×
ContextoExato
Responsive image

Distrital Chico Vigilante apela ao governador e pede lockdown em Ceilândia

Distrital Chico Vigilante apela ao governador e pede lockdown em CeilândiaFoto:

Morador e conhecedor dos problemas da cidade, o parlamentar disse que a medida é necessária para conter o avanço da doença

Caio Barbieri - Metrópoles - 03/06/2020 - 18:23:59

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) fez um apelo para que o governador Ibaneis Rocha (MDB) decrete lockdown em Ceilândia para controlar as contaminações pelo coronavírus. A maior cidade do Distrito Federal é a primeira colocada em número de casos confirmados e de mortes por causa da Covid-19.

Veja o vídeo com o apelo do distrital Chico Vigilante:

Em conversa com o Metrópoles, o parlamentar disse querer que o secretário de Saúde, Francisco Araújo, transfira o gabinete da pasta, durante uma semana, para a região administrativa. A solicitação foi encaminhada ao secretário-chefe da Casa Civil, Valdetário Monteiro.

“Eu propus isso ao governador e ao secretário Valdetário porque Ceilândia, onde eu moro minha vida toda, está um verdadeiro caos. O nosso hospital regional está saturado, com mais de 100 servidores contaminados. E o crescimento não para. Nas ruas, as pessoas estão agindo como se nada estivesse acontecendo. Pedi que o secretário mande tropas da Polícia Militar para dar um jeito nessa situação”, disse à coluna Janela Indiscreta.

De acordo com Chico Vigilante, o comportamento dos ceilandenses mudou após a visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à cidade. O fato ocorreu no dia 29 de março, um domingo, quando o titular do Palácio do Planalto visitou alguns comércios abertos, o que resultou em muita aglomeração nas ruas.

“Eu tenho dito repetidamente que aquela vinda do Bolsonaro em Ceilândia foi uma desgraça. O povo estava comportado até então. Desde aquele dia, percebo que ninguém está respeitando nada. Alguns ainda usam máscaras, porque é obrigatório, mas tem muita gente nas ruas sem respeitar nem isso”, completou.

Até a publicação da reportagem, não havia um posicionamento oficial do governador Ibaneis sobre a reivindicação do distrital. Mas, conforme o Metrópoles revelou, o chefe do Executivo local não descarta recorrer à medida nas cidades com maior índice de contaminações por Covid-19.

De acordo com os últimos números da Secretaria de Saúde, Ceilândia atualmente registra 1.233 casos da doença, a maior parte em pessoas com 40 e 49 anos. Apenas nas últimas 24 horas, foram 146 novos registros, o que representa uma taxa de crescimento de 353,6%. No total, 36 pacientes moradores da cidade foram a óbito em decorrência do coronavírus.

Comentários para "Distrital Chico Vigilante apela ao governador e pede lockdown em Ceilândia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório