×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Discutir as eleições de 2022 agora é um desrespeito com a população do DF

Discutir as eleições de 2022 agora é um desrespeito com a população do DFFoto: Mario Roberto Duranorti

O momento é de compromisso com a vida humana

Redação Com Colaboradores - 07/01/2021 - 10:53:39

A principal pauta mundial na atualidade é, sem dúvida, a solução da pandemia de COVID-19. No entanto, muitos teimam em pautar assuntos de menor importância se comparados à saúde. É verdade que o mundo ainda não parou totalmente, porém não se mostra razoável gastar mais energias do que necessário em outras frentes que não aquelas voltadas para o combate à doença. Quase 12 meses se passaram desde que surgiram os primeiros casos de Covid no país e atingimos a dramática estatística de 200 mil mortes. Até agora o que vimos foi um despreparo e incompetência generalizada por parte das autoridades governamentais da saúde, afora a roubalheira descarada na construção de hospitais de campanha, superfaturamento dos testes, máscaras, luvas e tudo mais que envolvesse o combate ao vírus.

Sem vacinas ainda, o Brasil inteiro está atônito com o fato de que o governo federal sequer planejou a compra de seringas e agulhas para a tão esperada vacinação. É como se não se soubesse que a ciência mundial trabalhava dia e noite para desenvolver vacinas, e que uma hora as vacinas estariam prontas. E essa hora chegou, mas o presidente Bolsonaro preferiu negar a doença e jogar contra à ciência durante esse tempo todo. Sua ignorância pode ser chamada de irresponsabilidade.


A despeito do risco de vida que paira diariamente sobre todos nós, o pleito eleitoral de 2022 ganha espaço antecipado e desnecessário a todo instante. No plano nacional, as eleições para as presidências das duas Casas do Congresso não saem da mídia e o futuro do General Mourão com vice da chapa de Bolsonaro também é um assunto corriqueiro. Já aqui no Distrito Federal, nem mesmo a investigação da ladroagem na saúde que levou a alta cúpula da secretaria de saúde para a cadeia ainda é capaz de ocupar o seu lugar de destaque na mídia, o suficiente para refrear a ganância pelo poder, potencializadas ao extremo por alguns políticos locais.


É certo que o governador Ibaneis Rocha enfrenta um enorme desafio para viabilizar uma eventual reeleição, mesmo assim, parece não sair do seu radar a possibilidade de compor a chapa de Bolsonaro em 2022. “Cair para cima”, como se costuma dizer no jargão popular, é uma possibilidade, que nessa circunstância, agrada os ouvidos e a vaidade de Ibaneis.


A verdade é que futuro político de Ibaneis tem arrastado as pretensões de muitos. A exemplo das intrigas que já abalam a permanência de Mourão na chapa de Bolsonaro, um ambiente de conspiração se forma contra a manutenção do atual vice-governador do DF, Paco Britto, na chapa para uma eventual reeleição em 2022. Porém é voz corrente no Buriti que a relação entre o governador e o vice é a melhor possível. Muitos dizem que Paco Britto segue a postura com a qual Marco Maciel se manteve durante os 8 anos que ocupou a vice-presidência da república no governo FHC, quando se notabilizou pelo respeito a liturgia do cargo e pela lealdade ao companheiro de chapa.


Em política tudo pode acontecer, no entanto, a precipitação em se discutir o pleito eleitoral de 2022 é uma demonstração de total desrespeito com a população do Distrito Federal, que só espera, por agora, que as forças políticas locais se unam, independentemente de seus partidos, para pensarem e agirem em favor da solução para que cessem as mortes provocadas pelo COVID-19.


O momento exige compromisso exclusivo com a preservação da vida e de respeito com os mortos e suas famílias. As eleições serão apenas em 2022.


Comentários para "Discutir as eleições de 2022 agora é um desrespeito com a população do DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Deputados apresentam notícia-crime contra Bolsonaro por live sobre aids e vacina

Deputados apresentam notícia-crime contra Bolsonaro por live sobre aids e vacina

A afirmação mentirosa foi desmentida por cientistas de todo o mundo. O vídeo foi retirado do ar pelo Facebook e pelo Instagram.

Bolsonaro e Guedes convocam imprensa e atacam Lula e Pacheco em tentativa de conter crise

Bolsonaro e Guedes convocam imprensa e atacam Lula e Pacheco em tentativa de conter crise

"A gente vai sair junto, fica tranquilo. Bem lá na frente", disse Bolsonaro sobre ele e Guedes

Facebook tira do ar live em que Bolsonaro associou Aids a vacina da Covid-19

Facebook tira do ar live em que Bolsonaro associou Aids a vacina da Covid-19

Roberto Jefferson sai da presidência do PTB

'Tratoraço' recebeu verbas públicas destinadas por 30 parlamentares

'Tratoraço' recebeu verbas públicas destinadas por 30 parlamentares

O ex-ministro da CGU Valdir Simão observou que é tarefa do parlamentar

'Estou vendo uma volta para trás. Um retrocesso', Henrique Meirelles

'Estou vendo uma volta para trás. Um retrocesso', Henrique Meirelles

Henrique Meirelles diz que a regra que limita o crescimento das despesas foi violada e deixará de ser eficaz

'A agenda de Bolsonaro não é a agenda dos bolsonaristas', diz cientista política

'A agenda de Bolsonaro não é a agenda dos bolsonaristas', diz cientista política

Com certeza, o ponto central do Bolsonaro vai ser a agenda econômica.

Projetos sugeridos pela CPI estão parados no Congresso há até 3 anos

Projetos sugeridos pela CPI estão parados no Congresso há até 3 anos

Segundo o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), os 16 projetos de lei da CPI são baseados em 34 propostas anteriores e promovem

Cientistas e políticos reagem a mentira dita por Bolsonaro sobre vacinas e aids

Cientistas e políticos reagem a mentira dita por Bolsonaro sobre vacinas e aids

Manuela D'Ávila (PCdoB), que concorreu à vice-presidência da República em 2018, disse que o presidente

Site bolsonarista Terça Livre encerra atividades após decisões da Justiça

Site bolsonarista Terça Livre encerra atividades após decisões da Justiça

Blog saiu do ar um dia após um ministro do Supremo Tribunal Federal pedir a prisão e extradição de Allan dos Santos, um dos fundadores do site, que está morando nos EUA.

Podemos prepara filiação de Sergio Moro e amplia cenário de nomes da 3ª via

Podemos prepara filiação de Sergio Moro e amplia cenário de nomes da 3ª via

No campo expandido do centro político já há 11 nomes que postulam ou são indicados como possíveis candidatos para quebrar a polarização entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no ano que vem.

CPI da Covid revela itinerário de 'perda de soberania e política nacional' do Brasil

CPI da Covid revela itinerário de 'perda de soberania e política nacional' do Brasil

A CPI da Covid ouviu diversas pessoas e revelou dados sinistros sobre a condução do governo federal diante da pandemia da COVID-19. Iniciada no fim de abril, a comissão chega na reta final e levanta a questão do quão importante foram as investigações para o Brasil.