ano de 2021.

Do total do valor do acordo, R$ 350 milhões serviram para reduzir a tarifa dos usuários em 30% – o que de fato vem ocorrendo. Já R$ 35 milhões se refere à multa e os outros R$ 365 milhões foram reservados para as obras anunciadas nesta segunda-feira (21).

Mais dinheiro no caixa do governo

Além dos R$ 365 milhões empregados nestas obras, o governo do estado terá mais dinheiro em caixa advindo de acordo de leniência. Em setembro, a empresa Purunã firmou o acordo com o Ministério Público Federal no valor de R$ 20,5 milhões - cerca de R$ 20 milhões será destinado a obras.

De acordo com o MPF, a empresa reconheceu que gerou caixa para que a Rodonorte realizasse pagamentos ilícitos.

Um valor ainda maior vem de acordo com a Ecorodovias, que administra as concessionárias Ecovia e Ecocataratas. Em agosto, elas firmaram leniência com o MPF que resultará em R$ 400 milhões a serem usados em multa, redução de tarifa e obras - estima-se que R$ 150 milhões serão usados nas melhorias de rodovias.

Comentários para "Dinheiro de acordo de leniência da CCR Rodonorte com a Lava Jato vai para obras em estradas no Paraná":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Pelo menos 20 capitais exigem passaporte da vacina

Pelo menos 20 capitais exigem passaporte da vacina

O governo Jair Bolsonaro, porém, tem sido forte opositor da medida.

Após investigação, PF culpa navio grego por derramamento de óleo no litoral brasileiro em 2019

Após investigação, PF culpa navio grego por derramamento de óleo no litoral brasileiro em 2019

A Polícia Federal (PF) concluiu as investigações sobre a origem das manchas de óleo que atingiram o litoral brasileiro entre agosto de 2019 e março de 2020.

População local do Rio Madeira vê o drama por trás da rotina do garimpo

População local do Rio Madeira vê o drama por trás da rotina do garimpo

“Tinha mulher, criança de colo. O povo estava sem ter o que comer nem lugar para dormir. Passaram a noite ali no flutuante. No outro dia, arrumaram umas doações. Depois, deram um jeito de ir embora.”

Como o acesso facilitado a armas de fogo beneficia as milícias no Rio de Janeiro?

Como o acesso facilitado a armas de fogo beneficia as milícias no Rio de Janeiro?

Acesso a armamentos está ocorrendo em contexto que não houve nenhum avanço com relação as regras de controle

Gov.Br envia mensagens para ofertar serviços públicos digitais

Gov.Br envia mensagens para ofertar serviços públicos digitais

Notifica Gov.Br, do Ministério da Economia, entrou em fase de testes

Anvisa defende transparência e cooperação entre agências reguladoras

Anvisa defende transparência e cooperação entre agências reguladoras

Diretor-presidente disse que notícias falsas matam tanto quanto vírus

Capes: Mais pesquisadores deixam cargos e número de renúncias chega a 80

Capes: Mais pesquisadores deixam cargos e número de renúncias chega a 80

Os motivos são parecidos com os apresentados pelos pesquisadores da Matemática e da Física, que já haviam pedido renúncia.

ONG no DF vende farofa para ajudar crianças que vivem com vírus HIV

ONG no DF vende farofa para ajudar crianças que vivem com vírus HIV

Organização foi criada no Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Mulheres convocam manifestação nacional “Bolsonaro nunca mais” para 4 de dezembro

Mulheres convocam manifestação nacional “Bolsonaro nunca mais” para 4 de dezembro

A lista de locais e horário das cidades confirmadas será divulgada na página @forabolsonaronacional

Com a crise, já são 12 milhões os beneficiários da Tarifa Social

Com a crise, já são 12 milhões os beneficiários da Tarifa Social

A nota técnica aponta que o aumento está relacionado ao agravamento da crise econômica por conta dos efeitos da pandemia.

MST finca raízes na produção agroecológica e projeta crescimento de vendas para 2022

MST finca raízes na produção agroecológica e projeta crescimento de vendas para 2022

Adenildo Souza colhe morangos em canteiro construído ao lado de outras frutas, verduras e legumes