×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de maio de 2022

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresasFoto: Divulgação

Empresas que promovem a diversidade e inclusão se destacam no mercado

Redação Com Agência - 18/01/2022 - 11:38:21

Segundo especialista, promover a diversidade, além dos incalculáveis benefícios para a sociedade, pode fazer o seu negócio decolar

Em 2020, uma pesquisa feita pela ONU revelou um dado assustador: 90% da população mundial tem preconceito contra a mulher. Apesar dos avanços dos últimos anos, o estudo mostra que o machismo, a homofobia e o racismo estão muito mais presentes em todos os países do que se imaginava. E isso é uma notícia desastrosa não só para a sociedade em todos os aspectos, mas também para as empresas.

Segundo o especialista em gestão empresarial e recuperação de empresas, Ricardo Souza, os preconceitos atravancam o desenvolvimento de uma companhia. “O machismo e toda forma de preconceito determinam quem vai fornecer para uma empresa, quem vai comprar dela e, principalmente, quem serão as pessoas que terão cargos de poder e decisão. Quando se limita o acesso de alguns grupos, se limitam as chances de desenvolvimento” , diz Souza, que já comandou empresas como a Sympla e o iFood.

O especialista afirma que as companhias decolariam se fizessem um trabalho forte para combater o preconceito e promover a diversidade em todos os setores. “Quando o ambiente é saudável e todos são tratados com dignidade e igualdade, a produtividade melhora. Além disso, dar voz a todos aumenta a criatividade fundamental para a solução de conflitos, desafios e para o crescimento” , comenta.

Empresas que promovem a diversidade e inclusão se destacam no mercado

Como bem ilustrou a pesquisa da ONU, não é difícil supor que nem todos os donos estão mais preparados para entregar o comando de suas empresas a mulheres. E isso, diz Souza, é um erro grotesco. “Mark Zuckerberg não cansa de falar que quem toma conta do Faccebook, a maior empresa de mídia do mundo, é uma mulher, Sheryl Sandberg. O que não faltam são exemplos de companhias bem-sucedidas comandadas por mulheres. Outro exemplo é a gigante Apple, que tem como CEO Tim Cook, assumidamente gay. Essas empresas não chegariam onde chegaram se mantivessem atitudes preconceituosas” , afirma Souza.

O especialista afirma que organizações que promovem a diversidade e inclusão se destacam e atingem um novo patamar. “Quando uma organização combate abertamente o preconceito, os colaboradores aprendem e evoluem. Os clientes e fornecedores entendem abertamente o posicionamento da empresa e isso interrompe o ciclo do preconceito. E, o mais importante, os colaboradores se sentem acolhidos e começam a trabalhar de uma forma engajada, em sua capacidade máxima” , completa o especialista.

Consumo consciente
Outro benefício de combater o preconceito é a fidelização de clientes. Os brasileiros estão mais conscientes no momento de escolher os produtos e marcas que consomem. Segundo o Instituto Locomotiva, 96% dos consumidores entrevistados não comprariam produtos de marcas que, de alguma forma, não respeitem a diversidade. E 85% preferem marcas que apoiem e promovam iniciativas em prol da diversidade. “Manter uma postura preconceituosa afasta consumidores, não há mais dúvidas disso” , diz.

Comentários para "Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Segundo o delegado, os traficantes pagam por volta de R$ 20 mil por quilo para comprar a droga e passam a comercializá-la no Brasil

"Democracia latino-americana está envenenada", afirma ex-presidente uruguaio Pepe Mujica

Em evento no Uruguai, o político aposentado cobrou uma união da população para barrar governos autoritários

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

A ONU marca em 15 de maio o Dia Internacional das Famílias com foco na urbanização e como melhorar a vida das pessoas nas cidades

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Apesar das medidas restritivas para evitar a circulação de pessoas entre cidades, as descrições da mídia estatal norte-coreana indicam que a população não está confinada.

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Nos demais consulados no país a demora é menor

"Sem Caribe, não há América": campanha busca visibilizar a necessidade da integração regional

Economista haitiano propõe uma "pedagogia das revoluções" como estratégia contra o domínio imperialista em toda a região

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Conhecer alguns termos e palavras principais na língua japonesa também é uma forma de saber mais sobre o país, além de ajudar a se sentir mais próximo da cultura

Profissionais de MSF seguem detidos injustamente há 4 meses em Camarões

Profissionais de MSF seguem detidos injustamente há 4 meses em Camarões

Organização pede libertação imediata de enfermeira e motorista presos após socorrerem ferido

Norma internacional previne acidentes e incidência de doenças no trabalho

Norma internacional previne acidentes e incidência de doenças no trabalho

Campanha Abril Verde busca estimular a notificação de acidentes e doenças ocupacionais no país.

EUA: Republicanos ameaçam isenção fiscal da Disney por oposição a leis anti-LGBT

EUA: Republicanos ameaçam isenção fiscal da Disney por oposição a leis anti-LGBT

Alguns republicanos temem que as iniciativas possam sair pela culatra com eleitores moderados, que não concordam com uma agenda anti-LGBT.

OMS continua investigando causas de hepatite aguda em crianças na Europa

OMS continua investigando causas de hepatite aguda em crianças na Europa

Criança recebe vacina contra hepatite B, porém casos recentes não foram associados aos vírus tradicionais.