×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de outubro de 2018


Edital sobre 100 Anos da Semana de Arte Moderna abre inscrições

Edital sobre 100 Anos da Semana de Arte Moderna abre inscrições

A ideia é estimular a criação de conteúdos atraentes para diversos públicos e aproximar os espectadores das questões relacionadas à Semana de Arte Moderna.

Da Assessoria De Comunicação / Do Ministério Da Cultura / Foto: Divulgação / Ministério Da Cultura - 04/10/2018 - 09:04:13

O Ministério da Cultura (MinC) abriu as inscrições para o ‘Prêmio de Incentivo à Publicação Literária, 100 Anos da Semana de Arte Moderna de 1922-2018'. Serão selecionadas 25 obras literárias inéditas, com premiação de R$ 40 mil para cada uma, que tenham como temática o centenário da Semana de Arte Moderna. As inscrições podem ser realizadas até 15 de novembro, na página do edital.
 
A ideia é estimular a criação de conteúdos atraentes para diversos públicos e aproximar os espectadores das questões relacionadas à Semana de Arte Moderna. Poderão participar do Prêmio pessoas físicas brasileiras ou naturalizadas e somente serão habilitadas obras inéditas em língua portuguesa brasileira.
 
A Comissão de Seleção avaliará as obras por meio de quatro critérios: qualidade literária; criatividade/originalidade; clareza e objetividade do texto; e contribuição à cultura nacional. Haverá também pontuação extra caso se, no momento da inscrição, o proponente apresentar uma carta de manifestação de interesse de editora em publicar a obra.

Semana de 22
A Semana de Arte Moderna, também chamada de Semana de 22, ocorreu em São Paulo, entre os dias 11 e 18 de fevereiro de 1922, no Teatro Municipal da cidade. Cada dia da semana deu destaque a uma arte específica, como pintura, escultura, poesia, literatura e música. O evento marcou o início do modernismo no Brasil e tornou-se referência cultural do século XX.
 
Entre os participantes do evento estavam nomes como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Picchia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos, Tácito de Almeida e Di Cavalcanti.
 
A Semana de Arte Moderna representou uma verdadeira renovação de linguagem, na busca de experimentação, na liberdade criadora da ruptura com o passado e até corporal. O evento marcou época ao apresentar novas ideias, conceitos e paradigmas artísticos, que tiveram reflexos diretos em alguns movimentos culturais posteriores, como o Movimento Pau-Brasil, Movimento Verde-Amarelo e o Movimento Antropofágico.

Comentários para "Edital sobre 100 Anos da Semana de Arte Moderna abre inscrições":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório