×
ContextoExato

Enem 2021: PL defende isenção de pagamentos para faltosos por conta da pandemia

Enem 2021: PL defende isenção de pagamentos para faltosos por conta da pandemiaFoto:

Solicitações de isenção da taxa de inscrição terminam hoje (28)

Redação Com Educa Mais Brasil - 28/05/2021 - 16:04:01

Interessados em participar do Enem 2021 devem solicitar a isenção da taxa de inscrição até o final desta sexta-feira, 28. Aqueles que tiveram a isenção na edição 2020 do exame e não compareceram devem justificar a ausência por meio de documentação de comprovação para ter direito ao benefício neste ano. A regra, instituída pelo Ministério da Educação desde 2018, não inclui faltas motivadas pela pandemia.

Um projeto de lei protocolado com pedido de urgência na última quarta-feira (26), no entanto, quer mudar essa regra. Trecho do documento diz que "tempos excepcionais demandam medidas excepcionais", o governo deveria "eliminar barreiras" para os jovens permanecerem estudando.

Segundo o relator do projeto, o deputado federal Ildivan Alencar (PDT-CE), as justificativas aceitas oficialmente pelo edital preveem casos como casamento, nascimento de filhos e até privação de liberdade, mas não citam a Covid-19. Um outro protocolo referente ao mesmo pedido já havia sido feito pelo deputado, solicitando alteração pelo Ministério da Educação (MEC), mas não houve retorno.

A última edição do exame, o Enem 2020, foi marcada por ausência recorde: 55,3% na edição impressa e de 71,3% na versão digital. Dos 5,7 milhões de candidatos confirmados 4,8 milhões (85%) obtiveram isenção da inscrição.

Prazo para solicitar isenção termina nesta sexta (28)

Alunos oriundos de escola pública ou bolsistas em instituição privada, comprovando atender aos critérios de baixa renda têm direito à isenção do Enem. Para tanto, precisam solicitar a isenção na Página do Participante. O prazo termina hoje (28), às 23h59.

O valor da taxa de inscrição para os não-isentos ainda não consta no edital do Enem 2021, mas na edição passada foi de R$ 85.

Caso o candidato já tenha sido isento na edição passada e não compareceu ao exame, precisará justificar a ausência com documentos, para seguir tendo acesso ao benefício. Conforme o edital, são aceitas as justificativas com os seguintes documentos:

- assalto ou furto: deve ser comprovado com boletim de ocorrência policial nas datas do exame ao qual o candidato estava inscrito (impresso ou digital);

- acidente de trânsito: deve ser apresentado boletim policial com dados do estudante e relato do acidente na data dos exames;

- casamento/união estável: será aceita a certidão de casamento ou contrato de união estável realizados na data dos exames;

Comentários para "Enem 2021: PL defende isenção de pagamentos para faltosos por conta da pandemia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório