×
ContextoExato
Responsive image

Em São Francisco. Conheça o restaurante mexicano que contrata apenas ex-presidiários e imigrantes

Em São Francisco. Conheça o restaurante mexicano que contrata apenas ex-presidiários e imigrantesFoto: Divulgação

Cala, da cozinheira Gabriela Cámara, virou ponto turístico em São Francisco e apareceu no Guia Michelin; chef virou tema de documentário da Netflix

Por Matheus Alleoni - Portal Ig - 12/06/2019 - 11:50:57

Localizado em uma rua movimentada na região norte de São Francisco, o restaurante Cala passa despercebido aos olhos menos atentos. Pequeno e com uma fachada discreta, o mexicano acabou virando um dos queridinhos da cidade por conta de seus pratos criativos e, principalmente, de seu método pouco ortodoxo de contratações.

Leia também: Americana de 21 anos se torna a pessoa mais jovem a viajar pelo mundo inteiro

Restaurante mexicano Cala, em São Francisco, ganhou notoriadade por seu regime de contratação

Liderado pela premiada chef Gabriela Cámara, que já faz sucesso há duas décadas com o Contramar, na cidade da México, o restaurante conta com uma equipe formada apenas por imigrantes e/ou ex-presidiários.

A iniciativa é da própria Cámara, que diz acreditar que "todos merecem uma segunda chance". A cozinheira, que é bastante ativa politicamente, também adota outras práticas incomuns, como plano de saúde, dental e seguro de vida para funcionários que trabalham 20 horas por semana. "Já passou da hora das pessoas pensarem em como tratam seus funcionários, e não apenas os clientes", disse o cozinheira em uma entrevista para a revista Food e Wine.

A história do Cala chamou tanta atenção da mídia local, que acabou se transformando em um documentário da Netflix. "A Tale of Two Kitchens" explora a cultura de trabalho no restaurante em São Francisco e também do Contramar, no México.

No filme, Gabriela Cámara diz que a cultura mexicana é "desprezada" pelos americanos, mas que a comida do país é parte integral da alimentação dos Estados Unidos. A produção também falou com vários funcionários do local, que elogiam a política. "No Cala, todos são aceitos", diz uma das garçonetes do local, identificada apenas como Dru.

Na visita da nosso equipe ao local, fomos coincidentemente atendidos pela "personagem" do filmes. Ao invés de olharmos o menu, pedimos por uma recomendação. Nos foi servido o sopes playeros, uma tradicional massa folhada mexicana recheada com feijões pretos, um creme branco leve e salada de ricota. O prato é acompanhado por um delicioso e bastante apimentado molho salsa verde.

Leia também: Filas, calor e mais: como sobreviver nos parques da Disney em julho?

Misturando política e gastronomia durante toda sua carreira, Gabriela Cámara deixou São Francisco no início do ano. Ela voltou ao México, onde trabalha como "conselheira" do presidente Andrés Manuel López Obrador, famoso por suas posições de esquerda e seu antogonismo ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Apesar da ausência da chef, o Cala segue funcionando normalmente e atraindo um bom público. A veia política do local também parece ter sido mantida. Ao pedirmos a conta, percebemos um recado em letras garrafais na parte de baixo da nota fiscal. "Imigrantes fazem a América grande. Nós nos orgulhamos de preparar e servir sua comida", diz a nota, em uma clara resposta às declarações controversas do presidente norte-americano sobre imigração.

Link deste artigo: https://turismo.ig.com.br/destinos-internacionais/2019-06-12/conheca-o-restaurante-mexicano-que-contrata-apenas-ex-presidiarios-e-imigrantes.html

Comentários para "Em São Francisco. Conheça o restaurante mexicano que contrata apenas ex-presidiários e imigrantes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório