×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de maio de 2022

Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinha

Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinhaFoto: Foto: Reprodução/ TV Brasil

Enquanto o número de mortes voltou a disparar no País, com mais de mil óbitos diários sendo registrados na terça, quarta e quinta, Bolsonaro batia uma bolinha em Santos

Por Marcelo Moraes - 02/01/2021 - 21:49:23

No momento de maior cobrança pela compra de vacinas e pela imunização da população contra o coronavírus, Jair Bolsonaro tem usado e abusado de eventos para desviar o foco das atenções. Enquanto o número de mortes voltou a disparar no País, com mais de mil óbitos diários sendo registrados na terça, quarta e quinta, Bolsonaro batia uma bolinha em Santos.

Enquanto se arremessava no chão para conseguir marcar um gol dado a ele pela patota da pelada, Bolsonaro também não precisava falar, por exemplo, da licitação fracassada do Ministério da Saúde para comprar as seringas necessárias para a vacinação.

Ou seja: ninguém sabe quando a vacinação começa no Brasil e também não temos seringas para poder aplicá-las. Mas basta dar uma busca no Google para ver o gol presidencial com imagens transmitidas pela TV Brasil, que faz parte da EBC, a estatal que prometeu privatizar na campanha.

Ontem, no primeiro dia do ano, se atirou na água para nadar na direção de um grupo de banhistas, em Praia Grande. Com a mesma camisa da partida de futebol, fez seu oba-oba e produziu a imagem que interessava para sua propaganda. Foi devidamente espalhada pelas suas redes sociais.

Batendo uma bolinha ou dando uma nadada com a galera, Bolsonaro usa a estratégia de aparecer do jeito que melhor lhe convém e que pode beneficiar sua popularidade. Desvia o foco das críticas que tem recebido por não se saber, até agora, quando ou como será feita a vacinação no Brasil.

Evita ainda tratar do escândalo das rachadinhas, que segue sem respostas da parte do presidente e do senador Flávio Bolsonaro, seu filho. Um exemplo de uma dúvida recente: qual a explicação para a suspeita de que a Abin ajudou os advogados de Flávio Bolsonaro na montagem de sua estratégia de defesa?

A cada braçada no mar ontem, Bolsonaro também desviava um pouco a atenção das derrotas políticas recentes que sofreu. Nesta quinta, foi o dia da posse dos novos prefeitos, numa eleição municipal marcada pela vitória dos moderados sobre os radicais e pelo insucesso da maioria dos candidatos apoiados pelo presidente. A posse desses prefeitos poderia ser, portanto, um momento de reafirmação desse resultado, desconfortável para o Planalto. Mas nada disso aconteceu. Resta aguardar pela próxima cortina de fumaça de Bolsonaro.

Comentários para "Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinha":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Empresa desencoraja visitas de interessados por causa da violência

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

As vendas de café solúvel do Brasil no exterior caíram 4,7% no primeiro trimestre de 2022 devido ao conflito entre Rússia e Ucrânia. A projeção anual de perdas no setor é de cerca de US$ 100 milhões (R$ 505,5 milhões), disse uma associação da indústria na sexta-feira (13).

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Civis de Mariupol deixam região após mais de dois meses sitiados.

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Cairo assumiu o compromisso de dar prioridade às demandas de fertilizantes pedindo em contrapartida que tenha preferência no setor de exportação de frutas brasileiras.

Brasil 'está completamente perdido' em estratégia de semicondutores, diz economista

Brasil 'está completamente perdido' em estratégia de semicondutores, diz economista

A crise dos semicondutores tem gerado diversos problemas à indústria brasileira, principalmente a automotiva. A Sputnik Brasil entrevistou especialistas e representantes do setor de semicondutores para discutir como o Brasil pode se proteger de crises futuras.

Helio Santos: “O dia 14 de maio de 1888 é o dia mais longo da nossa história”

Helio Santos: “O dia 14 de maio de 1888 é o dia mais longo da nossa história”

Ativista histórico contra o racismo alerta que a pauta nunca foi tratada de acordo com sua dimensão

Crise econômica gera êxodo de empresários para o exterior, diz especialista

Crise econômica gera êxodo de empresários para o exterior, diz especialista

Empresas veem futuro promissor fora do país

"Já temos sinais de uma nova onda de evasão de cérebros", afirma doutor em História da Ciência

Em entrevista, Olival Freire Júnior fala sobre o impacto do não investimento em ciência no Brasil

Apenas 64% das empresas no Brasil apostam em Compliance

Apenas 64% das empresas no Brasil apostam em Compliance

Contar com um advogado especializado em compliance é um diferencial

Projeto Creative SP vai levar 10 empresas para a Feira de Frankfurt

Projeto Creative SP vai levar 10 empresas para a Feira de Frankfurt

Dez empresas ou instituições paulistas vão poder participar da Feira do Livro de Frankfurt este ano dentro do projeto Creative SP.

Inflação de abril é a mais alta em 26 anos; acumulado de 12 meses, o maior em duas décadas

Inflação de abril é a mais alta em 26 anos; acumulado de 12 meses, o maior em duas décadas

Preços subiram em quase todos os itens avaliados; destaque para alimentos, gás, remédios e, novamente, combustíveis