×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinha

Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinhaFoto: Foto: Reprodução/ TV Brasil

Enquanto o número de mortes voltou a disparar no País, com mais de mil óbitos diários sendo registrados na terça, quarta e quinta, Bolsonaro batia uma bolinha em Santos

Por Marcelo Moraes - 02/01/2021 - 21:49:23

No momento de maior cobrança pela compra de vacinas e pela imunização da população contra o coronavírus, Jair Bolsonaro tem usado e abusado de eventos para desviar o foco das atenções. Enquanto o número de mortes voltou a disparar no País, com mais de mil óbitos diários sendo registrados na terça, quarta e quinta, Bolsonaro batia uma bolinha em Santos.

Enquanto se arremessava no chão para conseguir marcar um gol dado a ele pela patota da pelada, Bolsonaro também não precisava falar, por exemplo, da licitação fracassada do Ministério da Saúde para comprar as seringas necessárias para a vacinação.

Ou seja: ninguém sabe quando a vacinação começa no Brasil e também não temos seringas para poder aplicá-las. Mas basta dar uma busca no Google para ver o gol presidencial com imagens transmitidas pela TV Brasil, que faz parte da EBC, a estatal que prometeu privatizar na campanha.

Ontem, no primeiro dia do ano, se atirou na água para nadar na direção de um grupo de banhistas, em Praia Grande. Com a mesma camisa da partida de futebol, fez seu oba-oba e produziu a imagem que interessava para sua propaganda. Foi devidamente espalhada pelas suas redes sociais.

Batendo uma bolinha ou dando uma nadada com a galera, Bolsonaro usa a estratégia de aparecer do jeito que melhor lhe convém e que pode beneficiar sua popularidade. Desvia o foco das críticas que tem recebido por não se saber, até agora, quando ou como será feita a vacinação no Brasil.

Evita ainda tratar do escândalo das rachadinhas, que segue sem respostas da parte do presidente e do senador Flávio Bolsonaro, seu filho. Um exemplo de uma dúvida recente: qual a explicação para a suspeita de que a Abin ajudou os advogados de Flávio Bolsonaro na montagem de sua estratégia de defesa?

A cada braçada no mar ontem, Bolsonaro também desviava um pouco a atenção das derrotas políticas recentes que sofreu. Nesta quinta, foi o dia da posse dos novos prefeitos, numa eleição municipal marcada pela vitória dos moderados sobre os radicais e pelo insucesso da maioria dos candidatos apoiados pelo presidente. A posse desses prefeitos poderia ser, portanto, um momento de reafirmação desse resultado, desconfortável para o Planalto. Mas nada disso aconteceu. Resta aguardar pela próxima cortina de fumaça de Bolsonaro.

Comentários para "Enquanto nada e joga bola, Bolsonaro não precisa falar de vacina e rachadinha":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Por que com reformas falhas e promessas não cumpridas Paulo Guedes continua no governo?

Por que com reformas falhas e promessas não cumpridas Paulo Guedes continua no governo?

Sputnik Brasil conversou com Maria Beatriz David, professora da Faculdade de Economia da UERJ, para compreender os motivos que ainda seguram o ministro da Economia, Paulo Guedes, no cargo.

Privatizar Petrobras é 'sonho distante' e 'cortina de fumaça', dizem bancos

Privatizar Petrobras é 'sonho distante' e 'cortina de fumaça', dizem bancos

Em avaliação preliminar, o Credit Suisse diz que um cenário com a Petrobras privatizada seria positivo para a estatal.

Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense defende o direito ao aborto para as vítimas de estupro

Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense defende o direito ao aborto para as vítimas de estupro

Eunice Guedes, do Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense, diz ser "importante que Ministério Público tenha levantado a possibilidade de amenizar a portaria cruel"

A ciência brasileira e seus inimigos

A ciência brasileira e seus inimigos

Paulo Guedes debocha dos milhões de miseráveis famélicos, levados a essa condição pela agenda econômica antipovo e antivida

Lançado há 2 anos, programa de Jair Bolsonaro para substituir Mais Médicos nunca abriu edital

Lançado há 2 anos, programa de Jair Bolsonaro para substituir Mais Médicos nunca abriu edital

Joice Hasselmann, Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão no lançamento do Médicos pelo Brasil, que ainda não saiu do papel

Quais os motivos e como amenizar impactos de possível greve de caminhoneiros no Brasil?

Quais os motivos e como amenizar impactos de possível greve de caminhoneiros no Brasil?

Caminhoneiros bloqueiam parcialmente a rodovia Castello Branco, em São Paulo, como parte de uma paralisação nacional protestando contra o alto preço do combustível e baixo valor na tabela de fretes

Indígenas Pataxó acusam latifundiário por tentativa de atropelamento no sul da Bahia

Indígenas Pataxó acusam latifundiário por tentativa de atropelamento no sul da Bahia

Segundo os indígenas, a etnia Pataxó ocupa a região há séculos

“É piada”: Caminhoneiros riem de ajuda de R$ 400 para compra de Diesel, anunciado por Bolsonaro

“É piada”: Caminhoneiros riem de ajuda de R$ 400 para compra de Diesel, anunciado por Bolsonaro

Em 2018, Brasil viveu a maior greve de caminhoneiros da sua história

Senado dos EUA nega verba para remoção de quilombolas em Alcântara

Senado dos EUA nega verba para remoção de quilombolas em Alcântara

Centro de Lançamento Espacial de Alcântara (CLA), no Maranhão

Ao completar 18 anos, o Bolsa Família beneficia 44 milhões, mas está prestes a ser desfigurado

Ao completar 18 anos, o Bolsa Família beneficia 44 milhões, mas está prestes a ser desfigurado

De acordo com o IPEA, entre 2003 e 2018 o programa reduziu em 25% a extrema pobreza no Brasil

Dois meses sem receber: Governo não paga bolsa de formação de docentes em universidade do RS

Dois meses sem receber: Governo não paga bolsa de formação de docentes em universidade do RS

Conselho Universitário (Consuni) e Conselho Estratégico (CES) aprovaram duas moções de repúdio ao MEC