×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de janeiro de 2022

Esposa de Sergio Moro posta poema sinalizando rompimento com Planalto

Esposa de Sergio Moro posta poema sinalizando rompimento com PlanaltoFoto:

Mulher de Moro posta ‘Ausência’, o poema de Vinicius de Moraes Rosângela Moro postou nas redes enquanto marido prepara despedida do governo: 'Tu irás e encostarás a tua face em outra face...'

Por Robson Bonin - Revista Veja - 24/04/2020 - 10:10:17

A esposa do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, postou, na madrugada desta sexta-feira (24), um poema do compositor Vinícius de Moraes.

“Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces. Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausto”, diz o início do poema, intitulado Ausência.

A publicação da advogada Rosângela Wolff Moro deixou muitos seguidores em dúvida. Isso porque ela vem horas depois do ministro pedir demissão do cargo. O pedido foi realizado porque o presidente Jair Bolsonaro exonerou o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, homem de confiança de Moro.

“Uma mistura de tristeza, medo e incertezas é tudo que estou sentindo”, escreveu uma seguidora. “Vocês são o máximo. Tenham resiliência no meio dessa loucura”, desejou outra.

Pronunciamento

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fará um pronunciamento oficial nesta sexta-feira (24). O evento está marcado para às 11h, diretamente da sede do Ministério.

Antes, Moro se reúne com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada. O tema do pronunciamento não foi revelado, mas deve tratar sobre o pedido de demissão do ministro.

Comentários para "Esposa de Sergio Moro posta poema sinalizando rompimento com Planalto":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Mônica Calazans, enfermeira e primeira vacinada no Brasil

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Fotografia tirada após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que matou 272 pessoas

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Cerca de 50 categorias pedem reajustes de 20% a 28%

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Na avaliação do ministro, a investigação do Cade não tem atribuição de segurar o preço dos combustíveis. Mas pode corrigir práticas da empresa, caso fique configurada alguma distorção.

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

O Brasil enfrenta uma nova onda de aumentos de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento