×
ContextoExato
Responsive image

Em Portugal, a livraria centenária que evitou falência recebendo turistas

Em Portugal, a livraria centenária que evitou falência recebendo turistasFoto: Divulgação

Para não fechar as portas, Lello, no Porto, passou a cobrar pelo acesso

Jovemnerd.com.br - 04/03/2019 - 15:58:19

A livraria Lello e Irmão, em Porto, Portugal, está aberta há mais de um século, e, nos últimos anos, passou por uma de suas piores crises. O ponto histórico só não fechou as portas por conta dos fãs da saga Harry Potter. A informação é da Folha.

O local foi inspiração para a descrição de muitos lugares da série de J.K. Rowling, que viveu na cidade na época em que estava começando a escrever A Pedra Filosofal. Os donos da livraria decidiram então aproveitar o alto fluxo de turistas fãs da saga e passou a cobrar entrada de € 5 (R$ 21) daqueles que passam por lá. Caso o visitante decida comprar um livro, o valor é abatido do preço final.

A Lello e Irmão foi a inspiração para o visual da Floreios & Borrões, livraria bruxa localizada no Beco Diagonal. Além disso, Rowling se inspirou na arquitetura do local para algumas descrições da biblioteca de Hogwarts e do Ministério da Magia.

A Lello e Irmão tem um acervo de 60 mil livros e diversos escritores portugueses importantes passaram por lá.

Comentários para "Em Portugal, a livraria centenária que evitou falência recebendo turistas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório